Categoria: Economia

100% brasileiro, Garupa já ocupa a terceira posição no país como aplicativo de mobilidade urbana mais utilizado. O Garupa está presente em mais de 600 cidades, de 10 estados. Entre os diferenciais da plataforma estão o escritório próprio nas cidades e categorias para transportes de crianças, animais e objetos. No final do texto tem os links de como baixar o app.

A partir deste mês de fevereiro, Pouso Alegre e Itajubá passam a contar com o aplicativo Garupa como nova opção de mobilidade urbana. O app é 100% brasileiro e já ocupa a terceira colocação no Brasil de plataforma mais utilizada para quem precisa chegar rápido nos lugares, gastando pouco. Também já é referência para os motoristas que trabalham no setor, garantindo vantagens que outras empresas não oferecem.

O CEO e criador da plataforma, Marcondes Trindade, esteve nas duas cidades para o lançamento oficial do serviço.

Em Pouso Alegre, o executivo da empresa visitou rádios, conversou com jornalistas, esteve com empresários e com o presidente da Associação Comércio e Indústria (Acipa), Filipe Vargas.

O presidente da Acipa recebeu o CEO do Garupa e sua equipe.

Marcondes também se reuniu com cerca de 100 motoristas que já trabalham com aplicativo em Pouso Alegre e apresentou o modelo de negócios do Garupa. O CEO mostrou para eles as vantagens de ser um ‘garuper’ (como são chamados os motoristas parceiros).

O Garupa nasceu em 2017 no Rio Grande do Sul. Hoje, são 55 mil carros rodando em mais de 600 cidades, de 10 estados.

“Com experiência suficiente, com conhecimento suficiente para convidar você a baixar nosso aplicativo; ter uma experiência de uma plataforma brasileira; de um mercado que é nosso e temos que valorizar; deixar nossos recursos aqui. Tudo isso nós estamos fazendo agora em Minas Gerais. O Garupa apontou, definitivamente, seus trabalhos em Minas Gerais”, afirma o executivo da empresa.

O executivo fez algumas apresentações da plataforma ao longo do dia em Pouso Alegre. Foto: Terra do Mandu.

Em cada cidade, o Garupa tem um sócio operador, que garante toda estrutura física e suporte técnico para os motoristas parceiros, como também para os passageiros usuários do app.

“O escritório local era uma necessidade que a gente percebe que os motoristas de aplicativo em Pouso Alegre reivindicava. Agora, com o Grupa, eles passam a ter uma sede com toda estrutura, inclusive jurídica para os motoristas parceiros” conta Ricardo Marques, operador do app em Pouso Alegre.

Para os motoristas que vão trabalhar com o app Garupa, um dos principais atrativos é que são eles que definem o valor da tarifa que é cobrada na cidade.

“Nós procuramos o melhor caminho e a melhor forma para que a gente consiga trabalhar de forma justa, atender bem o passageiro e a gente ser melhor remunerado. A empresa passou essa possibilidade para os motoristas e ainda foi aberta a uma negociação. Foi uma boa reunião”, diz Leandro Mendes (Léo) da associação dos motoristas por aplicativo.

“O interessante que eu achei da empresa é que ela é 100% brasileira, o que é bem legal. E a questão de ter o escritório físico é muito importante. Porque, normalmente, nos outros aplicativos a gente tem que mandar mensagem, e-mail… e aqui a gente vai ter um escritório para resolver qualquer tipo de problema”, comenta o motorista Elias Seabra.

Em Pouso Alegre, os motoristas já estão fazendo o cadastro e a população já pode baixar o aplicativo nas lojas de app. A operação começa nos próximos dias.

No Sul de Minas, o aplicativo também já opera nas cidades de Lavras e Alfenas.

Diferenciais do Garupa
Um dos diferenciais do Garupa é o escritório local. A plataforma tem uma sede física na cidade para atender motoristas e usuários do serviço.

Os outros diferenciais do Garupa são as categorias de transporte, atendendo no transporte de crianças, animais domésticos, objetos e Garupa Mulher.

Garupa Kids
Serviço específico para transporte de crianças em que o carro já estará equipado com cadeirinhas e assentos de elevação obrigatórios para crianças de um a sete anos. Nessas viagens, um adulto responsável deve acompanhar a criança, e a viagem custa 20% a mais.

