0

Paula Oliver faz live com Xande de Pilares e lança clipe da música Reza Forte

Cantora e compositora pouso-alegrense, de 45 anos, gravou seu primeiro EP no final de 2020. E tem parcerias com Dudu Nobre e Xande de Pilares.

Magson Gomes
25/06/2021

Nesta sexta-feira (25) a cantora e compositora pouso-alegrense, Paula Oliver, recebe Xande de Pilares em uma live para o lançamento do videoclipe da música Reza Forte, composição de Dudu Nobre e o próprio Xande de Pilares. A live será às 23h30, no Instagram da cantora.

A música Reza Forte faz parte do primeiro EP lançado por Paula Oliver, no final do ano passado. O primeiro trabalho da carreira fala do empoderamento feminino, da violência contra a mulher. O ‘disco’ recebeu elogios em diversos artigos da mídia especializada no Brasil, classificando Paulo Oliver como uma bela sambista.

“Eu tive essa ideia de fazer essa live, convidei o Xande para participar porque ele é um dos compositores, junto com o Dudu Nobre, da canção Reza Forte. Achei conveniente fazer a live e o lançamento no mesmo dia, justamente, para convidar a galera que vai participar da live, no meu canal no Instagram, às 21h. E às 22h, tem o lançamento do clipe oficial da música Reza Forte no meu canal no YouTube”.

A música Reza Forte fala do empoderamento feminino, da mulher no comando. A letra fala disso, do homem chegando cheio de caô, cheio de mão, querendo ser o bam-bam-bam; e a mulher pera lá, vamos com calma; quem dita as regras é ela.

Paula despertou para a música ao quebrar o pé, cantando na igreja

Paula Oliver tem 45 anos, é advogada de carreira, concursada na Justiça do Trabalho, e mãe de quatro filhas. A música entrou de vez na vida da advogada em 2016, quando quebrou o pé, cantando na missa do ‘Senhor Bom Jesus’, na Catedral de Pouso Alegre.

“A música sempre esteve em mim. Eu é que não estava na música. Em 2016, quando eu quebrei o meu pé, fui obrigada a ficar 90 dias afastada e foi quando eu comecei a repensar a minha vida, e percebi que o que me fazia, realmente, feliz, a minha missão de alma, era levar recados positivos para as pessoas, e por meio da música. Sempre gostei muito de cantar”.

Foi então que Paula passou a se considerar cantora. “Que antes não me considerava, não tomava posse disso. E aí, as coisas foram surgindo”. Paula Oliver participou de festivais de música brasileira e esteve no programa de música ‘Canta Comigo’, na RecordTV.

Paula Oliver é advogada e decidiu também trabalhar com música a partir de 2016, depois de quebrar o pé na Catedral, quando cantava no coral. Foto: Divulgação

Com a chegada da pandemia, e mais uma vez tendo que ficar em casa, assim como no tempo do pé quebrado, nesse período de introspecção Paula se descobriu compositora. “E eu já tinha contato com alguns compositores no Rio de Janeiro e as coisas foram surgindo. Vi que tinha essa possibilidade de gravar a distância. Gosto muito de desafios e o meu EP foi gravado um pouco em Minas, São Paulo e no Rio de Janeiro; numa união de muitas mãos e corações”.

Nesse processo de produção, gravação, Paula recebeu de um dos compositores o telefone de Dudu Nobre e resolveu ligar. “E com minha cara de pau, porque o não eu já tinha, mandei meu trabalho para ele. Ele gostou muito e depois me ofereceu a música Reza Forte para que eu gravasse”, lembra a sambista.

Paula continua como advogada na Justiça do Trabalho e vai conciliando com a carreira de cantora. Por causa da pandemia, ela inda não pôde fazer o show de lançamento de seu primeiro trabalho. Mas o repertório já está pronto, com arranjos preparados para quando esse momento chegar. “Tem que vir vacina logo para a gente poder trabalhar e poder divulgar mais o trabalho”.

View this post on Instagram

A post shared by Paula Oliver (@paulaoliver_cantora)

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.