Categoria: Saúde

Pouso Alegre tem 3.421 moradores contaminados pela Covid-19. Desse total, já são 3.292 recuperados, o que representa 96,23% dos casos. A informação é do último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, na noite da última quarta-feira (18).

São 73 vítimas fatais da doença no município. Outros dois óbitos suspeitos estão em investigação. A última morte por Covid-19 foi registrada foi no dia 13 de novembro, após o município passar 20 dias sem registrar nenhum óbito. 

A taxa de ocupação dos leitos clínicos está em 21,66% e dos leitos de UTI em 27,77%. Ao todo, são seis pouso-alegrenses hospitalizados para tratamento da doença, sendo cinco internados em leitos clínicos e um em leito de UTI. Outros 56 casos estão em acompanhamento.

Também estão internados em Pouso Alegre para tratamento contra o coronavírus, 12 pacientes vindos de municípios vizinhos. VEJA O BOLETIM:

Boletim epidemiológico – divulgação prefeitura

Categoria: Saúde

Na Ativa, as pessoas podem passar o dia ou parte dele. São diversas atividades físicas, artísticas e cognitivas para melhorar a qualidade de vida dos idosos. Veja vídeo abaixo e saiba como ‘Ativar’.

Casa tem vários espaços de convivência para lazer e descanso dos frequentadores. Foto: Divulgação/Terra do Mandu

Pouso Alegre acaba de ganhar um espaço que oferece a oportunidade para as pessoas idosas viverem com mais saúde e felizes. A Ativa é um Centro de Convivência com atividades físicas, cognitivas, artísticas e de socialização.

O Centro de Convivência nasceu do sonho de duas enfermeiras que sempre se interessaram pelo tema: o envelhecimento com qualidade de vida.

“Dentro das propostas de atividades e oportunidade de convivência, esperamos que o idoso que, muitas vezes, convive apenas com um cuidador em casa, venha para um espaço que vai lhe possibilitar a convivência com pessoas na mesma faixa etária ou com as mesmas situações vivenciais e assim possam usufruir de um momento de troca e atividade”, explica a enfermeira e diretora da Ativa, Tatiana Loiola.

“Para nós o mais importante é ver o resultado do trabalho. As pessoas saem daqui satisfeitas, pois se divertiam, se exercitam, se movimentam. Os familiares que estão acompanhando seus idosos manifestam satisfação com o atendimento. E é esse o nosso propósito”, afirma a enfermeira e diretora, Rosa Maria do Nascimento.

As atividades desenvolvidas na Ativa

A Ativa não é uma instituição de longa permanência, e sim um espaço pensado para a preservação de vínculo familiar, que é a sua referência, com foco no movimento, numa perspectiva dinâmica e lúdica.

Entre as atividades na Ativa têm o educador físico e o fisioterapeuta, que trabalham treinamento funcional, musculação, pilates, yoga, dança de salão e caminhada orientada.

Na área de criação, tem a musicoterapia, teatro e expressão corporal, o artesanato, pintura em aquarela, culinária e hortoterapia e jardinagem.

No campo cognitivo tem terapeuta ocupacional com estimulação cognitiva; desenvolvimento com neuropsicopedagogo e terapia em grupo com psicólogo. Há ainda aulas de inclusão digital, com informática e idiomas.

Tem os momentos recreativos com bingo, dança de salão e baile. Momentos mais espontâneos para que o idoso possa se sentir com autonomia e com atividade

“Ele pode chegar às 07h da manhã na Ativa e passar o dia fazendo atividades e tendo momentos de convivência. No final do dia, às 18h, encerra as atividades e ele retorna para casa. Dentro da proposta, ele tem todo um acompanhamento de saúde, refeições balanceadas e atividades no período em que está aqui”.

Uma das atividades é a dança, com alongamentos antes e depois. Foto: Divulgação

Espaços de convivência

Dentro da casa tem diversos espaços. Áreas de convivência; sala de TV e cinema; sala de leitura; espaços de descanso.

Na área externa tem mais áreas de convivência; espaços adaptados para facilitar a mobilidade. Contato como a natureza, dá para ouvir o canto dos pássaros. Tem ainda árvores frutíferas.

“A gente coloca que a Ativa é um centro de atividades que oferece um investimento à saúde. Ele não é um gasto à saúde. Quando a pessoa fecha um plano de atividades, ele está investindo na sua saúde. Ele está dando ênfase para que ele possa evitar o adoecimento. Tudo que a gente prima aqui dentro é a promoção da saúde”, reforça Tatiana.