Garupa Mulher
Serviço que disponibiliza apenas motoristas do gênero feminino para atender somente passageiras mulheres.

No Garupa mulher passageira pode pedir mulher motorista. Foto: Divulgação

Garupa Pet
Serviço especializado em transporte de animais domésticos de pequeno e médio porte, com até 10 kg. Nesta modalidade, o veículo já contará com capas impermeáveis nos bancos para evitar sujeiras, o que aumentará a tarifa em 20%.

Garupa Objeto
Esta modalidade é voltada para a entrega de pequenos volumes, como caixas, compras de supermercado, roupas da lavanderia e documentos. O motorista deve ter conhecimento do que estará levando e uma pessoa deve ficar responsável pela entrega e outra pelo recebimento. Esse serviço também cobra 20% a mais na tarifa do Garupa.

Como usar o Garupa
Assim como demais aplicativos do gênero, no Garupa o usuário deve informar sua localização no mapa e aguardar que um motorista parceiro (chamado de “garuper”) faça o transporte até o seu destino.

O cadastro é feito com poucos dados, como nome completo, CPF e um número de telefone, podendo usar as credenciais do Facebook para preencher o formulário. Uma selfie também é exigida para identificar o passageiro nas viagens. O pagamento pode ser feito usando cartão de crédito pelo próprio app Garupa, dinheiro ou crédito pré-pago, que deve ser acumulado por meio do pagamento de boletos bancários solicitados previamente.

Quais os benefícios do app Garupa para os motoristas?
Para se tornar um “Garuper”, o motorista deve realizar um cadastro pelo app “Garupa Motorista”, específico para os profissionais. Nele, será preciso enviar os documentos oficiais do condutor, como CNH e documento do veículo, além de fotos atualizadas do carro.

Após uma análise dos dados, incluindo uma checagem de antecedentes criminais realizada pela equipe do aplicativo, o motorista estará apto a dirigir pelo Garupa.

Os motoristas recebem um pagamento padrão de 80% do valor de cada corrida. Esse valor é o mínimo estipulado pelo aplicativo, e pode aumentar em algumas cidades, podendo chegar a 90% da tarifa, a depender da demanda e da estratégia local.

Passageiro: Baixe o aplicativo, escolha o serviço que te atenda e conheça o terceiro aplicativo de mobilidade mais utilizado no país.
Motorista: Dirija com segurança e respeito. Seja seu chefe, ganhe dinheiro, tenha uma renda extra, Seja Garuper!
O cadastro on-line pode ser feito de duas maneiras: neste link ou direto no aplicativo.

Categoria: Economia

A economia gerada aos associados com esta isenção será em torno de R$ 8 milhões neste ano. Além disso, Instituição Financeira Cooperativa determina nova taxa de juros do cheque especial/empresarial.

Presidente Angelita Marisa Cadoná e diretor executivo Márcio Girardi anunciam novidades. Foto: Divulgação

Com o objetivo de satisfazer cada vez mais o associado, a Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG divulgou uma novidade, nesta semana. A Cooperativa optou por isentar a tarifa mensal de conta corrente, que passa a não ser cobrada dos associados a partir de 1º de março, e beneficiará todas as pessoas físicas (urbanas e agro) e as empresas classificadas como entidades, microempreendedor individual (MEI) e microempresas, o que contemplará hoje 93% do quadro social. A economia gerada aos associados com esta isenção será em torno de R$ 8 milhões neste ano.

Além disso, também foi determinada a nova taxa de juros do cheque especial/empresarial, que passará a vigorar a partir de março para todos os associados, variando de 2,9% a 7,9% ao mês, de acordo com o perfil individual de risco. Com ambas medidas, a Cooperativa aumenta o valor agregado aos associados que a utilizam, pois, além de pagar menos taxas, o associado também participa dos resultados gerados na proporção das suas movimentações financeiras, recebe remuneração da sua cota capital, participa dos diferentes programas e iniciativas de relacionamento e desenvolvimento humano e social, promovidos pela Cooperativa.

