Categoria: Região

Carros bateram de frente na MG-173. Foto: redes sociais

Duas pessoas ficaram feridas após uma batida entre dois carros, na rodovia MG-173, entre Conceição dos Ouros e Cachoeira de Minas, na noite deste domingo (25).

De acordo com o Samu, que atendeu a ocorrência, o acidente foi na saída de Conceição dos Ouros, a três quilômetros da cidade, próximo ao clube de campo da cidade. O impacto frontal deixou os carros bastante danificados.

Ainda segundo o Samu, um dos feridos, de 56 anos, foi encaminhado ao hospital de Paraisópolis. A outra pessoa foi socorrida pela ambulância da prefeitura.

O Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre e a Polícia Militar Rodoviária também estiveram no local da ocorrência.

Acidente foi entre Ouros e Cachoeira de Minas. Foto: redes sociais

Categoria: Região

O secretário de Turismo da cidade e um amigo mostram o gelo que se formou nas bexigas. Atrás, o branco da geada. Foto: Mateus Ribeiro

A estação meteorológica instalada no bairro do Charco, zona rural de Delfim Moreira, Sul de Minas, registrou -10°C na manhã desta sexta-feira (23). Ontem, o equipamento já havia marcado -9.1°C. A estação é particular, instalada por um estudante de geografia da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), que procurava o que seria o ponto mais frio da Serra da Mantiqueira, numa altitude de 1.712 metros.

Nesta sexta, quando o pessoal da prefeitura e moradores do bairro acordaram bem cedinho para ver o que os esperavam, encontraram muito, mas muito gelo pelo caminho. A paisagem estava branca, coberta pela forte geada. Pequenos lagos e a água de bebedouro dos animais estavam com uma grossa camada de gelo. A água que escapava de um canal também formou gotas congeladas no capim.

Sabendo que viria mais uma madrugada gelada, o secretário de Turismo, Esporte e Lazer da cidade mineira, Mateus Ribeiro, colocou encheu bexigas com água e foi conferir o resultado nesta manhã. Tudo congelado. Mais parecia um ovo de gelo (foto acima).

Estação está numa altitude de 1.712 metros. Foto: Mateus Ribeiro
Gotas que saíam de canal congelam na vegetação. Foto: Mateus Ribeiro
-10°C – Bairro do Charco em Delfim Moreira MG – Foto – reprodução prefeitura
-10°C – Bairro do Charco em Delfim Moreira MG – Foto: Mateus Ribeiro

Menor temperatura do Brasil

Nas medições oficiais da rede do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), que não tem estação em Delfim Moreira, a menor temperatura desta sexta no Brasil foi a registrada no distrito de Monte Verde, em Camanducaia, também no Sul de Minas. Por lá, a mínima foi de -2.4°C. Já em Maria da Fé o registro foi de 1.4°C.

De acordo com a meteorologista do INMET, Anete Fernandes, é realmente possível que a temperatura no bairro do Charco, em Delfim Moreira, tenha sido essa mesmo, considerando a altitude em que está localizada. Mas isso não representa a temperatura na cidade.

As estações da rede do INMET seguem critérios internacionais, já que os dados são compartilhados com outros países. Entre esses critérios está o de sensores terem o mesmo fabricante.

Vem nova massa de ar frio

A atual onda de frio extremo nem foi embora e a notícia é que outra já está vindo aí. Nos próximos dias as temperaturas terão uma ligeira elevação, mas o fim de semana é de mínimas capaz de continuar com as geadas em áreas do Sul de Minas, informa Anete.

Já no meio da próxima semana, a temperatura máxima volta a cair, seguida da diminuição também da mínima. “Ainda não é possível afirmar como será essa nova onda de frio. É preciso esperar a evolução da massa de ar pelo continente. Mas a tendência é que seja um episódio ainda mais forte do que o atual”, alerta a meteorologista.

 

No bairro Reserva em Maria da Fé o frio foi de -4.4°C em estação particular. Foto: William Siqueira
No bairro Reserva em Maria da Fé o frio foi de -4.4°C, em estação particular. Foto: William Siqueira

 

Categoria: Região

Mais de 70 pessoas foram resgatadas em situação análoga à escravidão em fazendas de café no Sul de Minas. Neste mês de julho, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) realizou operações conjuntas com o objetivo de erradicar o trabalho escravo em lavouras da região.

