0

Pouso Alegre é campeão do Troféu Inconfidência

Decisão foi nos pênaltis, depois de um teimoso 0 a 0 no tempo normal.

Magson Gomes
05/05/2021

Jogadores do Pouso Alegre levantam a taça de campeão do Troféu Inconfidência. Foto: Chiarini Jr/ROMA MKT

Foi com emoção. O Pouso Alegre é campeão do Troféu Inconfidência, em final contra a URT, em Patos de Minas, na noite desta quarta-feira (05). O título veio em cobranças de pênaltis, após empate em 0 a 0 no tempo normal. Essa é a terceira taça consecutiva que o Pousão levanta, após voltar às atividades profissionais em 2018.

O jogo

No primeiro tempo a partida ficou mais amarrada, com poucas chances para os dois times. A equipe da casa tinha dificuldades em criar jogadas, ficando presa na marcação forte do Pouso Alegre. A URT até fez um gol, mas o jogador que finalizou estava em impedimento. O Dragão do Mandu teve dois contra-ataques importantes na primeira metade da partida. Ambos foram desperdiçados.

Segundo tempo

O segundo tempo foi outro jogo. Só deu Pouso Alegre. A equipe do técnico Emerson Ávila ficou a maior parte do tempo com a posse de bola, controlando a partida. Porém, faltava criatividade para criar chances claras de gol. Foram algumas finalizações de média e longa distância, sem perigo para o gol da URT.

Decisão nos pênaltis

Com o empate no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis, como já tinha acontecido nas duas partidas da semifinal do Troféu Inconfidência, quando o Pousão passou pela Caldense e a URT eliminou o Athletic.

O volante Arilson começou batendo para o Pouso Alegre e fez o primeiro gol. Na sequência das primeiras cobranças, o Pouso Alegre acertou as três primeiras. Os jogadores da URT acertaram duas e na terceira cobrança, o capitão do time de Patos de Minas, João Paulo, chutou forte e a bola subiu muito, passando por cima do gol.

O Pousão ficou na frente e dependia só dele para ser campeão. Lucas Rodrigues, lateral-direito que jogou como ponta, com a camisa 11, foi para a bola e marcou o quarto gol para o Dragão do Mandu. Na quarta cobrança pela URT o volante Romário acertou a trave, deixando o placar em 4 a 2, e os jogadores do Pouso Alegre correram para comemorar mais um título.

“Esses meninos estão de parabéns. Mesmo com um elenco enxuto sempre mostramos força na competição e esse título é mais que merecido. Eles precisam ser exaltados. Tenho certeza que a nação pouso-alegrense hoje está muito feliz”, exalta o técnico Emerson Ávila.

A taça de campeão do Troféu Inconfidência foi entregue pelo presidente da Federação Mineira de Futebol, Adriano Aro, ao presidente do Pouso Alegre Paulo da Pinta e os dois capitães do time, Leandro Salino e Mineiro, que estava no banco de reserva e foi capitão dos dois títulos anteriores, Segundona em 2019 e Módulo II em 2020.

Vaga na Copa do Brasil

O título de campeão do Troféu Inconfidência pode dar ao Pouso Alegre uma vaga na milionária Copa do Brasil de 2022. Para isso, o América-MG ou Atlético-MG devem conseguir vaga para a Libertadores do ano que vem. O Pousão já está garantido na Série D do Brasileiro de 2022, com o sexto lugar conquistado na primeira fase do Mineiro.

VEJA COMO FOI A PARTIDA:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.