0

Idosos em asilo recebem visita de cabeleireiros voluntários

Magson Gomes
28/08/2018

Grupo de cabeleireiros voluntários faz os cortes a cada dois meses, sempre às segundas-feiras, dia de folga nos salões.

Os idosos que vivem no Asilo Bethânia da Providência, em Pouso Alegre, Sul de Minas, tiveram um dia especial nesta segunda-feira (27). Eles receberam a visita de um grupo de cabeleireiros prontos para deixá-los com novo visual. “Eles ficam com a autoestima elevada depois de receber os cuidados dos cabeleireiros. Você precisa ver a alegria deles se olhando no espelho.”, conta Luciene Prado, recreadora da instituição.

Além do corte de cabelo, alguns velhinhos ainda recebem cuidado nas mãos e nos pés.

Atualmente, o asilo está com 75 idosos. Os cabeleireiros voluntários vão ao local a cada dois ou três meses para cortar os cabelos dos homens e mulheres. A cabeleireira Cida Rocha, diz que o trabalho engrandece ela como ser humano. “Saímos do asilo de alma leve de saber que podemos ajudar de alguma forma. Tem alguns idosos que até falam em pagar pelo serviço. Mas o ato de ajudar já é muito gratificante”.

Idosas ficaram felizes com o dia de beleza (Foto: Asilo Bethânia da Providência)

Cida lamenta não ter tempo para ajudar em outros dias. Mas, diz que vai continuar nessa ação enquanto estiver aguentando.

O trabalho é feito sempre às segundas-feiras, quando é dia de folga nos salões. Os cabeleireiros voluntários estão em um grupo de whatsapp com a recreadora do asilo. A cada dois ou três meses eles se comunicam para saber se está na hora da visita com tesouras e escovas.

O grupo tem sete profissionais, “mas poderia ter mais porque nem todos conseguem ir no mesmo dia”, diz cida que ainda lembra que outras instituições precisam desse serviço voluntário.

Nesta semana, quatro cabeleireiros participaram da ação. Dos 75 idosos do asilo Betânia, oito vão receber o corte outro dia. O salão é improvisado dentro do asilo. O jeito é o profissional se curvar para aparar as madeixas de cada senhorinha. Os acamados são atendidos no leito mesmo.

As idosas também receberam cuidados nos pés e mãos (Foto: Asilo Bethânia da Providência)

O asilo precisa da ajuda de voluntários

O Asilo Bethânia da Providência é uma instituição filantrópica e sobrevive de doações. O trabalho de voluntários também sempre é bem-vindo.

Algumas empresas de Pouso Alegre organizam e coletam doações e vão até a instituição para fazer a entrega e aproveitam para passar algumas horas com os velhinhos.

Mas a necessidade é diária. Por mês, são utilizadas nove mil unidades de fraldas geriátricas. Na parte de alimento, são consumidos 1.200 litros de leite por mês. Além dos  itens de higiene pessoal (xampu, condicionador, enxaguante bucal, sabonete) e produtos de alimentação.

“Nós precisamos de tudo que chega para gente e de voluntariado também, para conversar, dar uma volta com eles. Qualquer tipo de doação que chega aqui para gente, seja o calor humano que for, é muito bem-vindo”.

Se você quer fazer uma visita ao asilo, o horário é das 13h30 às 16h30, todos os dias da semana.

Idosos recebem corte de cabelo de profissionais voluntários – (Foto: Asilo Bethânia da Providência)

[metaslider id=”4967″]

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.