0

Governo de Minas anuncia novas restrições para cidades do Sul de Minas

Entre as medidas estão o fechamento de academias e o funcionamento de restaurantes e bares até às 19h. Mudanças começam a valer no próximo domingo (06).

Terra do Mandu
03/06/2021

Mapa de Minas e as ondas da pandemia. reprodução Agência Minas

As cidades do Sul de Minas, que estão na onda vermelha do programa Minas Consciente, vão ter novas restrições de combate à pandemia da Covid-19, a partir do próximo domingo (06).

Após reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, realizada na manhã de hoje (03), o Governo de Minas Gerais decidiu que cinco macrorrregiões do estado deverão adotar medidas ainda mais restritivas.

As macrorregiões do Sul de Minas, Triângulo do Sul, Oeste, Leste do Sul e Centro Sul, que já estavam na onda vermelha, foram consideradas em cenários epidemiológico e assistencial desfavoráveis, o que aponta para um momento crítico da pandemia.

O principal motivo dessa alteração são os indicadores analisados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) quanto as tendências de piora na transmissão da doença e na ocupação de leitos e possíveis filas.

“Esta gradação dentro da onda vermelha é importante, pois estamos em um momento heterogêneo da pandemia no estado, com cenários diferentes, porém críticos. Dentro destas diferenças, ressaltamos a necessidade de medidas mais restritivas, ainda, para evitar o estresse do sistema de saúde”, explicou o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti. Segundo ele, o momento ainda é de incidência alta da Covid-19 no estado.

Segundo dados extraídos desta quinta-feira, extraídos às 7h50, 250 pacientes suspeitos ou confirmados para covid-19 aguardam por internação em leitos de UTI, em Minas Gerais.

Novas medidas restritivas

Segundo o Governo de Minas, a partir do próximo domingo, dia 06, essas cinco macrorregiões do estado passam a ter as seguintes medidas:

  • Proibição de eventos, de atrativos culturais e naturais;
  • Proibição de academias, clubes e salões de beleza;
  • Alimentação em Bares e Restaurantes – limitados até 19h; após este horário, apenas delivery, sem retirada em balcão.

Força-tarefa da SES-MG visitou o Sul de Minas

O secretário de Saúde destacou que as medidas ainda mais restritivas na onda vermelha somam-se à abertura de leitos, transferência de pacientes e às forças-tarefas que têm percorrido Minas Gerais, com monitoramento e orientações técnicas aos gestores locais para enfrentamento à pandemia.

Em maio, o grupo técnico da SES-MG esteve em Itajubá, Poço Fundo, Extrema, Três Corações, Alfenas e Passos. Em Itajubá, foram abertos 18 leitos de UTI e outros 20 para suporte ventilatório. Em Poço Fundo, foram abertos 10 leitos de UTI e, em Extrema, 10 leitos da mesma modalidade.

Estratégias para o feriado de Corpus Christi

O feriado prolongado em virtude do Corpus Christi é uma preocupação do Governo de Minas Gerais, que está intensificando as estratégias de comunicação para conscientizar a população. Neste período, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) fará rondas nos municípios para reforçar, por meio de carro de som, os protocolos mais restritivos da onda vermelha.

As festas clandestinas e aglomerações com dia e hora marcada estão sendo monitoradas pela PMMG por meio das mídias sociais, uma vez que estes eventos estão proibidos na onda vermelha em todas suas gradações.

“Buscamos aumentar o entendimento da população sobre a necessidade de segurarmos a transmissão do vírus. As medidas restritivas locais são fundamentais neste sentido e é importante sensibilizarmos a população para isto”, afirmou Fábio Baccheretti.

View this post on Instagram

A post shared by Terra do Mandu (@terradomandu)

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.