0

Extrema testa alunos e professores para mapear incidência da Covid-19

Segundo a secretária de Educação, medida foi adotada de forma preventiva em razão da volta às aulas 100% presenciais.

Gabriella Starneck
29/09/2021

Alunos das escolas municipais, estaduais e particulares de extrema estão sendo testados para a Covid. A medida foi adotada em razão do retorno das aulas 100% presenciais, com o objetivo de identificar possíveis casos da doença.

“Essa ação vem nos respaldar e nos apoiar no enfrentamento da pandemia, uma vez que nós tivemos o retorno 100% presencial dos nossos alunos. Uma forma da gente conferir se os nossos alunos estão livres do vírus é fazer a testagem”, explica a secretária de Educação, Geisa Cristina de Souza Ramos.

Serão testados estudantes de 14 a 17 anos, mediante autorização dos pais. A testagem não é obrigatória, mas os familiares estão sendo orientados a autorizarem a realização do exame, já que mapeando a incidência da Covid-19 é possível isolar os estudantes contaminados.

“As famílias são orientadas da importância da realização do teste. Quanto mais testes a gente fizer dentro da escola e pegar casos positivos, a gente consegue entrar com uma ação preventiva antes que o vírus possa se alastrar dentro da unidade escolar”, afirma Geisa Ramos.

Retorno das aulas 100% presenciais

As escolas municipais de Extrema retornaram às aulas 100% presenciais no dia 13 de setembro. A volta às aulas é obrigatória, exceto para estudantes com comorbidades. Nesse caso, os pais devem ir até a escola e apresentar laudo médico para que o aluno possa permanecer no ensino remoto.

A prefeitura reforça que todas as medidas de prevenção à Covid-19 estão sendo adotadas na volta às aulas. “Desde que nós iniciamos o atendimento presencial no dia 13 de setembro, a gente tem tido um número muito insignificante de casos, tanto dos nossos alunos quanto dos nossos colaboradores”, afirma secretária de Educação.

Além da testagem de alunos, profissionais da educação também estão sendo testados. Segundo Geisa Ramos, equipes da Vigilância Sanitária estão indo até as unidades escolares e, aleatoriamente, realizando testes em colaboradores para identificar possíveis casos da doença.

Vacinação de adolescentes

Extrema inicia a vacinação de adolescentes contra a Covid-19 ainda nesta semana. A imunização desse público será dividida por idade da seguinte forma:

  • quinta-feira (30): adolescentes de 16 e 17 anos;
  • sexta-feira, 1º de outubro: adolescentes de 14 e 15 anos;
  • sábado (02): adolescentes de 12 e 13 anos.

A vacinação irá ocorrer na quadra ao lado da Sala de Vacina Central, na UBS Tenentes II e UBS Ponte Nova, das 08h30 às 11h e das 13h30 às 16h. Os menores de idade devem estar acompanhados dos responsáveis ou portando autorização assinada pelos mesmos.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.