0

Psicanalista explica terapia breve e profunda que ajuda quem está aberto à solução de problemas

Por Terra do Mandu
10/08/2019

Conhecido como o “Curador de Almas”, o psicanalista e Constelador Sistêmico Aluísio Alves explica como a utilização de métodos desenvolvidos ao longo de mais de três décadas têm trazido resultados positivos na vida de centenas de pessoas de Pouso Alegre e outras regiões onde atende.

Aluísio Alves é Psicanalista, Terapeuta Sistêmico, Pós-Doutorando em Educação, Doutor em Educação Médica, Hipnose Clínica, Mentoria de Líderes e Equipes. Foto: reprodução

Ir direto na raiz do problema e trazer as soluções de forma eficaz é o que as pessoas que buscam resolver suas questões de qualquer ordem ou doenças querem encontrar. E isso pode ser possível, desde que você esteja aberto e busca essa cura, que pode ser nas mais diversas áreas da vida: física, emocional, material e espiritual. É o que explica o psicanalista Aluísio Alves, que utiliza em seus atendimentos a Constelação Familiar Sistêmica, a Hipnose Clínica, o Magnetismo e outros métodos ancestrais de cura, descobertos ao longo de mais de 30 anos de estudos e vivências.

Nessa entrevista, Aluísio Alves resume como esse trabalho tem beneficiado tantas pessoas que passaram pelos atendimentos que podem ser individuais ou em conjunto.

Terra do Mandu: O que é a Constelação Familiar e como ela atua?

Aluísio Alves: É um método terapêutico breve, criado pelo psicoterapeuta Alemão Bert Hellinger, baseado em três leis sistêmicas descobertas por ele: A Lei da Hierarquia, do Pertencimento e do Equilíbrio. O método permite mostrar para a pessoa constelada o que está por trás do problema que ela leva, trazendo consciência e muita cura.

TM: Constelação Familiar é relacionado a alguma religião?

AA: Não. É um método terapêutico fenomenológico trabalhado em um campo conhecido na física como morfogenético.

TM: Quantos atendimentos são necessários para a pessoa diagnosticar o problema e encontrar o caminho da cura?

AA: Como em qualquer outra terapia não é possível estipular número de atendimentos, mas o diferencial da Constelação Familiar é que, via de regra, a pessoa precisa de um atendimento para cada tema/questão vivida que ela quer resolver.

O método age de forma profunda e pode reverberar por um bom período. Caberá ao Terapeuta orientar quanto aos intervalos entre uma constelação e outra. Existem situações que, para constelar um outro tema, pode-se esperar em torno de um mês, em outros casos, é preciso aguardar pelo menos 90 dias. Vale lembrar que cada caso é um caso.

TM: Quais os temas posso levar para a Constelação?

AA: Qualquer tema em que a pessoa tenha dificuldade de encontrar uma solução, por exemplo: questões relacionadas a saúde como doenças crônicas e emocionais, dificuldades nos relacionamentos de uma forma geral, separações, problemas financeiros, entrave na vida profissional, repetição de padrões nos relacionamentos amorosos, heranças, falências, enfim, tudo que traga algum tipo de sofrimento para a pessoa e ela não encontre solução. O método também é indicado para quem tem tudo para ser feliz, mas não consegue.

TM: É possível Constelar um familiar, dependente químico?

AA: Sim, é totalmente possível desde que a pessoa esteja aberta de alguma forma para receber ajuda. Muitos familiares tem ajudado a outros membros em casos de consumo de drogas e alcoolismo.

TM: Posso Constelar por outras pessoas?

AA: Se for da mesma família sanguínea, com certeza. Temos acompanhado muitos casos de mães que tem ajudado muitos filhos constelando por eles e casos também de filhos que tem ajudado os pais da mesma forma.

TM: Em caso de saúde, a Constelação substitui tratamentos médicos e terapias psicológicas?

AA: O método é muito indicado para resolver questões de saúde, porém não se trata de um tratamento médico ou psicológico e não substitui qualquer medicamento ou terapia. O que acontece é que muitas vezes, em uma constelação é alcançado o foco do problema que estava gerando uma doença na pessoa e depois, a mesma pode receber alta de seus tratamentos.

TM: É preciso a família toda no atendimento?

AA: Não. A Constelação pode ser feita apenas com uma pessoa da família sem ter a necessidade de que outras pessoas estejam presentes ou mesmo cientes sobre o atendimento. Mas, o que vemos é que mesmo sem ter conhecimento, as pessoas mais próximas de quem está sendo constelada são beneficiadas.

TM: É necessário que o cliente saiba todas as informações relativas a seus pais e demais ancestrais?

AA: Não, não é preciso saber os detalhes da história familiar. As informações que a pessoa já possui, mesmo que poucas, são sempre suficientes para a realização do atendimento.

TM: Para quem é da área da educação, essa abordagem pode ajudar a lidar com alunos difíceis, mesmo eles não sendo do mesmo sangue?

AA: Sim, e muito! Hoje a Pedagogia Sistêmica é uma realidade e tem como principal objetivo auxiliar educadores a lidarem com os alunos e suas famílias, através de novas posturas baseadas no método.

O psicanalista e Constelador Sistêmico Aluísio Alves é chamado por pacientes/clientes como ‘Curador de Almas’. Foto: reprodução.

Terra do Mandu: Quais são as formas de atendimentos disponíveis?

Aluísio Alves: Em Grupo, que são os Workshops. No meu método, especificamente, é um atendimento reservado onde participam apenas as pessoas que vão Constelar. Cada uma leva um tema a ser Constelado, além disso todos aprendem ferramentas sobre a metodologia para praticarem em suas vidas.

Na individual, a sessão dura em média uma hora e meia e são utilizados bonecos ou outras âncoras para as representações;

Tem ainda os atendimento exclusivos para o Casal (hétero ou homoafetivo). É um atendimento específico para o casal que sofre diferenças no relacionamento seja de qualquer ordem, que quer e não consegue ter filhos ou que tenha dúvidas se quer ou não ter filhos, que tem dificuldades em lidar com os próprios filhos ou com familiares, enfim, que quer dar um novo rumo na relação com mais leveza e equilíbrio;

Exclusivo para: mãe e filha (o); pai e filha (o); pai, mãe e filhos. Para questões que causam entraves e conflitos.

TM: Os atendimentos são presenciais?

AA: Atualmente, tenho agenda presencial em Pouso Alegre, no Sul de Minas, em Uberlândia e Campina Verde, no Triângulo Mineiro. Também fazemos atendimento em Campinas, São Paulo. Pessoas de outras regiões ou países que buscam nosso trabalho a gente faz os atendimentos online.

Contato:
Para mais informações e agendamento via WhatsApp: (35) 98853-7100 ou pelo e-mail: contato@aluisioalves.com.br

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.