Categoria: Política

Leandro Morais, do PSDB, teve 2.321 votos e vai para seu segundo mandato na Câmara Municipal de Pouso Alegre.

O vereador mais votado nas eleições municipais de 2020 no Sul de Minas é de Pouso Alegre. Leandro Morais disputou a reeleição pelo PSDB, conseguindo 2.321 votos. Em Pouso Alegre, segundo a Justiça Eleitoral, eram 285 candidatos a uma das 15 vagas na Câmara Municipal.

Em entrevista ao Terra do Mandu, o vereador fala da votação expressiva e dos desafios que ela representa para o próximo mandato 2021/2024. Ele também comenta a formação da nova Legislatura, que terão apenas homens e, a maioria absoluta dos eleitos, são da base do prefeito reeleito, Rafael Simões (DEM).

Sobre o vereador reeleito

Graduado em Direito pela Faculdade de Direito do Sul de Minas (FDSM), Leandro Morais irá para seu segundo mandato na Câmara Municipal de Pouso Alegre.

Eleito vereador para legislatura 2017/2020 pelo PPS (Partido Popular Socialista), Leandro Morais foi o segundo vereador mais votado do município, com 1.809 votos.

Na Câmara Municipal de Pouso Alegre, Leandro Morais desempenhou: Vice-presidente da Mesa Diretora (2017/2017);Presidente da Mesa Diretora (2018/2018); *Presidente da Escola do Legislativo (2019/2019); *Corregedor da Câmara (2019/2019); *Presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Pessoa Idosa (2017); *Relator da Comissão Administração Financeira e Orçamentária (2017); *Relator da Comissão de Legislação, Justiça e Redação (2019); *Relator da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Pessoa Idosa (2019); *Presidente da Comissão Financeira e Orçamentária (Atualmente); *Relator da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Pessoa Idosa (Atualmente); *Relator da Comissão de Administração Pública (Atualmente).

Categoria: Política

DEM e PSDB fizeram quatro vereadores cada.

 

O resultado dos vereadores eleitos em Pouso Alegre nas eleições 2020, para o mandato entre 2021/2024, saiu quase 01h da madrugada desta segunda-feira (16). Sete, dos 13 candidatos que tentavam a reeleição conseguiram um novo mandato. Outros oito eleitos são novatos e ex-vereadores que retornam à Câmara Municipal.

O PSDB e DEM foram os partido que fizeram o maior número de vereadores, quatro para cada legenda. O PSDB teve os três candidatos mais votados. O DEM é o partido do prefeito reeleito Rafael Simões. Na sequência, o PP e o Patriota fizeram dois vereadores cada. MDB, Cidadania e PTB ficaram com uma vaga cada.

Os vereadores eleitos em Pouso Alegre:

  • Leandro Morais – PSDB – 2.321 – Votos
  • Tomatinho do Hospital – PSDB – 2089 – Votos
  • Dionício do Pantano – PSDB – 1.940 – Votos
  • Hélio da Van – MDB – 1.602 – Votos
  • Gilberto Barreiro – PP – 1.479 – Votos
  • Oliveira Altair – DEM – 1.446 – Votos
  • Bruno Dias – DEM – 1.393 – Votos
  • Igor Tavares – PSDB – 1.273 – Votos
  • Odair Quincote – Patriota – 1.268 – Votos
  • Elizelto Guido – Patriota – 1.020 – Votos
  • Dr Edson – Cidadania – 946 – Votos
  • Reverendo Professor Dionísio – DEM – 870 – Votos
  • Wesley do Resgate – PP – 850 – Votos
  • Ely do Celinho Autopeças – DEM – 847 – Votos
  • Arlindo Motta – PTB – 695 – Votos

 

 

Categoria: Política

Com 96% das urnas apuradas, Simões aparece com 79,48% dos votos válidos. Percentual 10% superior às eleições anteriores.

Momento em que Rafael Simões votou nestas eleições. Foto: reprodução/divulgação

Rafael Tadeu Simões (DEM) foi reeleito prefeito de Pouso Alegre neste domingo (15). Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 96% das urnas apuradas, ele recebeu 79,48 % dos votos válidos.

A chapa “Avança Pouso Alegre”, que reelegeu Rafael Simões, tem a coligação de cinco partidos (Democratas, PSDB, PTB, Patriota e Republicanos) e venceu os oponentes, André Prado (PV), que texe 8,8% dos votos, e Sargento Silveira, que ficou com 7,21% dos votos.

