0

SRE de Pouso Alegre ainda não pode retomar aulas presenciais

Estado obteve autorização do TJMG para voltar com atividades presenciais nas escolas. Mas apenas nos municípios que estão dentro das ondas verde e amarela.

Magson Gomes
10/06/2021

Superintendência Regional de Ensino de Pouso Alegre. Foto: Terra do Mandu

As aulas presenciais na rede estadual de educação podem ser retomadas, segundo informou nesta quinta-feira (10) a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), após receber autorização do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

O caso estava na justiça após o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-Ute) questionar os protocolos e necessidade de volta de aulas presenciais nesse momento da pandemia de Covid-19.

Porém, a retomada das atividades pedagógicas presenciais não irá ocorrer em todas as regiões de Minas Gerais. O retorno vale apenas para municípios que estiveram nas ondas verde e amarela do Plano Minas Consciente e onde a prefeitura não apresentar restrições.

Com toda região na onda vermelha, todas as cidades do Sul de Minas ainda terão que aguardar as melhoras nos indicadores da pandemia e consequentemente, a evolução para onda amarela para poder retomar os estudos dentro das salas na rede estadual.

LEIA TAMBÉM: Procura por aulas presenciais fica abaixo do esperado em Pouso Alegre

As atividades presenciais nas regiões que estão nas ondas verde e amarela serão a partir da próxima segunda-feira, dia 14, para os profissionais de educação e no dia 21 para os alunos.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação, o retorno será seguro, com regras de distanciamento e de higienização; gradual, começando apenas com as turmas do 1° ao 5° ano do ensino fundamental. A ida dos alunos para as escolas será facultativo, cabendo cada família decidir.

Neste momento, estão em onda amarela as regiões Triângulo Norte e Vale do Aço. Portanto, apenas as escolas que oferecem anos iniciais localizadas nessas regiões poderão retornar às atividades na próxima segunda-feira (14/6).

A SEE/MG continuará oferecendo o Regime Especial de Atividades Não Presenciais e a carga horária e frequência dos estudantes continuam a ser contabilizados por meio do Plano de Estudos Tutorado (PET) e das atividades complementares elaboradas pelo professor.

A cada 14 dias serão avaliadas as condições de cada localidade e os indicadores epidemiológicos para que seja programado um avanço na retomada. Após os anos iniciais, a previsão é de que seja realizado o retorno do 3° ano do ensino médio, seguido pelo 9° ano do ensino fundamental.

Escola Estadual José Marques de Oliveira (Colégio Estadual). Foto: Terra do Mandu

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.