De acordo com o diretor-executivo, Márcio Girardi, o mercado financeiro está em transformação e pede um reposicionamento rápido. “Para isso, estamos valorizando nossa essência cooperativa, evoluindo a eficiência na gestão dos recursos e inovando nas parcerias e soluções para os diferentes perfis de associados. Além de reduzir custos, nosso objetivo é agregar valor, entendendo o que as pessoas precisam para oferecer as soluções adequadas no ciclo de relacionamento, com um atendimento próximo e humano. Sempre vamos investir muito na formação dos colaboradores e apoiar as iniciativas de desenvolvimento das pessoas, incentivando as redes de cooperação e fomentando o empreendedorismo local e regional, contribuindo de diferentes formas e com parcerias na evolução da sociedade onde atuamos”, comenta o diretor-executivo.

Planejamento 2020

O crescimento da Cooperativa está em uma constante. Conforme a presidente, Angelita Marisa Cadoná, para 2020 a expectativa é de alcançar mais de 86 mil associados, levando em consideração os benefícios do Sicredi aos associados e também as novas praças de atendimento que serão abertas, ainda neste ano – cinco novos pontos de atendimento no Estado de Minas Gerais e mais dois em Santa Catarina. “Também, a estimativa é atingir a marca de R$ 1,7 bilhão de recursos administrados e o mesmo montante de carteira de crédito, chegando a R$ 294 milhões de patrimônio líquido e gerando um resultado líquido de R$ 53 milhões”, anuncia Angelita.

Juntos Fazemos o Bem

Outra ação da Cooperativa que está sendo desenvolvida em todos os municípios de sua atuação, é a Juntos Fazemos o Bem, lançada no começo deste ano, a qual possibilita aos associados que investirem no Sicredi, indicar uma entidade social para ser beneficiada com a doação proporcional de 0,40% do montante aplicado, valor que será doado pela Cooperativa. Segundo Angelita, o valor projetado de destinações para o Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates) e para o Fundo de Desenvolvimento Regional, somados ao valor estimado em retorno às entidades sociais, poderá ultrapassar os R$ 6 milhões revertidos em prol dos associados e da sociedade. Para mais informações, acesse: https://sicredialtouruguai.com.br/juntosfazemosobem/.

Categoria: Economia

Seguros de vida, residenciais e de automóveis são opções para assegurar seus bens e também atendimento a sua saúde.

O associado Ederson Leandro Jara, utilizou o valor do Seguro Mais em Vida em benefício da sua saúde. Foto: Divulgação/Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG

Garantir tranquilidade e proteção a você e sua família é o que objetivam os seguros oferecidos pelo Sicredi. Especialmente neste período de férias, o que as pessoas desejam é poder viajar tendo garantidos seus bens e atendimento à saúde, em caso de necessidade. No Sicredi, você pode optar por várias alternativas – seguro de vida, residenciais, de automóveis e de responsabilidade civil – de diferentes valores.

As vantagens de ter seus bens e sua saúde protegidos são muitas. Uma delas é citada pelo associado de Frederico Westphalen/RS, Ederson Leandro Jara, que utilizou o valor do Seguro Mais em Vida em benefício da sua saúde. Ele foi diagnosticado com tumor maligno em um dos rins, quando tinha 34 anos, e precisou de uma cirurgia emergencial para extração do órgão. Todos os exames pré-operatórios e as consultas Ederson precisou fazer de forma particular. Mas depois encaminhou o seguro de vida e em menos de 20 dias os R$ 46 mil assegurados estavam na sua conta.

– Eu oriento todas as pessoas a contratarem este tipo de seguro, independentemente da idade. Quem já passou por um processo como eu ou mesmo circula em hospitais, percebe que não tem idade para ser diagnosticado com alguma doença grave. Então, estar amparado por um seguro nos dá uma tranquilidade, principalmente, na recuperação, porque passar por um processo cirúrgico não é fácil e saber que você não tem condições financeiras de custear a continuidade do tratamento, debilita ainda mais o paciente. Para mim foi muito positivo poder contar com o valor do seguro em um momento bem delicado da minha vida – explica o associado.

Além do seguro de vida, Ederson sugere que as pessoas mantenham também seguro de imóveis e de veículos. Há alguns anos os seus pais perderam 80% da casa, devido a um temporal de granizo. Os danos foram na cobertura e em todos os móveis.

