0

Idosos de asilo têm festa antecipada de Natal em Pouso Alegre

Magson Gomes
10/12/2018

Dia especial teve almoço com farofa, maionese e leitoa assada, além de sobremesa com pudins. Depois ainda teve a entrega dos presentes, muitos presentes doados por voluntários. Idosos ficaram eufóricos, diz direção do asilo.

Os 44 idosos que vivem no asilo Nossa Senhora Auxiliadora, em Pouso Alegre, Sul de Minas, estão eufóricos e não se esquecem do domingo (09/12) especial que tiveram. Ontem, foi dia do Natal Solidário, onde voluntários levaram muito carinho, presentes e prepararam um almoço farto, com direito à leitoa assada. Segundo a direção do asilo, esse é o dia mais aguardado pelos bons velhinhos.

O projeto que doa presentes pedidos pelos idosos é uma iniciativa local da cabeleireira Reila Inácio, que convidou a amiga e fotógrafa Amanda Lima para irem ao asilo nos meses que antecedem ao Natal, fotografar casa interno com uma placa onde está escrito o que gostaria de ganhar de presente. A campanha é publicada na internet e outras centenas de voluntários se juntam a Reila e Amanda e fazem a festa acontecer, para a alegria de todos.

Em 2018, o Natal Solidário no asilo completa três anos. Este ano foram arrecadados cerca de 250 presentes. Teve gente de toda região contribuindo, até do estado de São Paulo. Assim, cada idoso ganhou mais do que pediu. “Deu para distribuir, em média, cinco presentes para cada pessoa. Nós fizemos os kits e entregamos, com a ajuda de um Papai Noel”, conta Reila.

Nos kits foram colocados o presente pedido no quadro postado na internet e outras coisas. Aí teve idoso que ganhou camisa, calça polo, camisa social, meias e desodorantes. As mulheres ficaram com vestidos, conjuntos, cremes, perfumes e sapatos.

O pedido do sr Lázaro foi sapato preto e macio. Mas ganhou roupas também (Foto: Amanda Lima)

O almoço especial

Mas antes da entrega dos presentes, os voluntários preparam um almoço antecipado de Natal para os idosos. Com alimentos doados, a mesa ficou repleta de comida deliciosa. Teve maionese, farofa e, generosos 25 quilos de leitoa já assada. Ainda teve a sobremesa com pudins e uva.

Mais tarde ainda teve um café com refrigerantes, sucos, bolachas, bolos e panetones.

Na hora da entrega dos presentes, 20 pessoas voluntárias ajudaram. E teve ainda a apresentação do Coral Badauá.

“É muito gratificante ver a alegria de cada um deles. Eles ficam numa ansiedade ao ver a gente chegando porque já sabem o que vai acontecer, vão receber os presentes pedidos”, conta a fotógrafa e voluntária Amanda Lima.

Dona Damiana pediu hidratantes e desodorantes e ganhou também muito carinho (Foto: Amanda Lima)

“Foi um dia de muita emoção, de extrema alegria e não tive como conter as lágrimas de emoção. Ver o sorriso deles com esse gesto tão pequeno encheu o meu coração de amor e muito mais vontade de poder sempre ajudá-los, sem esperar absolutamente nada em troca, aliás a única coisa que espero e vê-los cada vez mais felizes”, Reila se emociona de novo ao falar do dia. “E ressaltamos que tudo isso só foi possível com os nossos diversos doadores, amigos e voluntários. Eu e a Amanda somos somente as intermediárias, o mérito do sucesso é de todos, sem exceção”, enfatiza ela.

Um dia depois da visita dos voluntários, os idosos continuam eufóricos. A secretária do asilo, Marli Alcântara, disse que nesta segunda-feira, dia de visita dos parentes, os internos não param de mostrar e falar dos presentes e do almoço de ontem. “Principalmente da leitoa. Eles falam para todo mundo que chega. Estão realmente eufóricos, parecendo crianças de tanta felicidade”.

Voluntários e o coral que se apresentou no domingo especial no asilo (Foto: Amanda Lima)

[metaslider id=”4967″]

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.