0

Garoto de Pouso Alegre passa na Escola do Teatro Bolshoi; vídeo

José Saulo, o 'Menino Bailarino' tem 10 anos. Para seguir no sonho, a mãe organiza organizou uma rifa e 'vakinha' para conseguir pagar os gastos iniciais.

Magson Gomes
02/04/2021

Numa casa simples e ainda em construção no bairro São Geraldo, em Pouso Alegre, o garoto José Saulo, de 10 anos, estende um edredon no piso ainda em concreto para iniciar mais uma aula online de ballet. Assim tem sido durante esse período de pandemia, com aulas à distância. Mas, esse cenário está prestes a mudar.

O ‘Menino Bailarino’, como é identificado pela própria mãe, acaba de ser aprovado para a Escola do Teatro Bolshoi, de Joinville, Santa Catarina. O menino deu os primeiros passos no ballet na escola Grand Pas, em Pouso Alegre. No ano passado, foi estudar no Teatro Municipal de São Paulo. Porém, com a pandemia, a maior parte das aulas foi mesmo à distância.

Agora em 2021, o garoto de Pouso Alegre dá um passo importante para realizar o sonho dele, que também é de centenas de milhares de crianças. O teste que aprovou Jose Saulo foi realizado na segunda quinzena de julho, como mostra a lista dos aprovados da própria escola.

Ainda em abril, José Saulo deverá se mudar para Joinville para iniciar os estudos na Escola do Teatro Bolshoi. Aí que vem a necessidade do apoio da comunidade. A mãe do menino, Simone Cristina, tinha planejado fazer doces e vender nas ruas e comércio de Pouso Alegre para conseguir o dinheiro necessário para os gastos com a mudança e os primeiros meses de aluguel na nova cidade, até conseguir um emprego por lá. Mas, em meio a uma pandemia, o plano não teve como ser executado.

A alternativa encontrada é pedir a colaboração das pessoas. Simone organizou uma rifa e uma ‘vakinha’ online para levantar cerca de R$ 10 mil para essas despesas iniciais e não deixar o sonho do filho se perder pelo caminho. Quem puder ajudar, é só clicar neste link da vakinha e colaborar.

Assista à reportagem em vídeo:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.