Rafael Simões tem 56 anos, é advogado e professor. É a terceira vez que Simões disputa a eleição para prefeito de Pouso Alegre e esse será o seu segundo mandado eletivo. Nas eleições passadas, em 2016, Rafael Simões foi eleito com 69,62%, com 49.922 votos. Em 2004, em sua primeira candidatura, ele concorreu e não foi eleito.

Fora da política, Rafael Simões foi diretor da Faculdade de Direito do Sul de Minas (FDSM) e presidente da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS).

TSE teve problemas para divulgar os dados das eleições, atrasando os números. Imagem: reprodução

Categoria: Política

Antes do portão do Colégio Estadual abrir a fila já era grande. Foto: Terra do Mandu

A votação para as eleições municipais 2020 teve início uma hora mais cedo do que em anos anteriores para priorizar o voto dos idosos por causa da pandemia da Covid-19. E em Pouso Alegre eles chegaram antes mesmo dos portões dos locais de votação abrirem.

No Colégio São José e na Escola Estadual José Marque de Oliveira (Colégio Estadual), que ficam lado a lado, são 8.806 eleitores no total para votar. As filas eram grandes nos dois pontos na primeira hora de seções abertas.

O senhor Joel Matos, de 62 anos, saiu do bairro Cidade Jardim para votar no Colégio Estadual. Ele já tinha o costume de votar logo cedo mesmo em anos anteriores que não havia o horário prioritário para idosos.

O sr Joel Matos já tinha o costume de votar pela manhã. Foto: Terra do Mandu

O que chama a atenção nos locais de votação é a sujeira nas ruas e passeios. Dezenas de milhares de santinhos de candidatos espalhados, tornando-se uma armadilha escorregadia para quem chegar para votar.

VEJA A PRIMEIRA LIVE FEITA PELO TERRA DO MANDU NESTE DOMINGO:

Veja os locais e as seções de votação para os mais de 100 mil eleitores de Pouso Alegre

O local onde há o maior número de eleitores na cidade é na Escola Estadual Vinícius Meyer. São 5.835 eleitores, em 20 seções. Depois vêm Colégio São José (4.935) e Faculdade de Direito (4.726) com segundo e terceiro locais com mais pessoas votando. O local com menor número de pessoas votando no município fica no bairro rural do Cervo, com 201 pessoas numa única seção.

Veja a lista completa Locais de votação Pouso Alegre_com agregações

POUSO ALEGRE TEM SEIS CANDIDATOS A PREFEITO. VEJA!

Categoria: Política

Pouso Alegre tem 13 nomes de candidatos a vereador que recebeu, pelo menos, segundo o TCU, uma parcela do benefício.

O Tribunal de Contas da União (TCU) disponibilizou uma lista de candidatos às eleições de 2020 que receberam auxílio emergencial pago pelo governo federal por causa da pandemia da Covid-19.

Na lista feita pelo TCU estão apenas os candidatos que declararam à Justiça Eleitoral patrimônio superior a R$ 300 mil e que receberam alguma parcela do auxílio emergencial até julho de 2020. Ou seja, estariam rol de inclusões indevidas do benefício, uma vez que os indícios apontam renda incompatível com as regras do programa. Há casos de candidatos que o patrimônio ultrapassa até R$ 3 milhões e está na lista dos beneficiários do Auxílio Emergencial.

No Sul de Minas, mais de 70 cidades têm candidatos na lista do TCU. Pouso Alegre aparece com o maior número de candidatos a vereador. São 13 no total. Veja o link a baixo para a lista completa.

Outras cidades com candidatos a vereador na lista do TCU:
Santa Rita do Sapucaí tem 8 candidatos; Itajubá tem 7 candidatos; Extrema tem 6 candidatos; Brazópolis tem 5 candidatos; Turvolândia também tem 5 candidatos; Cachoeira de Minas tem 3 candidatos; Silvianópolis tem 3 candidatos, Itapeva tem 2 candidatos; Senador Amaral tem 2 candidatos, Toledo tem 2; Borda da Mata tem 1 candidato na lista.