As ações contaram com a participação do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Federal (MPF), Defensoria Pública da União (DPU) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). As fiscalizações ocorreram em fazendas de Boa Esperança, Ilicínea, Cabo Verde, Poço Fundo e Campestre.

Durante as operação nas cidades de Boa Esperança e Ilicínea, foram resgatados mais de 60 trabalhadores, que tiveram os direitos trabalhistas e a dignidade da pessoa humana preservados. Já nas fazendas de Cabo Verde, Poço Fundo e Campestre, a ação conjunta resultou no resgate de 12 trabalhadores que estavam em situação análoga à escravidão. Outras 44 pessoas também trabalhavam sem direitos trabalhistas.

De acordo com a PRF, além da inexistência de direitos trabalhistas básicos, como registro imediato do trabalhador e quitação mensal do salário, alguns lavradores eram submetidos à moradias em sistema de alojamento em situações precárias e jornadas de trabalho exaustivas.

Veja a entrevista com o Chefe do Setor de Inspeção do Trabalho da Gerência Regional do Trabalho em Poços de Caldas, Alexandre Scarpelli.

Categoria: Região

Após receber novas doses de vacinas contra a Covid-19, a prefeitura de Extrema informou que pessoas de 40 a 47 anos serão vacinadas ainda nessa semana. A imunização desse público será dividida por faixa etária, e acontece entre quarta-feira (21) e sábado (24). Já no domingo (25) será o dia da repescagem.

  • Quarta-feira (21): pessoas com 47 e 46 anos
  • Quinta-feira (22): pessoas com 45 e 44 anos
  • Sexta-feira (23): pessoas com 43 e 42 anos
  • Sábado (24): pessoas com 41 e 40 anos
  • Domingo (25): repescagem

Para facilitar o acesso à vacinação, a Secretaria de Saúde ampliou os pontos de atendimento. Além da aplicação na quadra ao lado da Sala de Vacina Central, os moradores também poderão receber a vacina, de segunda a sexta-feira, na UBS Ponte Nova, UBS Tenentes II e Associação de Bairro Vila Esperança. O horário de atendimento é das 7h às 11h30 e das 13h30 às 19h. Já no final de semana, a vacinação acontece apenas na quadra ao lado da Sala de Vacina Central, das 08h30 às 16h.

A prefeitura informa que a repescagem é destinada para puérperas, lactantes com crianças de até 6 meses, gestantes, pessoas com comorbidades com mais de 18 anos, caminhoneiros, colaboradores de bancos, lotéricas, mercados, supermercados e pessoas com idades já vacinadas.

Cronograma de vacinação contra Covid. Foto: Ascom prefeitura

Vacinação em Extrema

De acordo com vacinômetro atualizado pela prefeitura no domingo (18), 14.240 pessoas já foram imunizadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 4.412 receberam a segunda dose ou dose única. Nesta terça-feira (20), a prefeitura retirou 1.141 doses da AstraZeneca na Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre – o que permitiu ampliar a faixa etária a ser imunizada.

Extrema já vacinou profissionais da saúde, idosos, puérperas, lactantes com crianças de até 6 meses, gestantes, pessoas com comorbidades com mais de 18 anos, Forças de Segurança e Salvamento, professores e monitores, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza, motoristas, pessoas em situação de rua, colaboradores de bancos, lotéricas, mercados, supermercados e pessoas com mais 48 anos.

Categoria: Região

Natércia, no Sul de Minas, já aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em mais de 70% da população. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município possui 4.728 habitantes. Desse total, 3.460 receberam pelo menos uma dose da vacina (73,18%).

“A gente está trabalhando em parceria com a Estratégia Saúde da Família. Então a gente conhece o nosso território, sabe quais pessoas moram dentro desse território, e consegue levantar os dados da população com maior facilidade”, explica a secretária de Saúde, Vyvian Ambrosino. Ela ainda afirma que o fato de a vacina ser aplicada todos os dias, desde que tenham doses disponíveis, também contribuiu para o avanço da vacinação.

Já a segunda dose do imunizante foi aplicada em 1.074 moradores (22,72%). A secretária de Saúde afirma que a adesão à vacinação tem sido positiva, e que o percentual de pessoas imunizadas com a segunda dose só não é maior em razão do intervalo entre as doses.

“A gente só não tem um quantitativo maior de segundas doses aplicadas porque a maior parte da vacina que a gente fez foi a AstraZeneca, e a recomendação é que a aplicação da segunda dose seja feita depois de três meses”.