“Estar com a residência no seguro, deu um pouco de tranquilidade no momento de pânico que meus pais passaram, especialmente por serem idosos. Eu mesmo fiz os encaminhamentos na agência e em poucos dias o recurso estava liberado para pagarmos os reparos necessários e os móveis novos que precisamos adquirir”, justifica o beneficiado, acrescentando que o valor pago mensalmente não é alto, pelos benefícios que a pessoa tem quando precisar o seguro.

Para mais informações, vá até sua agência e saiba qual o seguro se enquadra melhor a sua necessidade.

ENDEREÇO DO SICREDI POUSO ALEGRE

A agência, que conta com uma estrutura ampla e moderna para melhor atender a todos, está localizada na Rua Comendador José Garcia, número 391, no Centro de Pouso Alegre, com horário de atendimento das 9h às 15h30.

Categoria: Economia

O Banco XCMG S.A. inicia as operações no primeiro trimestre com capital de R$ 100 milhões. Gigante chinesa inaugurou sua fábrica de máquinas pesadas em 2014 em Pouso Alegre, depois de investir mais de meio bilhão de dólares. Capacidade é de produzir 7 mil unidades por ano.

Parque industrial da XCMG às margens da Fernão Dias, em Pouso Alegre. Foto: Arquivo Terra do Mandu

Pouso Alegre, no Sul de Minas, será sede do primeiro banco com capital 100% estrangeiro. O Banco XCMG S.A., primeiro banco de propriedade integral do Xuzhou Construction Machinery Group (XCMG), deve iniciar as operações ainda no primeiro trimestre de 2020. A instituição financeira ficará anexa ao Parque Industrial da XCMG Brasil. O Banco XCMG S.A. tem capital inicial de R$ 100 milhões.

Em outubro do ano passado, o Banco Central do Brasil autorizou a criação da primeira instituição do segmento bancário com capital 100% estrangeiro no país. De acordo com a assessoria de imprensa da XCMG, trata-se ainda do primeiro banco do setor industrial chinês no mundo.

“Isso mostra que estamos no caminho certo no que diz respeito aos processos financeiros estabelecidos pela instituição e que seguimos as exigências dos órgãos reguladores brasileiros. Nos sentimos honrados e, ao mesmo tempo, sabemos da responsabilidade que nos foi atribuída”, afirma o CEO do Banco XCMG, GU Shiying.

O objetivo na criação do banco é apoiar os negócios da XCMG no Brasil, além de estender serviços financeiros a empresas chinesas do segmento industrial em operação na América Latina, auxiliando, ao mesmo tempo, no desenvolvimento da rede de distribuição da XCMG.

“A ideia é dar suporte para proteção de risco cambial, por meio de operações de Hedge contra possíveis e eventuais oscilações nas cotações de moedas, atendendo ainda às necessidades dos clientes também quanto à gestão de risco e à volatilidade dos preços de mercado”, enfatiza o vice-presidente do Banco XCMG, Roberto Carlos Pontes.

A criação do Banco com capital 100% estrangeiro foi destaque na imprensa nacional no início dessa semana. Jornais especializados e de abrangência em todo o Brasil noticiaram a criação do banco pela gigante chinesa de máquinas para infraestrutura.

XCMG EM POUSO ALEGRE

A XCMG tem atuado no mercado brasileiro desde 2004. Para facilitar a expansão no país, inaugurou, em 2014, o Parque Industrial de Pouso Alegre. A unidade é a primeira do grupo com operações fora do continente asiático e contou com investimento de mais de meio bilhão de dólares. Nela, são fabricadas máquinas pesadas, tais como escavadeiras, guindastes, retroescavadeiras, motoniveladoras e perfuratrizes. A capacidade é de produção de 7 mil unidades por ano.

Empresa produz máquinas de infraestrutura e a intenção é vender para toda a América Latina, a partir de Pouso Alegre. Foto: Divulgação

SOBRE A XCMG

Fundada em 1943, a Xuzhou Construction Machinery Group (XCMG) é o maior grupo de empresas na indústria de maquinário de construção da China, com a maior variedade e série de produtos, e a mais competitiva e influente no setor. Ocupa atualmente o quinto lugar na indústria mundial de maquinário de construção e a quarta no top 100 da indústria chinesa de maquinário, exportando para mais de 183 países e regiões em todo o mundo.

