0

HCSL espera economizar até R$ 20 mil em energia com novo equipamento doado pela Cemig

Magson Gomes
07/04/2019

Nova autoclave, usada para esterilizar material cirúrgico, custou R$ 224 mil e é 70% mais econômica no consumo de energia.

Autoclave utilizada atualmente pesa na conta de energia do final do mês. Foto: Terra do Mandu

Com uma conta de energia elétrica que beira os R$ 150 mil por mês, o Hospital das Clínicas Samuel Libânio recebeu uma nova máquina para esterilizar os materiais cirúrgicos. A autoclave doada pela Cemig, será instalada nos próximos dias. Segundo a Cemig, o equipamento custou R$ 224 mil, e é um investimento feito através do programa de eficiência energética.

De acordo com o agente de relacionamento da empresa, Alexandre Ribeiro de Almeida, o programa irá destinar R$ 40 milhões em equipamentos e melhorias para 73 hospitais do estado.

“Estão previstas a substituição de autoclaves para equipamentos mais modernos, mais inteligentes, que consomem muito menos energia, e menos água, porque a esterilização é feita em menor tempo. Então, gera uma economia de até 70% em relação às autoclaves antigas”, afirma o representante da Cemig que ainda diz que estão previstas a substituição da iluminação do hospital para lâmpadas de LED e a troca das secadoras de lençóis e demais tecidos do HCSL.

O presidente da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS), instituição mantenedora do hospital, José Walter da Mota Matos, comemora a doação do equipamento e diz que, após a instalação dos equipamentos, o HCSL irá reduzir a conta de energia de até R$ 20 mil por mês.

“Nesse momento de grave crise financeira, onde nós temos repasses de recursos [do governo do estado] em atraso, toda economia, toda redução de custos é bem-vinda”, afirma o presidente da FUVS.

veja no vídeo:

Compartilhamentos: Reações:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.