Natércia vacina pessoas com 29 anos

Natércia é uma das cidades do Sul de Minas que está com a vacinação contra a Covid-19 mais avançada. A imunização no município está na faixa etária de pessoas com 29 anos. E a expectativa é que toda a população adulta seja vacinada com pelo menos uma dose até o mês que vem.

“Se a gente receber mais doses, como temos recebido, a gente acredita que com as estratégias que estamos utilizando a gente consiga fazer [a vacinação] de 100% da população, dentro da faixa etária preconizada, até o início de agosto”, afirma Vyvian Ambrosino.

Categoria: Região

Geada em Monte Verde (19/07). Foto: Mari Felippini

Uma nova massa de ar frio chegou ao Sul de Minas e derrubou as temperaturas. O distrito de Monte Verde, em Camanducaia, voltou a registrar a menor temperatura do estado, com -1.2°C na madrugada desta segunda-feira (19), conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Com tanto frio, a geada voltou a se formar, cobrindo a vegetação, congelado folhas e flores.

Outra cidade que teve temperatura negativa foi Maria da Fé. A estação do INMET marcou -0.6°C. Em Passa Quatro o frio foi de 5°C e em São Lourenço a mínima foi de 3.2°C. O município de Pouso Alegre não possui estação do INMET. De acordo com o INPE, a mínima na cidade hoje foi de 6°C e amanhã será de 2°C.

O meteorologista do INMET, Claudemir de Azevedo, disse que a previsão é que essa nova onda de frio mais intenso fique na região até a próxima quinta-feira, dia 22. Para esta terça, são esperadas temperaturas de -4 graus na Serra da Mantiqueira.

Geada em Monte Verde (19/07). Foto: Mari Felippini
Geada em Monte Verde (19/07). Foto: Rebecca Wagner

Menor temperatura do ano

A menor temperatura de 2021 registrada em Minas Gerais ocorreu no dia 1º de julho, em Maria da Fé. A estação do INMET marcou -4.2°, um recorde desde que as medições começaram a ser feitas, em 2006. Os campos, plantações, ficaram cobertos de gelo.

No dia seguinte, a estação municipal instalada em Delfim Moreira, também na Serra da Mantiqueira, registrou um frio de -7°C. As imagens impressionam. São placas de gelo em água congelada no bebedouro dos animais; gotas congeladas e penduradas nos galhos das plantas; camiseta que congelou ao passar a noite ao ar livre; e uma vegetação coberta pela geada. Foi assim que as coisas amanheceram no bairro Charco, em Delfim Moreira.

Categoria: Região

O Sul de Minas avançou para onda amarela do Minas Consciente. A decisão foi divulgada na tarde desta quinta-feira (15), após encontro virtual do Comitê Extraordinário Covid-19. De acordo com o Governo do Estado, a mudança foi possível por causa da melhora nos indicadores da Covid-19, e entra em vigor no sábado (17).

A taxa de incidência, que mede a circulação do vírus na sociedade, caiu 23% nos últimos 14 dias. Já a confirmação de Síndrome Respiratória Aguda Grave provocada pelo coronavírus chegou a 58% na última semana, o menor número desde janeiro. A positividade, indicador que mede o número de pessoas com sintomas gripais que testam positivo para Covid-19, também saiu do patamar de 30% a 49% para menos de 30%.

“Isso demonstra que o vírus tem circulado menos e gerado menos necessidade de realização de exames. Além disso, os exames realizados têm demonstrado menos positividade para covid-19. Lembrando que estamos no inverno, um período de grande circulação de outros vírus que provocam sintomas gripais”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti.

Neste momento, 12 das 15 localidades estão nas ondas mais flexíveis do Minas Consciente. As macrorregiões Sudeste e Vale do Aço se encontram na onda verde. Já as macrorregiões Noroeste, Sul, Centro, Centro-Sul, Jequitinhonha, Leste, Norte, Oeste e Triângulo do Norte estão na onda amarela.

Apenas três macrorregiões foram mantidas na onda vermelha: Leste do Sul, Nordeste e Triângulo do Sul. Porém, nenhuma delas possui a classificação de Cenário Epidemiológico e Assistencial Desfavorável – que inviabilizaria, por exemplo, a volta às aulas.

Novas regras

Nesta quinta-feira (15), o Comitê Extraordinário também revisou o protocolo do Minas Consciente e criou regras para a realização de grandes eventos. As principais mudanças se referem ao distanciamento e à capacidade máxima de lotação dos espaços, e passam a valer no dia 15 de agosto.