EXPANSÃO DOS NEGÓCIOS NO BRASIL

De acordo com o CEO América Latina do Grupo, Wang Yansong, a abertura do Banco XCMG S.A. vai apoiar a expansão dos negócios no Brasil.

“O Brasil está caminhando para uma abertura comercial que, consequentemente, vai acirrar a competitividade internacional. Existe uma expectativa muito positiva quanto à retomada econômica local suportada por fatores conjunturais, envolvendo reformas administrativas, queda da taxa de juros no mercado local – Taxa Selic nas mínimas históricas, bem como à expectativa quanto ao aumento dos investimentos e consumo das famílias. Outro fator que vale ressaltar é a expectativa com relação ao programa de privatizações e concessões, que está previsto para os próximos anos. Todo este panorama suporta de forma muito positiva nossas expectativas com relação ao crescimento e geração de negócios no Brasil”, declara Wang Yansong.

Categoria: Economia

Município ocupa o 6º lugar na geração de empregos em Minas. No acumulado dos últimos três anos, são quase 5 mil novos postos de trabalho criados.

Pouso Alegre vista aérea a partir da rodoviária. Foto: Ascom prefeitura

Considerando os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), órgão do Ministério da Economia, Pouso Alegre criou 2.694 vagas de emprego com carteira assinada entre janeiro e novembro de 2019. Os dados referentes ao mês de dezembro sairão só em janeiro.

A estatística coloca Pouso Alegre na 6ª posição entre os municípios de Minas Gerais que mais geraram empregos formais no ano. Atrás de Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora, Nova Lima e Uberlândia.

Em novembro, mais recente dado do CAGED, Pouso Alegre gerou 320 vagas de emprego. No acumulado dos últimos três anos, a cidade da Terra do Mandu criou quase 5 mil novos postos de trabalho.

LEIA MAIS SOBRE O ASSUNTO:

PROJEÇÃO DE AUMENTO POPULACIONAL

De acordo com a prefeitura de Pouso Alegre, a geração de empregos registrada na cidade irá impactar no crescimento populacional.

O Plano Diretor do município que está em elaboração traz previsões de que, em 2040, o número de habitantes poderá alcançar a marca de 280 mil pessoas, se a criação de empregos e atração de empresas forem mantidas. O estudo é feito com apoio da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI).

DADOS REGIONAIS

Extrema que se tornou a maior economia do Sul de Minas gerou 928 empregos formais em 2019. No mês de novembro foram 44 empregos criados.

Outros números de novembro na região no acumulado de 2019:

  • Poços de Caldas saldo de 968 empregos
  • Varginha saldo de 756 empregos
  • Lavras saldo de 39 empregos
  • Itajubá saldo de negativo de 49 empregos.

Categoria: Economia

Setor de serviços é responsável por mais da metade do PIB da cidade, com R$ 4 bilhões movimentados em 2017.

Grupo investe R$ 4 milhões na construção de novo campus ao lado da Dique 2. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

Grupos educacionais do Brasil têm voltado sua atenção para Pouso Alegre e criado polos ou campi na cidade. O Centro Universitário Una, que inaugurou seu campus em 2017, com 5 cursos de graduação, deu início à construção de uma sede própria para seu segundo campus na cidade.

Estão sendo investidos R$ 4 milhões no empreendimento que será erguido às margens da Avenida Dique 2, ao lado da rotatória de acesso ao bairro Costa Rios. As máquinas já trabalham no local.

A previsão é que o novo campus seja inaugurado no primeiro semestre de 2020. Com 18 cursos de graduação, o Centro Universitário emprega hoje 150 pessoas, entre professores e administrativo. No ano que vem, mais 60 empregos devem ser gerados.

O diretor da unidade, Wilfred Sacramento, explica que a escolha por Pouso Alegre, para abrir um novo campus, foi feita após pesquisa de uma consultoria especializada.

