0

Polícia Civil captura estelionatário foragido do presídio de Pouso Alegre após saída do Natal

'Paulinho', que já se passou por delegado, investigador e filho de delegado, foi preso em São Paulo, onde estaria fazendo novas vítimas.

Terra do Mandu
29/03/2021

Preso em São Paulo. Foto: reprodução Polícia Civil

Em uma operação conjunta das Polícias Civis de Minas Gerais e de São Paulo, foi novamente preso o estelionatário Paulo Ricardo Costa de Moraes, de 33 anos. Paulinho, como é conhecido, estava foragido do presídio de Pouso Alegre, após deixar o local com o benefício da saída temporária do Natal.

Como ele não se reapresentou ao final dos dias de benefício, foi dado como foragido e iniciada a procura pelo homem, condenado pelos crimes de estelionato em Pouso Alegre e região. Na sexta-feira (26), a investigação da Delegacia Regional de Pouso Alegre encontrou o foragido.

Em 2019, ele já tinha sido preso duas vezes, acusado de alguns crimes. Ele se já se passou por delegado, filho de delegado, investigador de polícia e até dono de imobiliária para aplicar golpes no Sul de Minas.

Segundo a polícia mineira, o estelionatário estaria agindo de novo. Ele é suspeito de aplicar novos golpes em São Paulo. Ao descobrir a área onde ele estava, e já identificada sua forma de agir, as informações foram repassadas à Polícia Civil do Estado de São Paulo, quando foi desencadeada a operação que culminou na prisão de Paulinho, na capital paulista.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o foragido ainda deve ser investigado por crimes no Estado de São Paulo, antes de dar continuidade no cumprimento da pena a que já estava condenado.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.