0

Cofrinho generoso: verdureiro paga impostos com moedas guardadas ao longo de 2020

José Eymard
05/01/2021

Começar o ano com dinheiro no bolso para pagar as contas é o desejo de todo consumidor. Melhor ainda se a verba para o pagamento não sair do salário do último mês ou do décimo terceiro. Mas isso é possível? Para o José Carlos Ferreira é uma realidade graças as economias de moedas. Isso mesmo, o verdureiro de Ipuiuna, no Sul de Minas Gerais, guarda moedas o ano todo para em janeiro do ano seguinte pagar as contas.
O cofrinho foi feito de duas maneiras: as moedas foram guardadas no tradicional porquinho e em um cano de PVC de um metro. No dia primeiro de janeiro, Zé Carlos abriu os cofres e sabe quanto ele lucrou? Após a contagem da moeda, ao lado dos familiares, a soma foi de R$ 3.328,00.

O lucro desse ano foi maior do que o de janeiro de 2020. Ano passado a soma das moedas resultou em 2.400 reais. Como o dinheiro arrecado em 2021, Zé Carlos pagou os impostos dos carros e ainda teve sobre para pagar outras contas.
Será que a atitude do Zé Carlos vai servir de inspiração?

Confira no vídeo o momento em que José Carlos quebrou os cofrinhos.

View this post on Instagram

A post shared by Terra do Mandu (@terradomandu)

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.