“Nós fizemos uma pesquisa buscando entender quais eram as cidades de Minas Gerais capazes de receber um investimento da nossa marca. E Pouso Alegre foi uma das primeiras, justamente pela questão do PIB, identificação da cidade não só com a área de indústria e agropecuária, mas também com a área de serviços, e por ser um polo regional”, conta Wilfred.

VEJA A ENTREVISTA COM O DIRETOR:

Setor de serviços é o que mais gera emprego e renda em Pouso Alegre

Todos os dias, milhares de pessoas de outras cidades do Sul de Minas veem a Pouso Alegre em busca de uma variedade de atendimentos. Segundo informações da prefeitura e da Associação do Comércio e Indústria, Pouso Alegre é referência para, pelo menos, 50 cidades da região. São pessoas que buscam atendimento em hospitais e clínicas; estudam em universidades e faculdades; utilizam os serviços de instituições financeiras, hotéis e transportes.

O setor de serviço é o que mais gera emprego e renda no município – considerando também o comércio, de acordo com o recorte feito pelo IBGE, no levantamento do PIB. Em 2010, o segmento respondia por R$ 1,5 bilhão, do PIB local. Em 2017, o setor gerou uma riqueza de R$ 4 bilhões, mais que dobrou em sete anos. O PIB geral de Pouso Alegre está em R$ 7,4 bilhões, segundo os dados divulgados no início do mês pelo IBGE.

Para a economista Nayla Costa, isso faz parte de um círculo virtuoso, onde a cidade atrai indústrias, que atrai gente em busca de emprego, que faz aumentar a demanda de serviços, que por sua vez atrai novas empresas deste segmento.

Categoria: Economia

A reportagem do Terra do Mandu foi até uma lotérica de Pouso Alegre para falar do assunto. VEJA NO VÍDEO ABAIXO:

Depois que passa o Natal todo mundo só pensa na Mega da Virada. E a bolada desse ano será a maior da história. Segundo a Caixa Econômica Federal, o prêmio está estimado em R$ 300 milhões. Mas, de acordo com o volume de apostas, essa bolada pode ser ainda maior.

A reportagem do Terra do Mandu foi até uma lotérica de Pouso Alegre para falar do assunto. Entrevistamos o dono da lotérica, que fala dos bolões e alerta para os apostadores não deixarem para registrar o volante na última hora e evitar filas. Tem também os sonhadores. Assista ao vídeo acima.

O prêmio de R$ 300 milhões ou mais não acumula. Se não houver ganhador nas seis dezenas, o prêmio é dividido para os acertadores da quina.

As apostas podem ser feitas até às 16h do dia 31 de dezembro. O sorteio ocorre às 20h da mesma data. Mas, no caso de Pouso Alegre, as casas lotéricas ficam abertas das 08h às 14h.

Francisco Machado, dono de uma Lotérica no Centro de Pouso Alegre, pede para os sonhadores não deixarem para a última hora. “É melhor vir o quanto antes para evitar filas do início da semana que vem”, alerta.

Probabilidades

Na Mega da Virada são sorteadas seis dezenas entre sessenta possíveis. Em uma aposta simples de seis números, que custa R$ 4,50, a probabilidade de acertar o prêmio principal é uma em 50.063.860.

Com uma aposta de sete números, que custa R$ 31,50, a chance sobe para uma em 7.151.980. Já em uma aposta de oito números, com o valor de R$ 126, o apostador tem uma chance em 1.787.995 para acertar as seis dezenas.

Para aumentar as chances, o apostador também pode comprar os bolões oferecidos pelas casas lotéricas ou montar o próprio bolão entre amigos, parentes, colegas de serviço.

Categoria: Economia

Motoristas não encontram vagas nas ruas, nem nos estacionamentos privados. Lojas ficam abertas até às 22h neste sábado (21) e abrem no domingo (22).

VÍDEO-REPORTAGEM:

Último sábado antes do Natal e o Centro de Pouso Alegre está cheio. As filas de carros tomam conta das ruas. Muitos motoristas ficam dando voltas e mais voltas para encontrar um lugar para estacionar.

Enquanto isso, o Papai Noel saiu para dar uma voltinha pela cidade.

Se nas ruas não tem vaga para deixar o carro, os estacionamentos privados também estão lotados. E tem motorista que desiste e vai rodar mais um pouco.