Ficaram decididos a flexibilização do distanciamento padrão para 1,5 metros; o aumento nas lotações máximas de espaços, conforme a onda do Minas Consciente; e regras específicas para a viabilização de grandes eventos de natureza cultural, esportiva, comercial, religiosa, social ou política, por um tempo pré-determinado.

Segundo Fábio Baccheretti, as alterações foram possíveis devido ao avanço da vacinação em Minas Gerais e melhora dos indicadores da Covid-19. Ele também explicou que as novas regras se basearam em experiências bem-sucedidas em outros países.

“Estamos em uma nova fase, com vacinas chegando de forma consistente e melhora nos indicadores. Diante disso, vimos a necessidade de criar regras para os grandes eventos, já que eles não eram considerados de forma separada no Minas Consciente. Fizemos uma ampla discussão e a equipe técnica buscou exemplos em outros países que já passaram por uma fase de vacinação semelhante à nossa (50% com primeira dose e segunda dose crescendo, chegando próximo de 15%) para definir as regras”, afirmou  secretário.

Eventos no Minas Consciente

Os eventos serão permitidos desde que haja aferição de temperatura, controle no fluxo de acesso e acesso com hora marcada; distanciamento de 1,5 metros entre filas, cadeiras/assentos e também no cálculo da capacidade; e apresentação de documento de cartão de vacinação que comprove imunização completa superior ou igual a 15 dias ou PCR ou laudo médico com positividade para covid-19 (entre 15 e 90 dias).

Na onda amarela, só serão permitidos eventos com lotação máxima de 300 pessoas ou 30% da capacidade em ambientes fechados; 600 pessoas ou 50% da capacidade em ambientes ao ar livre; duração máxima de 6 horas, sendo que o horário permitido é entre 7h e 23h.

Categoria: Região

A Receita Federal vai destinar mercadorias apreendidas em operações de fiscalização para 30 entidades beneficentes e órgão públicos do Sul de Minas, sendo quatro de Pouso Alegre. A entrega será realizada nesta quinta-feira (15), às 11h, no Depósito de Mercadorias Apreendidas de Poços de Caldas.

Dentre os produtos que serão doados para as instituições, estão celulares, videogames, brinquedos e artigos de bazar. A Receita Federal informou que as mercadorias estão avaliadas em R$ 1.200.000, e são provenientes de operações feitas nos últimos anos, inclusive a operação Oriente – realizada no mês passado em Pouso Alegre.

“Essas mercadorias foram apreendidas justamente pela importação irregular, pelo não pagamento de tributos e pela não emissão de notas fiscais”, explica o delegado da Receita Federal no Sul de Minas, auditor fiscal Michel Lopes Teodoro. Ainda segundo o delegado, destinar esses produtos para atender o interesse público e social é uma forma de recuperar os valores dos impostos sonegados, que serviriam para financiar investimentos em saúde, educação, segurança pública, saneamento básico, entre outros. 

“Nesse momento, nós estamos repassando, de uma forma indireta, o financiamento que essas entidades teriam caso essas outras entidades tivessem pago seus impostos. Então o nosso viés, nesse momento, é mostrar o lado institucional, o lado social da Receita Federal fazendo o devido repasse dessas mercadorias, e entregando para as entidades – principalmente nesse momento de pandemia que tanto as entidades quanto a população precisam de uma atenção especial”, destaca o delegado da Receita Federal

O analista tributário Edir Simões Junior, responsável pelas destinações de mercadorias, também ressalta que as doações são importantes para reduzir o custo de armazenagem dos itens no depósito, e evitar que os produtos se tornem obsoletos.

Repasse para entidades beneficentes

As mercadorias serão destinadas para 30 instituições e órgão públicos de 17 municípios do Sul de Minas. Em Pouso Alegre, quatro entidades beneficentes vão receber as doações: Congregação das Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações; Asilo Nossa Senhora Auxiliadora; Projeto Social Santo Antônio de Pouso Alegre (Prossan); e Associação de Apoio aos Portadores de Necessidades Especiais em Minas Gerais (APAE).

