0

Pouso Alegre comemora 173 anos de cidade e 190 anos de emancipação

Antes do centenário, a principal comemoração ficava na data da emancipação administrativa. Leia também sobre o desenvolvimento de Pouso Alegre.

Magson Gomes
19/10/2021

Nesta terça-feira, 19 de outubro, Pouso Alegre comemora 173 anos de sua elevação a cidade. Nesse dia, é feriado municipal para a celebração da data. Mas, nem sempre foi assim.

Até o centenário de Pouso Alegre a data mais comemorada era o aniversário da emancipação político-administrativa do lugar, que ocorreu antes da elevação a cidade. Pouso Alegre se tornou um lugar com administração própria em 13 de outubro de 1831.

O diretor do Museu Municipal, Mayke Riceli, explica que, em 1931 houve uma grande comemoração pelo centenário da emancipação de Pouso Alegre. No entanto, em 1948 teve outra grande celebração pelos 100 anos da cidade. Aí, a segunda data passou a ser mais lembrada e festejada. A bandeira de Pouso Alegre traz as duas datas.

VEJA TODA ESSA EXPLICAÇÃO NO VÍDEO ABAIXO:

Cidade que mais cresce no Sul de Minas

Nas últimas décadas Pouso Alegre se tornou a cidade que mais cresce, em termos populacionais, no Sul de Minas. A economia e oferta de serviços de educação e saúde também aumenta na mesma proporção.

Pouso Alegre é a segunda maior cidade da região e vem diminuindo a distância em relação a Poços de Caldas, ano a ano. Segundo a estimativa populacional divulgada pelo IBGE, a população de Pouso Alegre chegou a 154.293 em 2021. O número representa um crescimento de 1,14% na comparação com o número de habitantes de 2020, acima da média nacional e das demais cidades do Sul de Minas.

Geração de empregos

No ano, Pouso Alegre tem a segunda melhor média do Sul de Minas, com total de 2.603 nos oito meses de dados divulgados pelo Caged. As vagas estão, principalmente, no setor de indústria e de serviços.

Segundo a Associação do Comércio e Indústria (Acipa) as projeções são de que o último trimestre de 2021 terá números ainda melhores, com a retomada da economia, após a queda dos indicadores da pandemia.

Veja entrevista feita com Filipe Vargas, diretor da Acipa, sobre os últimos dados divulgados pelo Caged, relativos a agosto.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.