As lojas também estão cheias de clientes. Alguns só olhando. Os presentes ainda vão ficar para a última hora.

Os lojistas já estão preparados para ficar até mais tarde e abrir no domingo.

Outras opções de presentes nas barracas de artesanato em volta da Praça Senador José Bento.

Depois das compras o jeito é parar e saborear o pastel para repor as energias.

Categoria: Economia

Dados divulgados este mês pelo IBGE são referentes ao ano de 2017. Extrema, de 34 mil habitantes, é a 8ª cidade do Brasil entre os maiores PIBs per capta.

Nos últimos anos, a cidade mineira mais próxima da capital paulista, tem atraído grandes investimentos industriais. Foto: Divulgação prefeitura

Extrema passou Pouso Alegre e agora tem a maior economia do Sul de Minas. É o que confirma os dados do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios brasileiros divulgados nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O órgão de estatísticas do governo federal divulga os números sempre em dezembro de cada ano, com referência a dois anos atrás, neste caso, a base de cálculo é 2017.

Segundo os dados, Extrema tem o PIB de R$ 7.529.547 bilhões. Em 2016, a soma de todas as riquezas do município estava em R$ 6.179.761. O crescimento de um ano para o outro foi de 21%.

Nos últimos anos, a cidade tem atraído indústrias de segmentos variados. Hoje, além do setor chocolateiro, há indústrias de equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos e farmacêutico.

Pouso Alegre também teve crescimento do PIB com relação à última série divulgada. Porém, o fôlego foi menor. Em 2017, o somatório das riquezas da Terra do Mandu ficou em R$ 7.388.029 bilhões. No ano anterior era de R$ 6.819.788 bilhões e Pouso Alegre figurava como a maior economia regional.

EXTREMA SE DESTACA COM UM DOS MAIORES PIBs PER CAPTA DO BRASIL

Se todas as riquezas produzidas em Extrema fosse dividida entre o número de habitantes do município, que está em 34.344 moradores, a renda de cada pessoa no ano de 2017 teria sido de R$ 219.239,07. Isso dá ao município a 8ª colocava entre os maiores PIBs per capta do Brasil.

Ainda comparando com Pouso Alegre, o PIB per capta dos pouso-alegrenses é ficou em R$ 50.211,91 em 2017.

MUNICÍPIOS MAIS RICOS DO SUL DE MINAS

  • Extrema – R$ 7.529.547 bi (+21,8%)
  • Pouso Alegre – R$ 7.388.029 bi (+8,3%)
  • Poços de Caldas – R$ 6.365.940 bi (+4%)
  • Varginha – R$ 5.442.563 bi (+21,4%)
  • Itajubá – R$ 3.010.826 bi (+13,8%)
Além das indústrias, setor de serviço tem forte contribuição no PIB de Pouso Alegre. Foto: Ascom prefeitura

Categoria: Economia

Horário é facultativo e cada lojista decide se ficará aberto até mais tarde. Nesta semana, lojas poderão ficar abertas até às 20h, na semana que vem vai até às 22h. No shopping o horário se estende até às 23h.

A partir desta segunda-feira (09) o comércio de Pouso Alegre já poderá funcionar em horário especial de Natal, com as lojas ficando abertas até mais tarde. Foi o que definiu a convenção coletiva entre o Sindicomércio, empresários e o sindicato que representa os trabalhadores do comércio.

Nesta semana, de 09 a 13, as lojas do comércio de rua poderão ficar abertas até às 20h. Na semana que vem, do dia 16 ao dia 23, o horário vai até às 22h. Exceto aos domingos (15 e 22) que não tiveram horários estabelecidos. No dia 24, véspera do Natal, o comércio abrirá até às 18h.

NO SHOPPING

A mesma convenção também definiu os horários para o SerraSul Shopping. As lojas continuam abrindo às 10h e fecharão às 23h. Na véspera o horário também será até às 18h.

Em entrevista, o presidente do Sindicomércio, Alexandre Magno, fala esses horários são facultativos para garantir que os empresários possam organizar seu pessoal para não exceder o limite de horas extra que cada trabalhador poderá fazer.

ASSISTA:

Posted by Terra do Mandu on Monday, 9 December 2019