0

Prefeitura lança edital de licitação para construção da Via Faisqueira

Magson Gomes
02/06/2020

A Obra está orçada em R$ 29 milhões. O prefeito Rafael Simões explica que houve um atraso de cerca de seis meses para essa etapa devido a denúncias em órgãos ambientais. Licitação será em julho. Após ordem de serviço, empresa vencedora terá dois anos para concluir a obra de novo acesso a região nordeste de Pouso Alegre. Veja a reportagem em vídeo abaixo:

A prefeitura de Pouso Alegre lançou o edital da licitação para a obra da Via Faisqueira. A nova avenida de 2,5 km de extensão vai ligar a BR-459 aos bairros da região nordeste da cidade, com mais de 20 mil moradores. O valor da licitação é de R$ 29 milhões, sendo R$ 11 milhões de recursos da prefeitura e R$ 18 milhões de financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

“Acredito que seja uma das obras mais importantes de nossa gestão. Desde que chegamos na prefeitura estamos mecanismos para executar essa obra que é esperada por aquela população de mais de 30 anos. Nós fomos contemplados pelo governo federal com a possibilidade de fazer um empréstimo junto à Caixa para a execução dessa tão esperada obra”, diz o prefeito Rafael Simões.

O edital  foi publicado quase um ano após a assinatura do contrato entre a prefeitura e a Caixa para a liberação dos recursos da Via Faisqueira. De lá para cá, foram feitos os estudos para o projeto de execução da obra. Porém, houve um atraso de cerca de seis meses para o lançamento do edital.

“Nós tivemos um retardo de, pelo menos, seis meses desse momento em decorrência de denúncias que foram feitos junto ao Ibama, Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual dizendo que nós não teríamos as licenças [ambientais]. Então, em cada uma dessas denúncias nós tivemos que nos defender, apresentar a devidas licenças, esperar que esses órgãos de pronunciassem. Fechamos todo esse processo e hoje temos a grata satisfação de anunciar a licitação para saber qual empresa vai executar essa obra”, afirma Simões.

Prefeito Rafael Simões e secretários durante anúncio da licitação. Foto: Terra do Mandu

A abertura dos envelopes das empresas concorrentes está marcada para o dia 7 de julho. Os serviços deverão iniciar ainda no segundo semestre, após o período de recursos entre as empresas concorrentes. O prazo para a conclusão das obras será de dois anos.

“Estamos falando de uma intervenção numa área que não tem um terreno bom. Então, é uma obra um pouco demorada. Mas será executada de uma forma que possa ser utilizada. Para que não tenhamos os problemas que temos na Dique I e Dique II que quando passa caminhão começa abrir buracos. O projeto foi muito bem elaborado visando não ter problemas no futuro”.

Características da Avenida Faisqueira

A via terá quase 2,5 km de extensão, com 32 metros de largura. Todo trajeto terá ciclovia, acostamento, passeio, canteiro central e contará iluminação pública e plantio de árvores, na chamada faixa verde.

Foto – divulgação prefeitura

Único acesso pela Rua Antônio Scodeler

Os moradores da região do Faisqueira têm hoje um único acesso. Nos horários de pico é um sufoco andar pela Rua Antônio Scodeler.

Em fevereiro, o prefeito esteve no bairro para anunciar que a via será revitalizada. De acordo com Rafael Simões, o processo está na fase final de assinatura de convênio com o governo do estado.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.