0

Depois de estar à beira da morte, fã vai viajar mais de 1000 km atrás do sonho de conhecer Sandy e Junior

Magson Gomes
29/08/2019

Karina tem duas doenças sem cura. Numa das crises, ela foi informada pelo médico que tinha poucas chances de sobreviver a uma cirurgia para estancar uma forte hemorragia. “Despedi da minha mãe e o pensamento que veio na minha cabeça foi ‘não acredito que não vou conhecer Sandy e Júnior’, lembra. Karina mora no Sul de Minas e conseguiu comprar ingresso apenas para o show de Porto Alegre, no dia 21 de setembro.

Karina diz que se agarra no sonho para se sentir viva. Foto: reprodução

A mineira Karina de Souza, de 31 anos, tem duas doenças raras e sem cura. Karina luta pela vida e luta pela realização de um sonho de criança, que é conhecer a dupla Sandy e Junior. A fã mora em Pouso Alegre, Sul de Minas, e irá viajar até Porto Alegre, capital gaúcha, para o show da dupla. Karina vai com o desejo de conhecer os ídolos e faz campanha na internet para conseguir chegar perto de Sandy e Junior.

Karina está no último ano do curso de psicologia. Há sete anos ela foi diagnosticada com Lúpus, uma doença inflamatória autoimune, que pode afetar múltiplos órgãos e tecidos, como pele, articulações, rins e cérebro. O Lúpus tem tratamento, mas não tem cura. Em decorrência do Lúpus, Karina desenvolveu uma segunda doença também autoimune, a Miastenia gravis, que atinge todos os músculos do corpo.

“Essas doenças me debilitam a todo instante, cansaço constante, dificuldade para respirar, muitas vezes até falar. Por isso, é uma aventura que pode ser de certa forma perigosa. Mas é uma aventura que eu jamais esquecerei (inesquecível em mim) ainda mais porque vou sozinha! Sim! Eu vou sozinha, e minhas médicas e minha mãe estão de cabelos em pé por conta desse show. Mas ao mesmo tempo estão me apoiando, pois muitas vezes me viram quase partir, me viram muitas vezes chorar por não querer morrer e querer realizar meu sonho”, disse no post feito em seu perfil.

Karina fez um post no seu perfil com fotos no hospital, com as amigas e com a médica e uma imagem do palco da turnê ‘Nossa História”. Foto: reprodução

Por conta dessas doenças, a universitária já teve crises de ficar dias internada na UTI, entubada e em coma induzido. O momento mais grave foi em 2013. Logo depois de descobrir o Lúpus, Karina foi internada com uma crise hemorrágica. Como perdeu muito sangue, foi encaminhada para a UTI para passar por cirurgia. O médico pediu para ela se despedir da família porque havia a possibilidade de não sobreviver ao procedimento.

“Comecei a chorar em prantos porque, na minha cabeça, eu iria morrer. Despedi da minha mãe e o pensamento que veio na minha cabeça foi: não acredito que não vou conhecer Sandy e Júnior”, recorda.

Karina sobreviveu, mas as crises e internações ainda são constantes. Em junho desse ano, ela voltou para a UTI após crise de Miastenia. Ficou entubada e chegou a ficar dois dias em coma induzido. Durante a internação, Karina passava por coleta de sangue várias vezes durante o dia, com intervalo de uma hora. Para fugir das dores e sofrimento, o refúgio era pensar em Sandy e Junior.

“Uma enfermeira até perguntou ‘porque toda vez que a gente vai coletar sangue você fecha os olhos? ’ Falei que é muito dolorido aí eu fico imaginando que estou conversando com Sandy e Junior. Quando ver, já fiz o exame e passou a dor”, explica.

Virou fã ao ganhar, da mãe, uma fita cassete do ‘Aniversário Tatu’

A maioria dos adolescentes de hoje não conhecem uma fita cassete. Mas foi uma fita do primeiro álbum da dupla Sandy e Junior que fez Karina se tornar fã daquelas duas crianças cantoras. Ela recorda que era o álbum ‘Aniversário do Tatu’. O presente foi dado pela mãe de Karina. Ela tinha a fita guardada até esses dias, quando, durante mudança de casa, perdeu a caixa onde guardava essa e outras lembranças da dupla. “Todas as minhas apresentações na escola eram músicas de Sandy e Junior”.

A universitária foi a três shows da dupla, todos em Pouso Alegre, em nenhum deles conseguiu chegar perto para um abraço ou uma foto.

Fita do primeiro álbum de Sandy e Junior. Foto: reprodução internet

Show em Porto Alegre

Quando Sandy e Junior anunciaram o retorno da dupla para a turnê ‘Nossa História’, Karina se empolgou com a possibilidade de ir em um novo show e conhecer seus ídolos.

No dia da venda de ingressos pela internet ela ficou em frente ao computador das 09h às 21h. o número na fila online que ela conseguiu foi o 180 mil. Aí, só conseguiu ingresso para a apresentação no Sul do Brasil, que será no próximo dia 21 de setembro. “Até pensei em tentar comprar na bilheteria de São Paulo. Mas o corpo não aguentaria. Aí fiquei com Porto Alegre mesmo”.

Por enquanto, Karina vai viajar sozinha. Os custos da viagem impedem que outra pessoa da família vá junto. Uma das médicas dela até analisa a possibilidade de conseguir acompanhar a paciente em Porto Alegre.

Desejo de realizar o sonho de criança

Por conta da repercussão da busca pelo sonho, com muita gente compartilhando o post do desejo de conhecer Sandy e Junior, Karina ficou emocionada e teve nova crise da Miastenia e foi para o hospital. Já foi medica e voltou para casa. Ela está de repouso e atestado, se preparando emocionalmente para conseguir realizar seu sonho de infância.

“Eu acho que por tudo que passei, diagnóstico de morte, despede da família, ficar entubada e em coma, essas fases muito difíceis. Eu pensei muito nos meus sonhos. Essas doenças me deram uma força maior para lutar por meus sonhos. Acho que é uma forma de ter garra para a vida. Lutar pelo sonho reforça a gente estar vivo o tempo todo; e o que eu preciso é sentir estar viva. E meu sonho maior, desde criança, é Sandy e Junior”, diz Karina.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.