VEJA A LISTA COMPLETA AQUI:

TCU disponibiliza lista de candidatos às eleições de 2020 que receberam auxílio emergencial

[ATUALIZAÇÃO 11/11/2020 – 08H45]

O candidato a vereador em Pouso Alegre, Ricardo de Oliveira, que aparece na lista com patrimônio declarado de R$ 300 mil, entrou em contato com a redação do Terra do Mandu para se explicar. Ele afirma que o bem declarado à Justiça Eleitoral é uma casa financiada e que faltam 150 parcelas para pagar.

O candidato confirma que está recebendo o auxílio emergencial do governo federal. Já recebeu quatro parcelas e aguarda o restante. O político entrou com a solicitação pelo aplicativo da Caixa depois de ficar desempregado. Ele atua como Microempreendedor individual (MEI).

[ATUALIZAÇÃO 13/11/2020 – 12:34]

A candidata a vereadora em Pouso Alegre, Rita de Cássia Delfino Augusto, que aparece na lista do TCU com patrimônio de mais de R$ 1 milhão, entrou em contato com a redação do Terra do Mandu, através de sua advogada, para se explicar. De acordo com a nota enviada, a candidata declarou um imóvel fruto de herança dos pais, que tem mais dois herdeiros.

A candidata é cadastrada como MEI e recebeu três parcelas do Auxílio Emergencial. “E não consta na lei do Auxílio Emergencial esse requisitos sobre patrimônio, sendo que doação não é tributável perante o imposto de renda”, diz a nota. A advogada ainda explicou que a candidata não recebeu nenhuma parcela do Auxílio Extensão, que já impede que pessoa com patrimônio acima de R$ 300 mil receba o benefício.

Ressalvas feitas pelo próprio TCU:

  • Os resultados são apenas indícios de renda incompatível com o auxílio
  • Há risco de erro de preenchimento pelo candidato
  • Há risco de fraudes estruturadas com dados de terceiros
  • Só o Ministério da Cidadania pode confirmar se o pagamento é indevido
  • Só o TSE pode confirmar eventuais crimes eleitorais
  • O papel do TCU é garantir o bom uso do dinheiro público
  • Os dados dos candidatos são públicos e estão disponíveis no site do TSE
  • Os dados dos beneficiários do auxílio são públicos e estão no Portal da Transparência

 

Categoria: Política

O debate terá transmissão ao vivo, a partir das 19h, pela página do Terra do Mandu no Facebook e pelo canal do Terra do Mandu no YouTube.

 

A faculdade UNA Pouso Alegre e o portal de notícias Terra do Mandu e realizam, nesta sexta-feira, dia 06 de novembro, o debate eleitoral entre os candidatos a prefeito de Pouso Alegre. Foram convidados os seis candidatos que concorrem à vaga de prefeito da cidade.

O debate terá transmissão ao vivo, a partir das 19h, pela página do Terra do Mandu no Facebook e pelo canal do Terra do Mandu no YouTube.

Os representantes da faculdade UNA e o Terra do Mandu entendem que, ao promover o debate, estão cumprindo a responsabilidade social de contribuir para que os eleitores conheçam as plataformas de cada candidato.

Assuntos como educação, saúde, segurança, emprego, políticas para a juventude, tributação municipal, meio ambiente estarão na discussão.

As regras do programa foram definidas pela organização e todos as coordenações das campanhas foram cientificadas dos termos para garantir os critérios de igualdade e isonomia do evento.

A realização do debate, suas regras e todo o regulamento foram protocoladas na Justiça Eleitoral.

A diretora da UMA Pouso Alegre, Daniela Tessele, ressalta a importância da organização do debate. “Estamos vivendo um processo democrático muito importante para todos os municípios. Nada melhor que envolver nossos alunos nesse processo de compreensão das propostas dos candidatos para o desenvolvimento e melhoria das cidades”, afirma (veja o vídeo abaixo)

Formato do debate

Os seis candidatos a prefeito de Pouso Alegre nas eleições municipais de 2020 foram convidados a participar do debate.

O programa será dividido em quatro blocos, com duração total de até 03 horas. E funcionará da seguinte forma: o primeiro será de apresentação; o segundo de perguntas e respostas entre os candidatos; e o terceiro com perguntas enviadas previamente pelos alunos da Faculdade UNA; e o quarto com as considerações finais dos candidatos.

Primeiro Bloco

No bloco de apresentações, os candidatos terão um tempo de 05 (cinco) minutos para se apresentar e expor, de maneira sucinta, alguns pontos de sua plataforma de governo.

