0

Posto de saúde do bairro Colinas de Santa Bárbara é invadido pela terceira vez

Gabriella Starneck
11/01/2021

Crime aconteceu durante o fim de semana, mas os funcionários só descobriram nesta segunda-feira (11) quando chegaram para trabalhar.

O Posto de Saúde do bairro Colinas de Santa Bárbara, em Pouso Alegre, foi alvo de um furto durante o final de semana. O crime só foi descoberto na manhã desta segunda-feira (11) após funcionários chegaram para trabalhar.

“Quando entramos na unidade de saúde observamos que portas do fundo foram arrombadas, e ao entrar em um dos consultórios, que é o consultório onde são atendidos os pacientes ostomizados – onde são feitas as trocas de sondas -,tinha um ato de vandalismo terrível. Colocaram fogo na porta para tentar abrir, entraram pela janela, quebrando todo vidro”, conta a enfermeira coordenadora da Unidade Básica de Saúde (UBS) Ana Cristina da Silva.

Dentre os itens roubados estão um monitor, um doppller vascular portátil, uma TV entre outros materiais utilizados para o atendimento à comunidade. Os bandidos também tentaram levar uma CPU, um microondas e um fogão. Além disso, queimaram vários documentos, como a ordem de compra de materiais.

 

A enfermeira da UBS acredita que o crime foi cometido por mais de uma pessoa: “Pra conseguir levar a TV, o monitor e mais algumas coisas que levaram com certeza alguém estaria ajudando, ele não conseguiria levar sozinho”.

A Polícia Militar foi acionada e já está fazendo o levantamento da informações para realizar a prisão dos autores. Ana Cristina contou ao Terra do Mandu que, segundo a polícia, já existe um suspeito e uma pista de onde os itens roubados possam estar.

Vale lembrar que essa é a terceira que a Unidade Básica de Saúde foi invadida. “Exatamente em janeiro de 2020 eles entraram nessa sala, só que levaram menos equipamentos. Dessa vez o prejuízo foi maior, além do prejuízo patrimonial, como a porta, janelas e outras coisas que teremos gastos. E os gastos são públicos”, afirma a enfermeira.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.