Ambiente de convivência entre os frequentadores. Foto: Divulgação/Terra do Mandu

Experimente antes de fazer seu plano

Na Ativa, os interessados podem experimentar, de maneira gratuita, dois períodos de atividades. Quando decidir fechar contrato. Os planos variam de R$ 100 a R$ 2.600 dependo do que a pessoa pretende e se dependem de muitos profissionais ao logo do dia.

“Estamos diante de um momento de transição, onde as pessoas estão vivendo mais. Mas tem que viver mais com qualidade, com alegria, tendo a oportunidade de conviver com outras pessoas, de realizar atividades, em um ambiente bem adequado, propício. Isso tudo é muito importante para o envelhecimento saudável” diz Rosa Maria.

Depoimento

A aposentada Ana Maria é uma das frequentadoras da Ativa. Aos 68 anos, ela conta que sempre fez alguma atividade.

“Sempre foi ativa. Vim conhecer para ter mais uma atividade na minha vida. Sempre fiz pilates, sempre tive boa saúde. Movimentar-se é bom para saúde. Isso me dá vida. Aqui é um show. A casa maravilhosa, equipe maravilhosa. Nota mil”, acentua dona Ana Maria, que ainda conta que gosta de bordar, fazer crochê e de viajar. “Eu não parei. Continuo nas minhas atividades, sempre ativa”.

A professora de dança dos alunos da Ativa é a Luíza Furtado, que conta que eles são muito animados. “O espírito deles ainda é jovem. É isso que a gente trabalha; essa alegria, essa energia sempre positiva”.

“O exercício físico é indispensável em qualquer fase da vida. O que a gente quer é que esses idosos tenham uma vida ativa. Com isso, vai diminuir a ocorrência de doenças. Tira do isolamento. Então, é um benefício físico e psicológico. E a dança é algo qualquer pessoa pode fazer”, comenta a educadora física.

“Aqui são muitas possibilidades de realizar atividades com saúde e com cuidado, respeitando o distanciamento social que o momento exige”, finaliza Rosa Maria.

Endereço da Ativa

A Ativa – Centro de Convivência fica na Avenida Alberto Paciuli, número 92. Bairro Santo Antônio, próximo à igreja matriz.

Telefones de contato: 035 3025-8833 WhatsApp: 035 9.9936-8844

Foto: Divulgação/Terra do Mandu

Categoria: Saúde

Município chegou a ter mais de 300 casos numa única semana. Agora, conforme dados dos boletins epidemiológicos, registros estão abaixo dos 70 por semana. VEJA ENTREVISTA ABAIXO.

A secretária municipal de Saúde de Pouso Alegre, Sílvia Regina Pereira, falou ao Mandu News (jornal digital do Terra do Mandu). Na entrevista, ela comenta os dados de que houve uma queda significativa nos registros semanais de novos casos da Covid-19 no município.

Segundo Sílvia Regina, o número de exames feitos continuam os mesmos que eram realizados nos meses anteriores. A redução estaria ligada à tendência do Estado e outras regiões do Brasil.

VEJA A ENTREVISTA:

Conforme o boletim divulgado nesta terça (27), Pouso Alegre já teve 3.218 moradores contaminados com o coronavírus. O número de pacientes recuperados está em 3.109, o que representa 96,61%. O número de óbitos, de acordo com a prefeitura, está em 72, de acordo com os dados da prefeitura.

Em Pouso Alegre, 37 pacientes estão com o vírus ativo e estão em acompanhamento. Três pacientes estão internados em leitos clínicos para tratamento da doença e não há pouso-alegrenses internados em leitos de UTI.

VEJA O BOLETIM:

Boletim epidemiológico – divulgação prefeitura

A Secretária Municipal de Saúde, Silvia Regina, conta mais detalhes sobre a queda no número de contaminações e registros de mortes no município. VEJA O VÍDEO:

Categoria: Saúde

O número de casos aumentou em todos os bairros. O centro é o bairro com o maior número de moradores infectados.

A análise semanal que mostra a distribuição dos casos de coronavírus por bairro e região de Pouso Alegre, foi divulgada na tarde de hoje (14). Na última semana foram registrados 242 novos testes positivos e 10 mortes causadas pela doença.

De acordo com o levantamento da prefeitura o Centro é o bairro com o maior número de contaminados, sendo 223 no total. Em seguida o São Geraldo, com 117 casos e o São João, com 76 moradores infectados. Os bairros Fátima I, II e III somam 81 testes positivos.

 

Mapa dos casos distribuídos por bairros. Imagem: reprodução prefeitura

 

Mapa dos casos distribuídos por setores. Imagem: reprodução prefeitura

Pouso Alegre registra mais uma morte por coronavírus

De acordo com o boletim da Secretária Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), divulgado hoje, Pouso Alegre registrou a 48° morte por Covid-19. Até o momento, a prefeitura não informou sobre o óbito.

