0

Torcida do Corinthians faz campanha para doar sangue e ajudar garoto em Pouso Alegre

Magson Gomes
17/12/2019

Essa edição da campanha ajuda o menino Guilherme, de 7 anos, que tem doenças múltiplas e precisa passar pela 19ª cirurgia.

O hemocentro regional de Pouso Alegre recebeu, nesta terça-feira (17), um grupo de doadores de sangue da campanha ‘Sangue Corinthiano’. Nesta edição, a campanha reuniu 25 pessoas, a maior parte veio de Paraisópolis, Sul de Minas.

O analista de sistemas Cristóvão é torcedor do Corinthians e aderiu à campanha. “Essa campanha que ajuda muito as pessoas. Pessoal deve ter essa consciência de doar um pouco para o ser humano. O que mais tem de gratificante é você doar um pouco”, diz o torcedor.

A cabeleireira Cintia e a filha Giovana não são torcedoras de nenhum time, mas participam da campanha “Sangue Corinthiano. As duas têm o sangue universal O negativo. Cintia já é doadora assídua. Mas a filha Giovana doa pela primeira vez.

A campanha feita pela torcida do Corinthians é feita no Brasil há 10 anos. Esse grupo de Paraisópolis começou a se reunir para doar em 2014. De lá para cá já são 15 edições lotando o hemocentro de Pouso Alegre.

“Para nós o importante é ajudar, independente de torcida. A gente até incentiva o torcedor de outro clube comparecer com a camisa de seu time. O importante é a doação. Cada bolsa de sangue ajuda até quatro pessoas. Esse é o principal fundamento de nossa campanha, ajudar o próximo”, conta um dos organizadores da campanha no Sul de Minas, o auditor fiscal Fábio Faria Pinto, que mora em Paraisópolis.

Um dos objetivos da campanha realizada nesta terça-feira é ajudar o garoto Guilherme Martins, de 7 anos, que tem doenças múltiplas e precisa de sangue para passar pela 19ª cirurgia. Gui é fã do Pouso Alegre. Em outubro ele foi a um treino do time no Manduzão.

A mãe Kelly Cristina foi até o Hemocentro agradecer as pessoas que participam da doação de sangue. VEJA NO VÍDEO ACIMA.

Como o filho depende do sangue para a cirurgia, a mãe fez plaquinha e cartazes para pedir a ajudar das pessoas na rua.

HEMOCENTRO PRECISA MANTER ESTOQUE NO FIM DE ANO

A necessidade de doadores é diária para manter o estoque de sangue do Hemocentro Regional em bom nível. Uma das preocupações é com o estoque de plaquetas que têm validade curta e a saída é diária.

As bolsas de sangue coletadas no Hemocentro Regional são utilizadas em hospitais de Pouso Alegre e de outras 53 cidades da regional de Saúde.

A chegada do fim de ano e período de férias também é motivo de preocupação com o estoque. Por dois motivos. Aumentam os acidentes nas estradas, com mais vítimas precisando de sangue. E costuma diminuir o comparecimento de doadores.

A responsável pelo setor de captação, Solange Assis, pede que as pessoas façam o agendamento da doação no site da Fundação Hemominas e AGENDE SUA DOAÇÃO. Quem quiser doar pode ligar no Hemocentro para tirar dúvidas e se apta para doação. O telefone é o 3449-9900;

O Hemocentro que fica na Rua Comendador José Garcia, 846, próximo ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio.

O horário de atendimento no Hemocentro é 07h às 11h, de segunda a sexta-feira.

Para doar, a pessoa tem que ter de 16 a 67 anos; estar em boa saúde; não estiver tomando medicamento; dormir bem na noite anterior. Não precisa estar em jejum.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

TV Terra do Mandu