0

Cemig anuncia investimento de R$ 40 milhões em nova subestação em Pouso Alegre

A nova subestação será construída às margens da Avenida Dique 2, com previsão de conclusão em 18 meses.

Magson Gomes
15/04/2021

A Cemig anunciou um investimento de R$ 40 milhões na construção de uma nova subestação de energia em Pouso Alegre, a terceira do município. A central com capacidade de 50 MVA será instalada às margens da Avenida Dique 2, onde o terreno já foi adquirido. A previsão é que a obra seja concluída em uma ano e meio.

A empresa também informou que outros investimentos para melhorias no sistema elétrico de Pouso Alegre estão sendo realizados ao longo de 2021. São R$ 8,6 milhões em novas obras de expansão e em manutenção preventiva. Os serviços contemplam inspeções de rede na área urbana e rural, poda de árvores, limpeza de faixa, substituição de postes, cabos, instalação de transformadores e outros equipamentos. As melhorias previstas vão contemplar diversos bairros da área urbana, como o Vergani, Buritis, Jardim Floresta, JK, Limeira, Sagrada Família, São João, Residencial Dona Nina e outros, além da área rural do município.

O agente de relacionamento institucional da Cemig, Alexandre Almeida, conversou com a nossa reportagem e explicou os investimentos irão suprir a demanda de desenvolvimento do município, além de proporcionar mais flexibilidade operativa do sistema, permitindo uma divisão melhor dos circuitos o que agiliza os atendimentos, em caso de falta de energia, diminuindo o tempo e a quantidade de clientes interrompidos.

VEJA NO VÍDEO:

Subestão em Silvianópolis

A Cemig também informou que está construindo uma subestação de energia em Silvanópolis, orçada em R$ 17 milhões. Atualmente, Silvianópolis e as cidades vizinhas de Turvolândia são atendidas pela subestação de Pouso Alegre. Esses locais passarão a ser atendidos pela subestação de Silvianópolis, como explica Alexandre Almeida no vídeo acima.

Prefeito de Pouso Alegre cobrou melhorias

Nesse ano, o prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões (DEM), esteve na sede da Cemig em Belo Horizonte e na cidade administrativa com o governador Romeu Zema. Nas duas oportunidades, o prefeito reivindicou mais investimentos para atender a demanda da cidade. Simões citou problemas de constantes desligamentos em bairros como Cidade Vergani e Jardim Floresta, além da necessidade de energia de qualidade no distrito industrial.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.