0

Prefeitura irá repassar R$ 750 mil de subsídio à Expresso Planalto por perda de passageiros no período de quarentena

Terra do Mandu
25/03/2020

De acordo com projeto aprovado na Câmara, a ajuda de custos é para evitar demissões e aumento no valor da passagem do transporte público. A empresa também anunciou que está rodando com número de linhas reduzido no período de quarentena.

Empresa diz que redução no número de passageiros chega a 80%. Foto: Ascom prefeitura

A prefeitura de Pouso Alegre irá repassar um subsídio de R$ 750 mil para a empresa concessionária do transporte público da cidade. De acordo com o projeto enviado à Câmara pelo prefeito Rafael Simões (DEM) e aprovado pelo vereadores na sessão ordinária desta terça-feira (24), a ajuda financeira será concedida para evitar um aumento no valor da tarifa por conta da redução do número de passageiros após o início da quarentena da população por causa da pandemia do novo coronavírus.

Ainda segundo o projeto, o repasse será feito em três parcelas de R$ 250 mil, o que “garantirá que não ocorram demissões por parte da empresa e muito menos corte ou interrupção no transporte público no município”.

“O transporte coletivo é custeado pelos usuários do serviço, por meio da tarifa que tem seu valor fixado considerando os custos e a projeção de quantidade de passageiros transportados. Dos passageiros transportados, uma parte deles não pagam a tarifa e outros um valor reduzido. Qualquer alteração tanto nas despesas como na receita a ser auferida, pode desequilibrar o custeio e consequentemente interferirá no valor da tarifa”, informa o texto do projeto aprovado.

“Para que essa defasagem não seja repassada à população por meio do aumento da tarifa, o município por meio de subsídio pode refazer o equilíbrio e não majorar a tarifa do transporte coletivo municipal”, finaliza a justificativa do projeto.

Segundo o diretor da Expresso Planalto, a redução do número de passageiros nesse período de quarentena da população foi de 80%.

O projeto foi aprovado por oito votos a favor e três contra. Vereadores da oposição criticaram o repasse do subsídio à Expresso Planalto.

EMPRESA REDUZ LINHAS

No período de quarentena da população, a empresa Expresso Planalto reduziu o número de linhas circulando na cidade. De segunda a sexta, os horários são equivalentes aos sábados; já aos sábados, os horários são equivalentes aos domingos. Aos domingos, feriados e horários noturnos com redução de horário de acordo com a demanda das linhas, preservando o atendimento social (horários em todos os bairros).

“A empresa manterá carros reservas e motoristas de plantão, em condições de emprego, sempre que o número de passageiros evidencie a necessidade de colação de mais ônibus para atender o transporte com a devida segurança”, informou a empresa.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.