0

Obras da primeira etapa do CT do Pouso Alegre estão na reta final

Magson Gomes
23/06/2020

São construídos quatro campos, sendo dois em tamanho oficial e dois menores. Vestiários, bancos de reservas e fechamento com alambrado fazem parte dessa etapa. Investimento é de cerca de R$ 1 milhão. Foto: Guará Comunicação/PAFC

A primeira etapa de construção do Centro de Treinamento do Pouso Alegre Futebol Clube entra na reta final. De acordo com o presidente Paulo da Pinta, em mais três meses deve ser finalizada a primeira etapa do CT do Pousão.

Fotos divulgadas pelo clube mostram que os campos já estão com os serviços de instalação dos sistemas de drenagem e irrigação bem adiantados. Nos próximos dias deverá começar a colocação dos gramados.

A primeira etapa compreende a construção de quatro campos. São dois em tamanho oficial que servirá para os treinamentos das equipes profissional e de base. E mais dois campos menores para os treinamentos em campo reduzido. Ainda serão construídos os bancos de reservas, vestiários e fechamento do entorno com alambrado.

“O CT vai servir também como local para a disputa das competições oficiais de base, desde o sub-20 ao sub-15. E a Federação Mineira de Futebol exige que tenha um campo em medidas oficiais, vestiários e bancos de reserva, além de estar fechado com alambrado”, explica o presidente Paulo da Pinta.

Ainda segundo o presidente, o Pouso Alegre está investindo cerca de R$ 1 milhão nessa primeira etapa do CT.

A segunda etapa do projeto será iniciada quando o clube levantar mais recursos para as obras. O CT vai abrigar a sede administrativa, alojamentos, refeitório, academia e salas médicas.

Primeira etapa do CT do PAFC deve ser concluída em três meses. Foto: Guará Comunicação/PAFC

O CT do Pouso Alegre fica às margens da BR-459, numa área de 41 mil m². Essa área foi entregue pelo município como parte do pagamento da desapropriação do Campo da Lema, que pertencia ao PAFC e a prefeitura adquiriu para construção de uma UPA 24 Horas.

A negociação do Campo da Lema com a prefeitura de Pouso Alegre, concretizada na no início de 2018, foi uma das principais garantias para o clube conseguir quitar suas dívidas e criar estrutura para formar a equipe profissional. Pouco mais de 8 mil m² do imóvel da Comendador José Garcia foi repassado à prefeitura por R$ 14,9 milhões. No acerto, o Pouso Alegre FC recebe R$ 8 milhões em parcelas, o terreno de 41 mil m² às margens da BR-459 avaliado em R$ 6 milhões, e mais R$ 900 mil foi abatido em dívidas fiscais com o município.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.