0

Rapaz que esfaqueou ex-namorada se apresenta na delegacia acompanhado de advogado

Magson Gomes
27/06/2019

A estudante de enfermagem, de 21 anos, deixou hospital, mas terá que passar por cirurgia para recuperar movimentos da mão. Ela também foi até a delegacia, mas não conseguiu concluir o depoimento. A delegada Cibele Molinari investiga se o rapaz agiu de forma premeditada para pedir a prisão preventiva dele. [atualizada às 20h45]

Gabriela foi atingida no pescoço e mão. Ela perdeu muito sangue e foi socorrida pelos Bombeiros. Foto cedida ao Terra do Mandu

Augusto César Falcão Pessa, de 26 anos, se apresentou na delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre na tarde desta quarta-feira (26). Ele estava acompanhado de um advogado e prestou depoimento durante quatro horas para a delegada Cibele Molinari. Ele é suspeito de tentar matar a ex-namorada na noite da última segunda-feira. A estudante de enfermagem Gabriela Tibúrzio foi esfaqueada no pescoço e na mão. Os dois têm uma filha de três anos juntos.

Segundo a delegada Cibele, o rapaz admitiu que esfaqueou a ex-namorada. Porém, ele disse que não tem consciência de como tudo aconteceu. “Ele diz que perdeu a cabeça; que as vistas escureceram e nem sabe como agiu”, relata delegada Cibele.

Como Augusto César, mais conhecido como Guto, se apresentou após o período de flagrante, ele foi liberado após o depoimento. A delegada espera ouvir a versão de Gabriela ainda essa semana. Outras testemunhas da relação do ex-casal e/ou também serão ouvidas. Dependendo do que a delegada ouvir, será pedida a prisão preventiva do suspeito.

“A investigação que vai apontar se vamos pedir a prisão preventiva dele ou se responderá ao processo em liberdade. Queremos saber se ele agiu de forma premeditada. O depoimento da vítima e de testemunhas será fundamental para isso”, afirma a delegada Cibele Molinari.

Ainda de acordo com a delegada, Augusto César confirmou que usou uma faca para atingir Gabriela. Mas ele havia levado o utensílio para fazer o piquenique em ‘família’.

Estudante terá que passar por nova cirurgia

Gabriela perdeu os movimentos de dois dedos e terá que passar por nova cirurgia. Foto: cedida ao Terra do Mandu

Ainda muito abalada com a tentativa de feminicídio sofrida, a estudante de enfermagem Gabriela Tibúrzio, de 21 anos, prefere não gravar entrevista. “Ninguém da minha família está apoiando ele. Nós queremos ele preso e longe de nós”, adiantou Gabriela ao Terra do Mandu.

[ATUALIZA] No fim da tarde desta quinta-feira (27), depois que esta reportagem já tinha sido publicada, Gabriela esteve na delegacia para prestar seu depoimento. Porém, a jovem passou mal e teve que ser socorrida por uma equipe do Samu. Nos próximos dias ela retornará para concluir o depoimento.

Gabriela deixou o hospital na terça-feira (25). Ela levou pontos no pescoço e na mão, locais atingidos pelos golpes de faca dados pelo ex-namorado. A estudante perdeu os movimentos de dois dedos da mão direita, porque teve lesão nos tendões. Ela terá que passar por nova cirurgia para tentar recuperar os movimentos completos da mão.

Gabriela e Augusto Cesár estão separados há cerca de um mês. Os dois tem uma filha de três anos juntos. No fim da tarde da última segunda-feira, Augusto, que tinha passado o fim de semana com a filha, convidou Gabriela para encontra-los no alto do bairro Colina de Santa Bárbara, com vista para a cidade, para um piquenique. Quando a estudante chegou ao local, percebeu que a filha não estava. Em um momento de distração, o rapaz a agrediu.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.