0

Bilac Pinto deixa cargo de secretário de governo de Minas em meio à crise da gestão Zema

Terra do Mandu
11/03/2020

O parlamentar deixa o cargo após sete meses e sai em meio a um momento delicado que a gestão de Romeu Zema (Novo) vive no Estado. Foto: Assessoria Bilac Pinto

Bilac Pinto deixa o cargo de secretário de Governo de Minas sete meses após assumir o posto para ajudar na articulação política do governador Romeu Zema (Novo). O próprio deputado federal licenciado divulgou nota no início da noite desta quarta-feira (11) sobre a decisão.

Bilac Pinto (DEM) deixa o cargo em meio a um momento delicado que a gestão de Romeu Zema (Novo) vive no Estado. Essa é a segunda baixa em menos de um ano na secretaria responsável pelas articulações políticas do governo. Bilac assumiu o cargo em agosto, após o então secretário Custódio Mattos (PSDB) ter deixado a gestão.

VICE-GOVERNADOR DEIXOU PARTIDO NOVO

De acordo com o jornal O tempo, com a crise interna instalada no partido Novo, o vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, informou por meio de nota, na tarde desta quarta-feira, a sua desfiliação do partido.

Para justificar a saída, o político argumentou que a sigla hoje “tem escolhido manter-se à margem das coalizões, com o intuito principal de zelar pelo seu programa partidário, deixando em segundo plano as exigências da responsabilidade política que priorizam a governabilidade e o funcionamento do Estado em benefício dos seus cidadãos”.

As decisões dos dois políticos estão ligadas às discussões do reajuste do funcionalismo público em que o Executivo e Legislativo não se entende.

Mais votado em Pouso Alegre, Itajubá e Santa Rita do Sapucaí

A nomeação de Bilac Pinto para a principal pasta do governo de Minas, havia deixado prefeitos do Sul de Minas animados. Bilac foi o deputado federal eleito mais votado em Pouso Alegre, com 12.637 votos, Itajubá, com 5.364 votos, e Santa Rita do Sapucaí, com 7.303 votos. Na última eleição Bilac foi reeleito com 87.683 votos.

VEJA ÍNTEGRA DA NOTA DE BILAC PINTO

NOTA

 Com a certeza de ter dado minha modesta contribuição ao governo de nossa Minas Gerais deixo hoje o honroso cargo de Secretário de Governo. Agradeço ao Governador Romeu Zema e ao Vice-Governador Paulo Brant a oportunidade e confiança em mim depositadas.

Não poderia deixar de agradecer ao Senador Rodrigo Pacheco e aos deputados estaduais mineiros em nome dos líderes governistas Luiz Humberto Carneiro e Gustavo Valadares, dos líderes de bloco, Sávio Souza Cruz, Cássio Soares e André Quintão pela convivência fraterna na busca das melhores soluções para os graves problemas que enfrentamos. Agradeço também à bancada federal mineira em nome do líder Diego Andrade. 

Agradeço especialmente ao Presidente Agostinho Patrus pela compreensão do grave momento político que atravessamos.

Mesmo entendendo as razões do veto parcial do governador à sua proposta de recomposição salarial das forças de segurança que ajudei a negociar, isto me tirou as condições de, diante do atual cenário político, continuar a conduzir as negociações com o parlamento estadual.

Desejo ao Governador e toda sua dedicada equipe muito sucesso no desafio de recolocar Minas Gerais de volta nos trilhos do desenvolvimento e da prestação de serviços públicos de qualidade que sua população exige e merece.  Estarei – como sempre estive – à disposição do Governo de Minas e do povo mineiro na Câmara dos Deputados.

 Deputado Federal Bilac Pinto

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.