Categoria: Saúde

O boletim desta quarta confirmou seis mortes, sendo as últimas três de Pouso Alegre, uma em Extrema, uma em Poços de Caldas e também uma em Monte Sião.

A secretaria estadual de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou seis mortes por Covid-19 na Regional de Saúde de Pouso Alegre no boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (08). O total de óbitos em decorrência da pandemia chegou a 59, com vítimas em 19 municípios.

As últimas seis mortes que entraram para os registros do Estado são as três ocorridas em Pouso Alegre na última segunda-feira, dia 06. As vítimas foram três homens de idades 74 anos, 64 anos e 62 anos;

Uma morte em Poços de Caldas, também no dia 06, de uma mulher de 68 anos. Um óbito em Extrema, ocorrido no dia 05, também de uma mulher de 52 anos. E uma vítima fatal em Monte Sião, no dia 03, de um homem de 71 anos (veja no quadro abaixo o número de mortes por cidade da regional).

Passam de 2 mil o número de casos na regional

O total de pessoas que já foram contaminadas com o novo coronavírus na Regional de Saúde de Pouso Alegre chegou a 2.071 registros positivos. Desse total, 1.532 pacientes estão recuperados da doença e 480 ainda estão em acompanhamento.

A regional de Saúde de Pouso Alegre é composta por 53 municípios, incluindo Poços de Caldas, Itajubá, as cidades do Circuito das Malhas, Extrema, entre outras.

Mortes por Covid-19 em cidades da Regional de Pouso Alegre. Boletim do Estado 08-07 – reprodução

Categoria: Saúde

Médico responsável pelo setor de cardiologia explica que cada situação é avaliada e, se for urgente, o procedimento é realizado no mesmo momento. Veja vídeo abaixo!

Em um vídeo gravado nas dependências do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, nesta quinta-feira (24), o prefeito de Pouso Alegres, Rafael SImões, acompanhado de diretores do hospital e da secretária municipal de Saúde, Sílvia Regina, explicou sobre a não realização de cirurgias eletivas, aquelas que podem ser aguardadas por um certo período.

“Estou aqui para esclarecer às pessoas que dependem do Hospital da Clínicas Samuel Libânio que, por determinação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, as cirurgias eletivas estão suspensas na iniciativa pública e privada. Isso é uma determinação que deve ser seguida por todos os hospitais”, afirmou Simões.

O médico Alan Nascimento, responsável pelo setor de cardiologia explicou que cada caso é avaliado. “Falando da hemodinâmica, estamos avaliando cada caso para oferecer o melhor tratamento para o paciente. Aqueles casos que são urgentes, que o médico indica que precisa ser feito o procedimento rapidamente ou no mesmo momento do cateterismo, as angioplastias são realizadas no mesmo momento. Aqueles casos eletivos, que podem ser aguardados, a gente, por determinação do governo do estado, estamos adiando esses procedimentos para evitar que esses pacientes corram mais risco em contrair o novo coronavírus do que a própria doença de base”, disse o médico.

A secretaria municipal de Saúde, Silvia Regina Pereira, conta que a suspensão das cirurgias que podem ser agendadas não é por questão financeira. “A dificuldade hoje de realização dos procedimentos eletivos em nenhum momento se refere a recursos, mas sim, em cumprir o que é determinado pelo comitê de combate à Covid-19 no estado”, afirma.

Categoria: Saúde

Ordem de serviço foi assinada e obra deverá ser concluída em oito meses. Foto: divulgação prefeitura

A secretaria municipal de Saúde de Pouso Alegre anunciou a construção de um novo posto de saúde no bairro Algodão. A ordem de serviço para o início da obra foi assinada nesta semana pela secretária Silvia Regina Pereira. O prazo para a conclusão das obras é de oito meses.

A nova UBS vai substituir o atual posto que atende a uma população de cerca de 3 mil pessoas. O novo prédio terá cerca de 300 m² de área construída para ampliar a capacidade de atendimentos.

“Nós pretendemos que essa obra possa trazer um atendimento adequado àquela população. É a Prefeitura de Pouso Alegre trabalhando nesse sentido de, mesmo nos momentos difíceis, continuar essa caminhada pela saúde de todos”, afirma a secretária de Saúde.

Secretária assina ordem de serviço para início das obras. Foto: divulgação prefeitura

Categoria: Saúde

A Unidade de Pronto Atendimento já passa a atender pessoas com sintomas gripais, que possam ser o novo coronavírus. Nos próximos dias, leitos também serão disponibilizados em caso de necessidade de internação de pacientes. Veja a matéria em vídeo:

O prédio da UPA 24 horas, que está em fase final de construção em Pouso Alegre, já passa a atender pessoas com sintomas da Covid-19.

