0

Monte Verde espera receber 300 mil turistas durante o Natal nas Montanhas

Luíza Carvalho
23/11/2020

Mesmo com as restrições causadas pela pandemia da Covid-19, esse é o maior evento já realizado no distrito turístico. A expectativa é de que até o final do Natal, os turistas deixem cerca R$ 10 milhões em Monte Verde. 

O distrito de Monte Verde, em Camanducaia, no Sul de Minas espera receber, mesmo com a pandemia, 300 mil turistas nesse Natal. A programação oficial no ‘Natal Cultural nas Montanhas’ teve início na última quinta-feira (19), com a entrega simbólica da chave para o Papai Noel para que Camanducaia seja a casa do bom velhinho até o dia 3 de janeiro.

Cerimônia na Praça da Matriz, em Camanducaia, para a entrega simbólica da chave do município ao Papai Noel. Foto: reprodução prefeitura

O evento, capitaneado pela MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região), em parceria com a Prefeitura, será o maior já realizado no distrito, com investimento em cerca de R$ 1 milhão. A estimativa é que os turistas deixem R$ 10 milhões em Monte Verde até o fim do Natal.

A tradicional celebração do Natal Cultural nas Montanhas tem como tema neste ano “Uma história em Bauer”, com decoração inspirada em uma das manifestações artísticas mais tradicionais do distrito, a pintura Bauernmalerei. Todas as atrações são gratuitas. A programação completa, com horários, você confere neste link.

 

“Cada uma das atrações foi pensada para encantar, mas com mobilidade para evitar aglomerações e respeitando o distanciamento necessário. Fizemos o estudo sobre a capacidade de público, uso de equipamentos de proteção e disponibilização de insumos para higienização e biossegurança”, explica Rebecca Wagner, presidente da MOVE.

Decoração de Natal – foto: reprodução prefeitura

Neste ano, segundo a MOVE, o Natal nas Montanhas evoluiu, agregando produção, decoração, roteiro e figurinos no nível das melhores produções nacionais sem se esquecer de seu papel mais significante, unir artistas, artesãos e sua base de atuação comunitária e apoio empresarial.

Retorno das atividades

Desde o retorno das atividades, Monte Verde já recebeu 48 mil e foi considerado pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, como exemplo nacional de retomada segura durante a pandemia. Desde 04 de junho, os mais de 150 hotéis e pousadas de Monte Verde e região voltaram a operar.

Atualmente, de acordo com o novo decreto da Prefeitura de Camanducaia (nº 208/2020), publicado em 23 de outubro, as hospedagens podem receber 80% da capacidade total, respeitando, assim, o período em que a cidade permanecerá em “alerta” para os casos da Covid-19. Áreas de lazer, como piscinas, saunas, quadras esportivas e playground, também foram reabertas.

Atividades de outros segmentos, também com restrições, como bares, restaurantes, lojas, academias e salões de beleza, voltaram a funcionar desde o dia 1º de junho. Segundo a Prefeitura de Camanducaia, Monte Verde abriga mais de 50 restaurantes, bares e similares. Aos finais de semana e feriados, apenas turistas com reservas antecipadas podem ter acesso ao distrito.

Covid-19 em Camanducaia

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Camanducaia, neste domingo (22), o município tem 683 moradores contaminados pelo coronavírus. Desse total, 651 já se recuperaram. Outros dois moradores estão internados para tratamento da doença e 19 estão em isolamento domiciliar. São oito óbitos registrados por complicações pela Covid-19 até o momento.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.