Confira a lista completa das outras instituições que serão beneficiadas:

  • Associação Bem Viver de Apoio a Comunidade de Poços de Caldas (Poços de Caldas);
  • Associação Chácara Santa Clara (Poços de Caldas);
  • Gota de Leite Sinhá Junqueira Lemos (Poços de Caldas);
  • Caixa Escolar do Centro de Educação Infantil do Rotary Club (Poços de Caldas);
  • Associação Criança Feliz (Poços de Caldas);
  • Fundação Gota de Leite de Assistência à criança (Poços de Caldas);
  • Associação de Apoio a Assistência a pacientes oncológicos (Poços de Caldas);
  • Serviço de Assistência e Recuperação Adulto e Infância de Alfenas (Alfenas);
  • Associação dos Voluntários Vida Viva de Alfenas (Alfenas);
  • Lar São Vicente de Paulo de Alfenas (Alfenas);
  • Pastoral de Saúde São Camilo de Lellis de Juruaia (Juruaia);
  • Hospital Monsenhor Genésio de Juruaia (Juruaia);
  • Associação dos diabéticos de Três Corações (Três Corações);
  • Fundação Itaú de Assistência Social (Itaú de Minas);
  • Lar São Vicente de Paulo do Distrito Divino Espírito Santo (Alterosa);
  • São Lourenço Rugby (São Lourenço)
  • Lar São Vicente de Paulo (Campestre);
  • Lar da Criança Andradense de Andradas (Andradas);
  • Bem-me-quer grupo de apoio aos portadores de câncer (Monte Santo de Minas);
  • Núcleo Assistencial Casa do Vovô (Lavras);
  • Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Campo Belo);
  • Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Passos (Passos);
  • Hospital de São João Batista do Glória (São João Batista do Glória);
  • Município de Caxambu;
  • Município de Monsenhor Paulo;
  • Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.

Veja a matéria em vídeo 

Categoria: Região

[NOTÍCIA ATUALIZADA ÀS 15H20]

Rodovia foi fechada no sentido BH. Foto: redes sociais.

Duas pessoas morreram e outras duas tiveram ferimentos leves em um grave acidente, na manhã desta sexta-feira (09), na rodovia Fernão Dias, na altura do km 797, em São Gonçalo do Sapucaí, no Sul de Minas. O acidente foi no sentido Belo Horizonte. O trânsito no local foi totalmente interditado para o atendimento às vítimas. A fila de congestionamento chegou a 21 quilômetros.

O trânsito foi liberado às 15h15. Mas, devido à fila formada pelas horas de trânsito fechado, a concessionária informa que deve levar algum tempo até o fluxo se normalizar no trecho.

De acordo com a concessionária Arteris, o acidente envolveu duas carretas e dois carros de passeio. Um dos veículos foi prensado entre as carretas. Uma pessoa morreu ainda no local do acidente, presa às ferradas. Duas pessoas que estavam no outro veículo, que virou na pista, tiveram ferimentos leves e recusaram atendimento médico. Os motoristas das carretas não ficaram feridos.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal e equipes da Arteris fizeram o atendimento no local.

Categoria: Região

Uma das faixas da Fernão Dias, sentido São Paulo, está interditada para manutenção da via. Foto: Arteris Fernão Dias

O pavimento da Fernão Dias está sendo reconstruído com asfalto reciclado. A primeira etapa da obra acontece no trecho de São Sebastião da Bela Vista, entre os kms 843,5 e 849,5, no sentido São Paulo. Uma das faixas está interditada, mas o trânsito flui normalmente.

De acordo com a Arteris, concessionária que administra a BR-381, essa é a primeira vez que a rodovia recebe esse tipo de tecnologia. São cerca de cinco quilômetros de estrada que passam por essa manutenção desde a segunda quinzena de junho. A conclusão do trabalho deve levar aproximadamente quatro meses, tempo três vezes mais rápido do que a reconstrução na metodologia convencional.

O projeto de manutenção do pavimento utiliza asfalto reciclado, o RAP (Reclaimed Asphalt Paviment). Esse tipo de material, além de trazer qualidade e agilidade no trabalho de manutenção da pista, também é benéfico para o meio ambiente, devido à diminuição de resíduos.

“Segmentos de até 50 metros de pistas podem ser recuperados em apenas um dia, o que no método convencional demoraria até sete dias, devido ao processo de cura entre as camadas de pavimento. Além disso, o asfalto reciclado também possui desempenho e vida útil iguais ao de um pavimento reconstruído em sua totalidade”, diz nota da Arteris.

O gerente de implantação e conserva da concessionária que administra a BR-381, Marcos Gruba, comentou sobre o andamento da obra e benefícios do asfalto reciclado. Veja o vídeo.