0

Oficial: Cristo de Pouso Alegre será revitalizado pela Cimed

Estátua apresenta muitas rachaduras. Pedaços de concreto já despencaram. Em agosto, durante sobrevoo, João Adibe anunciou intenção de restaurar ponto turístico

Terra do Mandu
10/10/2021

O prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões, e o presidente da Cimed, João Adibe, assinaram a autorização para que a farmacêutica faça a restauração do monumento do Cristo Redentor da cidade. Em vídeo divulgado neste sábado (09), o prefeito e o presidente da empresa estiveram no Cristo para formalizar a parceria. Em agosto, Adibe já havia realizado um sobrevoo no local, onde informou a intenção de revitalizar o ponto turístico.

“A cidade de Pouso Alegre é muito especial para a Cimed. Ela acolhe parte da estrutura de nossa empresa, nossa fábrica, nossa gráfica, o Instituto Cláudia Marques; e os seus moradores são fundamentais em nossa caminhada. Por isso, tenho muito prazer em me envolver em projetos significativos para quem vive lá. Estou muito emocionado em anunciar que o Monumento do Cristo Redentor de Pouso Alegre, criado pelo artista Genésio Moura, e um dos marcos turísticos da cidade, será revitalizado! Um bem cultural de tamanha importância precisa ser preservado. Não vejo a hora de ver o Cristo recuperado e lindo”, escreveu João Adibe em sua rede social.

Rafael Simões disse que é um orgulho ter a Cimed na cidade, empresa que é parceira e exemplo a ser seguido por demais empresários. “Essa união que dá a força que que a gente continue essa máquina, que é nossa cidade”, afirmou.

O projeto de restauração ainda não foi divulgado. A reportagem apurou que além da correção dos danos sofridos na estátua, a revitalização incluirá obras no entorno do monumento.

Estátua deteriorada

O Cristo Redentor de Pouso Alegre completa 21 anos em dezembro. A estátua apresenta grandes rachaduras em várias partes. Pedaços do concreto se desprenderam e foram ao chão. O dedo indicador de uma das mãos e a cabeça são as partes mais danificadas. Com trincas em diversos pontos, a umidade e o ferrugem vão corroendo o monumento.

O topo da cabeça e um dedo da estátua perderam partes do concreto. Foto: Lincoyán Fernando Reyes Olate

Em 2020, um grupo de amigos realizou um trabalho de pintura da base do Cristo e a limpeza do entorno. Porém, o local segue em situação de abandono, assim como sempre foi desde sua inauguração, em dezembro de 2000.

A proposta original, de criar uma estrutura no local para atrair as pessoas, com lanchonete, banheiros, entre outros atrativos, nunca saiu do papel.

Lugar para contemplar a natureza

Com sete quilômetros de trilha sinuosa, a partir do bairro São João, o caminho até o monumento é usado para lazer e práticas esportivas. A imagem do Cristo é cercada por muito verde, com remanescente de Mata Atlântica que segue até o Parque Municipal, fazendo divisa com a área que pertence ao Exército. A vista lá de cima impressiona.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.