0

Em operação conjunta, PRF, MP e Receita fiscalizam mais de 50 carretas de combustíveis na Fernão Dias, em Pouso Alegre

Terra do Mandu
30/01/2020

Na semana passada, uma carreta com 45 mil litros de etanol foi apreendida durante fiscalização em PA por suspeita de fraude fiscal.

Operação visou veículos com transporte de combustíveis. Foto: MPE

Nesta quinta-feira (30), o Ministério Público Estadual, a Polícia Rodoviária Federal e a Receita Estadual realizaram uma operação conjunta na rodovia Fernão Dias. O ponto de fiscalização foi montado no km 871 da rodovia, onde fica o Posto da PRF. Os agentes e fiscais abordaram e vistoriaram de 54 carretas/bitrem carregados com combustível.

A ação foi direcionada ao combate aos crimes contra a ordem econômica, tributária e as relações de consumo; evasão fiscal e defraudação tributária; falsidade ideológica e lavagem de capital.

Durante a operação, foram vistoriadas notas fiscais e documentos relativos ao transporte de produtos perigosos. A ação visa coibir o transporte ilegal e criminoso que passa pelo Sul de Minas, em percurso na região de Pouso Alegre, ao longo da Fernão Dias, de produtos derivados de petróleo e etanol anidro, com origem na região de São Paulo e com destino ao Rio de Janeiro, com notas fiscais sem lastro ou falsificadas.

Carretas bitrem forma abordadas no posto da PRF, em Pouso Alegre. Foto: MPE

Na semana passada, a PRF abordou um bitrem, com placas de Duque de Caxias/RJ, carregado com 45 mil litros de etanol. Através dos documentos apresentados pelo motorista ficou constatado que o veículo realizava itinerário incompatível com a nota.

A carga foi apreendida e o motorista foi conduzido à delegacia por suspeita de crime fiscal de inserção de informações falsas ou fraudar documento fiscal, e suspeita de reutilização da nota fiscal, pois a mesma foi emitida em 07/01/2020, sendo que a abordagem foi no dia 18/01/2020.

O motorista foi ouvido e liberado em seguida. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar os crimes contra ordem tributária e as relações de consumo, e formação de quadrilha, devido à complexidade da operação.

O veículo com a carga de álcool hidratado no valor de R$ 162 mil ficou aprendido à disposição das autoridades competentes.

Carga apreendida na semana passada durante fiscalização. Foto: PRF

Durante a operação desta quinta, não foi encontrada nenhuma irregularidade nas 54 carretas de combustível abordadas que merecessem a apreensão das cargas ou condução dos motoristas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

TV Terra do Mandu