Parte das instalações da Unidade de Pronto Atendimento foi preparada para prestar o serviço ambulatorial. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (04) pelo prefeito Rafael Simões.

O prédio da UPA tem 1.300 m² de área construída. A Unidade fica no antigo Campo da Lema, na Rua Comendador José Garcia, ao lado do Hospital das Clínicas Samuel Libânio. A área que pertencia ao Pouso Alegre Futebol Clube ser desapropriada e adquirida pela prefeitura.

A obra da UPA tem um investimento de mais de R$ 3 milhões de recursos do governo federal.

O prefeito também explica que nos próximos dias o local funcionará como um hospital de campanha. Serão 26 leitos para dar suporte ao Hospital Samuel Libânio.

Segundo a secretaria de Saúde, Silvia Regina Pereira, atualmente, Pouso Alegre tem cerca de 10% dos leitos da cidade ocupados com pacientes do novo coronavírus.

O diretor técnico do prédio da UPA, Joanderson Fernandes, explica que os profissionais de saúde que farão o atendimento no local estão treinados e estarão devidamente equipados.

Categoria: Saúde

Postos abrem no sábado e na segunda, véspera de feriado. 100% dos idosos foram vacinados na primeira etapa.

Segunda etapa é para vacinar professores, profissionais de segurança e pessoas com doenças crônicas. Foto: reprodução

A campanha de vacinação contra a gripe já está na segunda etapa e em Pouso Alegre o Posto de Puericultura, no Centro, irá funcionar na segunda-feira (20), véspera de feriado, das 08h às 16h, informa a Secretaria Municipal de Saúde. As pessoas do grupo prioritário dessa etapa da vacina podem ir até o local e ainda tem a opção de atualização do cartão de vacinação.

A segunda etapa da campanha, iniciada nesta quinta-feira (16), é voltada para professores das redes pública e priva, profissionais de segurança e pessoas com doenças crônicas. Todos os postos de saúde (UBS) estão funcionando de segunda a sexta-feira, das 08h às 16h, para aplicação das vacinas.

A Unidade Materno Infantil, no bairro São Geraldo, funcionará em horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30. Aos sábados, as unidades dos bairros Cidade Jardim e São Cristóvão permanecerão abertas das 08h ao meio-dia.

100% dos idosos estão vacinados

A primeira etapa da campanha, iniciada em 23 de março, atendeu idosos e profissionais de saúde. De acordo com a secretaria municipal de Saúde, já foram aplicadas cerca de 17 mil doses de vacina contra a gripe. Desse total, 14.700 pessoas acima de 60 anos receberam a vacina, alcançando os 100% da meta para essa faixa etária no município.

Durante essa etapa, a prefeitura adotou o sistema de vacinação em drive-thru para evitar a aglomeração de pessoas nos postos.

Categoria: Saúde

São mais de 100 novos casos suspeitos entre ontem e hoje nas 53 cidades que formam a regional de saúde. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde.

O boletim diário da prefeitura de Pouso Alegre informa que são 180 notificações no município. Desse total, 141 estão em monitoramento domiciliar, 30 foram descartados, 08 aguardam resultados de amostras colhidas e 01 paciente está hospitalizado. 

Os casos suspeitos de novo coronavírus na Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre saltaram para 325, de acordo com os dados oficiais da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), um aumento de mais de 100 novos casos suspeitos em relação aos números de ontem, que somavam 219.

Mesmo com tantos suspeitos, na área dos 53 municípios continua com um caso confirmado, da mulher de 34 anos de Poços de Caldas.

Ainda conforme os dados da SES-MG, a maior parte dos casos suspeitos estão em Poços de Caldas, com 67, Itajubá, com 35, e Pouso Alegre que agora aparece com 33 casos suspeitos nos números da secretaria de estado.

Em Minas os números também tiveram um aumento. Agora são 21.691 casos suspeitos para COVID-19 e 189 casos confirmados.

No boletim desta sexta, a SES-MG também informou que há em investigação 28 mortes, mas nenhuma foi confirmada até o momento no estado como sendo provocada pelo novo coronavírus.

BOLETIM DA PREFEITURA DE POUSO ALEGRE

O boletim diário da prefeitura de Pouso Alegre informa que são 180 notificações no município. Desse total, 141 estão em monitoramento domiciliar, 30 foram descartados, 08 aguardam resultados de amostras colhidas e 01 paciente está hospitalizado. As condições dessa pessoa hospitalizada não foram informadas.