0

Pouso Alegre inicia projeto de Voleibol Sentado

Luíza Carvalho
02/12/2020

Homens e mulheres com dificuldades de locomoção vão praticar a modalidade. Foto: divulgação prefeitura

A Prefeitura de Pouso Alegre, através da Superintendência de Esportes, deu início ao projeto de Voleibol Sentado. Com aulas semanais, homens e mulheres com dificuldades de locomoção vão praticar a modalidade.

As atividades acontecem na Estação Cidadania com doze atletas que possuem alguma deficiência relacionada à locomoção. Para o superintendente de esportes, Rooney Ferreira e Souza, esse é um exemplo da inclusão promovida em Pouso Alegre utilizando o esporte. “Isso é um trabalho de inclusão social. Para as pessoas poderem fazer uma atividade física. É deficiente, mas pode fazer uma atividade física, pode praticar um esporte”, diz.

Projeto proporciona a inclusão de pessoas com deficiência. Foto: divulgação prefeitura

Claudemir Júlio é um dos atletas envolvidos no projeto. Cadeirante de alto astral, ele possui um problema que o impede de ficar de pé, mas não de alimentar a paixão pelo esporte, que trouxe consigo quando veio do interior paulista para o Sul de Minas.

Claudemir Júlio é cadeirante e apaixonado pelo esporte . Foto: divulgação prefeitura

“Esse vôlei sentado é bastante divertido. Pra nós tem uma importância muito grande, porque a gente vê que algumas cidades não tem em lugar nenhum. Mas aqui em Pouso Alegre a gente vai começar e vai trabalhar muito sério em relação às atividade paraolímpicas”, destaca Claudemir.

O lançamento do projeto marca a história do esporte na cidade, unindo a acessibilidade à oportunidade e sonhos. Como no caso de Nancy Aparecida Rocha, que espera utilizar o voleibol para levar o nome de Pouso Alegre a todos os cantos. “A gente está levando a sério o esporte pra pessoa poder ser um atleta de verdade, fazer nome lá fora, levar o nome da cidade aonde tem o vôlei sentado, com a inclusão da pessoa com deficiência no esporte, porque além de fazer bem pra saúde física, faz para saúde mental também”, afirma a jogadora.

O projeto encabeçado pelo professor José Ibrahim Dias busca levar a modalidade a quem só pode praticá-la sentado como forma de inclusão e promoção da saúde. “É uma novidade pra Pouso Alegre devido a ser algo atrativo, que todos que têm deficiência física podem participar”, pontua José Ibrahim.

Treinos acontecem às segundas-feiras, no bairro Santa Cecília. Foto: divulgação prefeitura

Os treinos são realizados às segundas-feiras, na quadra da Estação Cidadania, localizada na Avenida Pinto Cobra, nº 2015 (Perimetral), no bairro Santa Cecília.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.