Para garantir a imparcialidade, as ordens de fala serão sorteadas e o microfone dos candidatos que excederam o limite de tempo definido para fala, serão imediatamente cortados.

Segundo Bloco

No segundo bloco serão sorteadas duplas para o debate, através dos nomes colocados em uma urna. O primeiro a ser sorteado é quem fará as perguntas. O segundo do sorteio irá responder.

O tempo será distribuído da seguinte forma:   a) 01 (um) minuto para a pergunta; b) 02 (dois) minutos para resposta; c) 01 (um) minuto para a réplica; d) 01 (um) minuto para tréplica.

Havendo um número ímpar de participantes no debate, será formado um trio para o qual serão realizadas perguntas, respostas e comentários. Nessa hipótese em cada rodada de perguntas, cujos temas serão sorteados, o tempo será distribuído da seguinte forma: a) 01 (um) minuto para a pergunta; b) 02 (dois) minutos para resposta; c) 01 (um) minuto para o comentário; d) 01 (um) minuto para a réplica; e) 01 (um) minuto para tréplica. f) 01 (um) minuto para o comentário final;

Na segunda rodada de perguntas a ordem se inverterá e os candidatos que responderam primeiro, vão perguntar aos candidatos que iniciaram o bloco perguntando.

No caso do trio, quem respondeu fará a próxima pergunta. O candidato que fez o comentário e quem fez a pergunta na rodada anterior entra em um novo sorteio para saber quem reponde e quem comenta.

Terceiro bloco

No terceiro bloco do debate, mantendo-se a ordem do sorteio inicial, os candidatos responderão as perguntas feitas por alunos, sendo um representante de cada um dos cursos da Faculdade UNA abordando sua área de estudo.

As perguntas serão feitas diretamente pelos alunos que entrarão na sala apenas no momento de sua respectiva pergunta e, com o tempo máximo de 03 minutos.

Quarto bloco

No quarto e último bloco do debate, os candidatos farão suas considerações finais. Obedecendo a ordem de sorteio inicial, cada um terá o tempo de 02 minutos para fazer sua última exposição.

Os candidatos devem se pautar pelos princípios da ética e do decoro. O mediador terá amplos poderes para intervir na condução dos trabalhos, podendo cassar a palavra do candidato que desrespeitar o tempo de fala definido ou faltar com o decoro.

O candidato que se sentir ofendido, com ataques pessoais, calúnia, difamação ou injúria durante as falas dos oponentes, poderá requerer ao mediador o direito de resposta ao final da fala do outro candidato que o ofendeu. O mediador poderá consultar a comissão organizadora e se concedido o direito de resposta, ele será concedido ao ofendido, utilizando-se o tempo do ofensor.

Categoria: Política

Ele lutava contra um câncer. Antônio Theodoro foi vereador por quatro mandatos seguidos em Pouso Alegre.

Foto: reprodução Câmara Municipal

Morreu, neste sábado (10), o ex-vereador de Pouso Alegre Antônio Theodoro Mendes, aos 84 anos. Antônio Theodoro, como era chamado, foi vereador por quatro mandatos consecutivos, chegando a ocupar a presidência da Câmara.

O ex-vereador lutava contra um câncer nesses últimos anos. O corpo do ex-político está sendo velado na Funerária Santa Edwiges. O sepultamento está previsto para este domingo (11), às 12h, no cemitério Parque Jardim do Céu.

A Câmara Municipal de Pouso Alegre emitiu uma nota de pesar pela morte de Antônio Theodoro.

Nota de pesar pelo falecimento do ex-vereador Antônio Theodoro Mendes

A Câmara Municipal de Pouso Alegre se solidariza com familiares, parentes e amigos do ex-vereador Antônio Theodoro Mendes, falecido neste sábado, 10 de outubro de 2020.

Antônio Theodoro Mendes nasceu no dia 30 de agosto de 1936. Foi vereador em Pouso Alegre por quatro mandatos seguidos, onde chegou a assumir a presidência da Câmara Municipal de Pouso Alegre.

O ex-vereador Antônio Theodoro prestou relevantes serviços para a comunidade pouso-alegrense, sendo representado em diversos bairros da cidade.

Depois de anos lutando pelo desenvolvimento econômico e social do município, Antônio Theodoro faleceu na tarde deste sábado, 10 de outubro, aos 84 anos, vítima de câncer.

