Após 4 dias de alterações no transporte público de Pouso Alegre, reclamações aumentam e empresa reconhece problemas

Prefeitura diz que empresa foi notificada a resolver problemas. Passageiros relatam até agressão dentro de ônibus por falta de paciência entre usuários e funcionários da empresa concessionária. Já a Princesa do Sul disse que o sistema de rotas com integração de ônibus terá divulgação intensificada.

As mudanças no transporte público de Pouso Alegre (MG) continuam rendendo indignação por parte dos usuários. Se os passageiros já reclamavam de atrasos nas linhas e superlotação, as alterações feitas pela Princesa do Sul, concessionária do serviço, para corrigir esses problemas não surtiram efeito.

Passageiros relatam atrasos de uma hora para conseguir ônibus ligando o Centro a bairros da cidade.

Patrícia de Cássia Machado tem dois empregos. Ela trabalha como porteira em um edifício no Centro de Pouso Alegre e serviços gerais numa empresa no bairro Foch. Patrícia conta que nesta quarta-feira (09) ficou mais de uma hora esperando por um circular no ponto. Só depois descobriu que o itinerário havia mudado. “Não tinha nenhum aviso dentro dos ônibus. Não falaram nada”, conta Patrícia que depois que conseguiu, o ônibus estava superlotado.

Patrícia diz que está revoltada com toda a situação. “Desde segunda-feira está esse transtorno, esse inferno na nossa cabeça”. Patrícia relata que uma senhora chegou a dar um tapa em um cobrador porque reclamava das mudanças e foi ignorada pelo funcionário da empresa.

Desde a última segunda-feira, a concessionária colocou todas as linhas de ônibus que saem dos bairros fazendo ligação direta para o centro. Para seguir para outro bairro o passageiro precisa fazer a baldeação com o cartão integração. “Está demorando uma hora e meia para passar no São Cristóvão. Muita demora. Para ir até o Hospital Regional eu tive que ir a pé para não pagar ônibus duas vezes”, conta a auxiliar de produção Juliana Rocha

O que diz a prefeitura

O diretor do departamento que fiscaliza a concessão do transporte público, Marcelo Openheimer, diz que já se reuniu com o diretor da Princesa do Sul, Rogério Bertolucci, para buscar uma solução para os novos problemas enfrentados. Segundo Marcelo, agentes da Secretaria de Transporte e Trânsito estão fiscalizando o serviço prestado pela empresa. Caso as correções não sejam ajustadas, a empresa será notificada.

Passageiros relatam dificuldades em usar a integração de linhas.

“Nós, enquanto prefeitura, estamos orientando os usuários; estamos fiscalizando o sistema de integração, que nós achamos que é válido. Nós vamos fiscalizar diariamente, se ele de fato, está sendo bem realizado e as pessoas estão satisfeitas com a integração”, afirma Marcelo Openheimer.

Na reunião com a empresa, Marcelo afirma que foi solicitado para aprimorar a integração. “Para que as pessoas não gastem muito tempo para fazer a baldeação de um ônibus para outro ônibus”.

Houve uma falha de comunicação da empresa que não divulgou com antecedência as alterações. A Princesa do Sul foi notificada por isso. O diretor da prefeitura ainda disse que se as mudanças continuarem dando problema, a empresa terá que retomar o sistema que existia anteriormente. “Se nós entendemos que, de fato, não está havendo um entendimento junto aos usuários, é passível sim de punição e de multa”.

O que diz a empresa Princesa do Sul

No fim da tarde desta quinta-feira (10), a Viação Princesa do Sul divulgou uma nota informando que o novo sistema de rotas com integração de ônibus terá divulgação intensificada.

A empresa voltou a afirmar que os passageiros poderão fazer a baldeação entre linhas, sem pagar nova passagem. Segundo a concessionária, o novo sistema de rotas com integração das linhas no Centro evita que problemas de trânsito localizados afetem a sequência do itinerário, eleva o número de horários ofertados, reduz tempo médio de deslocamento e aumenta pontualidade do serviço de transporte coletivo.

No comunicado desta tarde, a empresa faz um balanço da primeira semana e informa que identificou pontos a serem melhorados no novo sistema. Ainda segundo a empresa, novos horários foram acrescentados em alguns bairros. Outra deficiência percebida foi a dificuldade de comunicação com os usuários do transporte coletivo.

“Os esforço empregados pela empresa se deram no sentido de amenizar atrasos e oferecer um serviço de maior qualidade para os moradores. Mas, para que o novo sistema funcione, é necessário que haja a total compreensão da população”, considera o coordenador de operações da empresa, André Luís da Silva.

Acesso as informações

A Princesa do Sul disponibiliza as informações aos usuários do transporte púbico em seu site (princesadosul.com.br) e na sua página n Facebook (facebook.com/oficialprincesadosul/). No site, além de acessar a relação completa de novos horários, é possível acompanhar, em tempo real, a localização dos ônibus.

Também no site, pode ser feita a recarga online de crédito no cartão de passe, também conhecido como bilhete único ou Smart Card. No Facebook, a empresa publica as últimas novidades, incluindo alterações de rota provocadas por desvios emergências, entre outras informações úteis para o usuário.