0

Indenizações para vítimas de acidentes de trânsito vão além do DPVAT

Em Pouso Alegre a Facility Assessoria, criada por uma vítima de acidente de trânsito, ajuda outras pessoas a desembaraçar os pedidos de indenizações

Informe Publicitário
14/10/2021

Você saiba que vítimas de acidentes de trânsito têm direitos a indenizações que vão além do Seguro DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres)? Os valores podem ser requeridos de forma administrativa, sem precisar aguardar processos judiciais.

Em Pouso Alegre, após sofrer um acidente de trânsito e receber ajuda para desembaraçar indenizações que nem sabia que tinha direito, a corretora de imóveis, Camila Marciano, decidiu abrir uma empresa para prestar assessoria desses serviços. Veja detalhes dessa história inspiradora mais abaixo.

Sobre o DPVAT

O Seguro DPVAT é o mais amplamente divulgado. Mesmo assim, muitas pessoas não conseguem ter acesso à indenização que tem direito por falta de conhecimento ou assessoria ao dar entrar no processo.

Este seguro tem a finalidade de amparar vítimas de acidentes de trânsito em todo território nacional, seja ela motorista, pedestre ou passageiro, independente de culpabilidade. A indenização pode ser por morte, invalidez permanente, e despesas de assistência médica.

Nos casos de morte, o valor da indenização à família é de R$ 13.500. Esse também é o valor para os casos de invalidez permanente, sendo que o percentual a ser pago ao beneficiário irá variar conforme a lesão da vítima, com base em tabela prevista na lei. Já o ressarcimento de despesas médicas e hospitalares, o valor se limita em até R$ 2.700, mediante comprovação dos gastos da vítima em seu tratamento.

Até o ano passado, a Seguradora Líder administrava os pedidos do Seguro DPVAT. Porém, a partir de 2021, a administração ficou a cargo da Caixa econômica Federal.

Camila Marciano consultora da Facility Assessoria. Foto: Letícia Romancini

Outras indenizações

As pessoas que sofrem acidentes de trânsito têm direito a outras indenizações, que não se limitam ao DPVAT. Entre elas há o seguro de ‘Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V)’ que indeniza vítimas de acidentes causados por veículos com seguros vigentes através de seguradoras privadas.

A vítima também pode pleitear a liberação da verba indenizatória, devido ao acidente de trânsito, por parte do seguro de vida que possui, seja ele particular ou com benefício pela empresa onde trabalha.

Segundo Camila Marciano, nesses casos, os valores pagos podem ser bem superiores ao DPVAT, vai depender da lesão da vítima e da cobertura do seguro.

Como requisitar

Para dar entrada no processo as seguradoras exigem uma série de documentos, tais como: Boletim de Ocorrência e documentação médica hospitalar completa (como exames, laudos, etc).

Em todos os casos a liberação pode ser feita de forma rápida e segura, através de processos administrativos, não sendo necessária a utilização de vias judiciais, para tal, existem escritórios com assessorias especializadas.

De um acidente de trânsito, nasce uma oportunidade

Foi assim que surgiu a ‘Facility Assessoria’. A empresa que ajuda as pessoas que sofreram acidentes de trânsito, ou pior, perderam algum parente em algum acidente, a conseguir as indenizações que tem direito o mais rápido possível.

A idealizadora da Facility é Camila Marciano. Em maio de 2020 ela pegou a moto e saiu de casa para mais um dia de trabalho como corretora de imóveis. Em um cruzamento, ainda no bairro onde mora, Camila foi atingida por um carro e teve fratura exposta em uma das pernas.

Submetida a duas cirurgias, a corretora ficaria um período sem poder trabalhar. Precisava agilizar os processos para buscar as indenizações que teria direito devido ao acidente sofrido. Mas nem ela sabia, naquele momento, quais eram seus direitos, além do DPVAT, mais divulgado nessas situações.

“Em um primeiro momento, tentei buscar meus direitos sozinha, mas tive negativas. Alegavam que algumas indenizações seriam apenas no caso de morte”, lembra.

Camila evitou entrar com processo judicial, sabendo a liberação de qualquer verba seria ainda mais lenta. Foi então que surgiu uma empresa de assessoria em seguros que auxiliou na liberação das indenizações.

Em menos de 60 dias, a corretora recebeu valores referentes ao DPVAT, ressarcimento de despesas médicas, seguro de vida e danos corporais a terceiros. “De uma forma rápida, sem depender de vias judiciais, eu consegui o amparo que merecia”, conta.

Montagem feita pela própria Camila com imagens do acidente e processo de recuperação

Nasce parceria para ajudar mais pessoas

A partir da assessoria recebida, Camila e o marido, Edson de Oliveira, firmaram uma parceria com a empresa, com sede em Pára de Minas, e decidiram abrir um negócio com o intuito de auxiliar vítimas envolvidas em acidentes de trânsito de Pouso Alegre e região na liberação dos seguros e indenizações de direito (DPVAT, Danos Pessoais, Vida e outros) e assessorar beneficiários de seguros de vida na liberação de indenização em caso de danos físicos ocasionados por acidentes ou doenças graves.

A Facility Assessoria hoje é uma empresa referência em assessoria a vítimas de acidentes ou de doenças graves na liberação de verbas indenizatórias, através de processos administrativos, de forma rápida e segura. Camila conta orgulhosa: “Nós já ajudamos tanta gente, recebemos tantas mensagens de agradecimento que chega a emocionar. Cuidamos do processo dos nossos clientes com muito carinho e dedicação, o resultado positivo é só consequência”, finaliza.

Contatos

Fale com a Facility Assessoria para liberação de DPVAT, Seguros de Vida e Danos a terceiros. Chame no whatsApp (35) 9.9733-7542 ou ligue no telefone fixo do escritório 3421-7542.

Facility Assessoria em Pouso Alegre. Foto: reprodução

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.