O presidente da Câmara Municipal de Pouso Alegre, vereador Rodrigo Modesto (PTB), em nome dos vereadores, se solidariza com a família, parentes e amigos do ex-vereador Antônio Theodoro Mendes neste momento triste de despedida.

Categoria: Política

As aglomerações nos ambientes continuam proibidas. As permissões de novo decreto exigem a manutenção de medidas de prevenção ao coronavírus

A prefeitura de Pouso Alegre publicou, nesta quinta-feira (08), novo decreto flexibilizando novas medidas no enfrentamento à pandemia da Covid-19. De acordo com o documento, estão liberadas as apresentações e transmissões ao vivo de música, esportes ou entretenimento.

Essas permissões são desde que não resultem em aglomerações, sendo vedada a utilização de pistas de dança e espaços similares.

O novo decreto ainda autoriza os serviços de self servisse e de buffet nos restaurantes, que deverão ser disponibilizar luvas descartáveis para os clientes, ou ter um funcionário paramentado para servi-los.

As novas medidas divulgadas pela prefeitura modificaram o decreto editado no final de abril. Nele, também altera as regras para a realização de velórios, permitindo um número maior de pessoas, respeitadas as regras sanitárias contra a disseminação do coronavírus.

A administração municipal ainda informa que todos os estabelecimentos, serviços, eventos e atividades devem seguir as orientações e medidas determinadas pelas autoridades de saúde para prevenção ao contágio e contenção da propagação do coronavírus.

VEJA AQUI O NOVO DECRETO E OUTRAS LIBERAÇÕES FEITAS

Cidade já havia liberado quadras e campos de futebol

A prefeitura local editou neste mês mais um decreto liberando novas atividades no município. As quadras esportivas e os campos de futebol foram liberados, mas sem público, além das pessoas que vã praticar alguma atividade nesses espaços.

Os bares e restaurante também voltaram a funcionar de acordo com seus respectivos alvarás, cancelando as regras do decreto anterior que estipulavam horários para fechar.

E nesta segunda-feira (05), o Parque Municipal voltou a ser reaberto ao público após quase sete meses fechado. Por enquanto, o espaço dedicado às práticas de lazer, atividades físicas e contemplação da natureza funcionará apenas durante a semana, no horário das 07h30 às 16h, conforme informou a assessoria de imprensa da prefeitura, permanecendo fechado aos sábados e domingos.

Números da pandemia no município

Pouso Alegre é a cidade do Sul de Minas com o maior número de óbitos e moradores contaminados pelo coronavírus. De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), são 69 vítimas da Covid-19 no município.

Já o total de moradores infectados com o vírus é de 2.944, sendo que 2.757 estão recuperados. Ou seja, conforme os dados do estado, são 118 pessoas com o vírus ativo, que cumprem quarentena em casa ou estão internadas em hospitais.

Categoria: Política

O candidato Eduardo Ferreira Pinto do Partido dos Trabalhadores (PT) teve sua candidatura impugnada após não cumprir todos os requisitos previstos na Lei Complementar nº. 135 de 2010, conhecida como lei da ficha limpa.

Conforme explicou o Promotor Eleitoral, Márcio Henrique Mendes, os servidores que foram demitidos do serviço público em decorrência de processo administrativo ou judicial, ficam inelegíveis por oito anos.

O promotor pediu a impugnação da candidatura após solicitar a relação de todos os funcionários demitidos do serviço público, nos últimos anos, onde o candidato estava listado.

De acordo com a direção do partido, eles ainda estão definindo uma estratégia de atuação, já que podem recorrer da decisão até o início da próxima semana.

Categoria: Política

A Polícia Militar apreendeu dois adolescentes, de 13 e 16 anos, no bairro José Gonçalves Mendes, em Santa Rita do Sapucaí, pelo ato infracional de tráfico de drogas. A prisão ocorreu na tarde desta terça-feira (29).

Os policiais faziam ronda no bairro quando viram os jovens em atitude suspeita. Durante abordagem eles tentaram fugir, porém, foram pegos e apreendidos. Os militares encontraram, próximo ao local onde eles estavam, um tablete grande de maconha, faca, estilete e pinos vazios.

Os menores infratores foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

Itens apreendidos com os dois adolescentes. Foto: Polícia Militar