0

Dia dos Pais deve movimentar R$ 629,3 milhões em Minas, diz Fecomércio

Veja entrevista com o vice-presidente da Fecomércio MG, Alexandre Magno. Confira dicas para faturar já na primeira data comemorativa do segundo semestre

Magson Gomes
06/08/2021

Comerciantes de Pouso Alegre esperam vendas melhores que ano passado. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

Ruas movimentadas, vitrines montadas e presentes para todos os gostos. Neste ano, com a retomada das atividades empresariais, o Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo (08), deve impulsionar o comércio mineiro, que sentiu, no ano passado, os efeitos do isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19.

Sem a possibilidade de encantar o consumidor presencialmente, milhares de empresários tiveram que investir em vitrines que cabiam na palma da mão e ou tela de um computador.

Com a melhora dos indicadores da doença e o avanço da vacinação contra a Covid-19, o comércio pôde experimentar um período de manutenção das operações em todo o estado. Nesta quinta (05), o Governo de Minas anunciou que o Sul de Minas poderá avançar para a onda verde, a partir deste sábado (07), fase mais flexível dentro do plano criado para a retomada segura e gradual das atividades e economia.

Esse cenário de otimismo foi captado por uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). De acordo com a entidade, Minas Gerais deve faturar R$ 629,3 milhões dos R$ 6,03 bilhões esperados com as vendas para o Dia dos Pais em 2021.

O período, que abre o calendário de datas comemorativas do segundo semestre, deve beneficiar 59% do comércio varejista em Minas Gerais. Os dados, que compõem um levantamento da Fecomércio MG, mostram que a chegada das promoções de inverno nas semanas que antecedem ao Dia dos Pais também deve aquecer as vendas. Com isso, 86,4% dos empresários do setor esperam por resultados iguais ou superiores em relação ao ano passado.

Em entrevista ao Mandu News, o vice-presidente da Fecomércio MG, Alexandre Magno, falou sobre essas expectativas para os comerciantes de Pouso Alegre e região. ASSISTA ABAIXO!

O economista-chefe da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, destaca que a aposta em datas como o Dia dos Pais é imprescindível para a manutenção de micros e pequenos negócios. “Os efeitos sazonais das datas comemorativas contribuem para incrementar as receitas do varejo. Por isso, aproveitar o apelo emocional do período é fundamental para movimentar os estoques, gerar capital de giro e ganhar fôlego para a retomada do negócio pós-crise”, avalia.

Na busca pelo presente ideal, segmentos como o de tecidos, vestuário e calçados (78%); produtos alimentícios, bebidas e fumo (58,9%); joias, ótica, artigos recreativos e esportivos e eletrônicos (55,6%) devem ser alguns dos mais beneficiados. “O empresário precisa se dedicar à sua vitrine, planejar promoções para girar os estoques, oferecer condições de pagamento e investir nas redes sociais”, sugere a coordenador comercial da Fecomércio MG, Danilo Manna.

Confira as dicas dos especialistas da Federação e se prepare para o Dia dos Pais:

Prepare a loja. Invista seu tempo e recursos em uma apresentação atraente para seus produtos. “No ambiente físico, capriche na montagem da vitrine e dos manequins. Já no ambiente virtual, vale apostar em fotos bem iluminadas, vídeos criativos e numa descrição caprichada em feeds e stories das redes sociais. Assim, o empresário potencializa a experiência do cliente”, destaca Manna.

Aposte em promoções. Com a renda prejudicada pela pandemia, as promoções se tornaram fundamentais. “Os preços especiais atraem o consumidor, ajudam nas vendas e permitem a circulação dos estoques, gerando fluxo de caixa. Mas elas devem vir acompanhadas por um mix variado de produtos, além de formas e condições de pagamento diversas”, ressalta Almeida.

Atenda com excelência. Com a pandemia, o atendimento nas lojas requer não só atenção às necessidades do cliente, mas também respeito aos protocolos de saúde. “É preciso encantar quem vai aos estabelecimentos e oferecer a melhor experiência possível no ambiente on-line, atendendo de forma ágil e eficiente nos mais diversos canais, como o Instagram e o WhatsApp”, salienta Manna.

Invista em novos costumes. A pandemia mudou alguns hábitos, abrindo novas possibilidades aos empresários. Segundo Almeida, os cupons com direito a serviços e as entregas em domicílio são boas alternativas para os consumidores que preferem celebrar o dia com um almoço em família ou oferecer experiências aos pais, como as viagens pós-pandemia.

Fidelize o cliente. Aproveite o Dia dos Pais para entender os hábitos de compra do seu cliente, verificar a logística de entrega e fidelizar o cliente. “É no pós-venda que se garante o futuro dos negócios”, ensina Manna.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.