Categoria: Região

A festa na cidade é organizada pela prefeitura. shows todos os dias, além de apresentações de blocos e escolas de samba. A entrada é franca.

Carnaverão em Bueno Brandão. Foto: Divulgação prefeitura

A Praça Virgílio de Melo Franco, no Centro de Bueno Brandão tem ficado lotada nessas noites de Carnaval. Desde sexta-feira (21) até a terça de Carnaval (25/02) tem shows todos os dias de folia. O evento Carnaverão é organizado pela prefeitura da cidade.

Na programação, as apresentações começam no período da tarde com blocos, seguem com grupos musicais, escola de samba e mais música ao vivo.

Shows são em palco montado na Pç Virgílio Melo Franco. Foto: Divulgação prefeitura

Veja abaixo a programação para domingo (23), segunda (24) e terça (25):

Domingo

14h00 ”Chinarraia 2.0”

15h00 ”Bloco Rancho Alegre e Bloco Chikita Bacana”

15h00 ‘’Bloco Los Finos na Folia’’

16h00 Criança Folia

18h30 Os Travessos

20h30 Chikita Bacana

22h00 Escola de Samba Unidos da Vargem Grande

23h30 Trio Arena

01h30 DJ DNS

Segunda-Feira

13h00 ”Romaria De Buteco”

19h00 New AC/DC Cover

20h30 Chikita Bacana

22h00 Escola de Samba Unidos do Alto Da Vila

23h30 Alexa

02h30 Dj Dns

Terça-Feira

15h00 ”Bloco Rancho Alegre e Bloco Chikita Bacana”

16h00 Os Foliões

18h00 Escola de Samba Unidos do Alto da Vila

19h00 Escola de Samba Unidos da Vargem Grande

20h00 Banda Malapronta

Categoria: Região

A mulher, de 52 anos, viajava em um carro, com placas de Santa Rita do Sapucaí, com mais cinco pessoas, uma delas uma criança.

Foram necessárias três ambulâncias do SAMU para socorrer os feridos. Foto: Corpo de Bombeiros

Uma mulher morreu e outras seis pessoas ficaram feridas em um acidente na madrugada deste sábado (22) na MG-295, em Brazópolis. A vítima fatal viajava em um Astra, com placas de Santa Rita do Sapucaí, com mais cinco pessoas, entre elas, uma criança.

O motorista do outro veículo, com placas de Diadema (SP), viajava sozinho e teve ferimentos moderados.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, os dois veículos bateram de frente na altura do KM 11 da rodovia, entre Piranguinho e Brazópolis, próximo ao bairro Estação Dias.

O Corpo de Bombeiros de Itajubá e o SAMU foram acionados para socorrer as vítimas. Os dois motoristas ficaram parcialmente presos às ferragens e foram resgatados pelos bombeiros. Foram utilizadas três ambulâncias do SAMU para o transporte dos feridos até o hospital das Clínicas de Itajubá.

A mulher, de 52 anos, foi socorrida com vida, mas faleceu ao dar entrada no hospital. Outras três pessoas que estavam no mesmo carro com ela foram encaminhadas em estado grave.

Categoria: Região

Outras três pessoas ficaram feridas. A vítima fatal é a paciente Adelina Rosário, de 55 anos. Ela iria ao médico em Pouso Alegre mostrar exames do tratamento contra um câncer.

Carro da prefeitura saía de estrada de terra quando foi atingido por caminhão. Foto: Gazeta de Jacutinga

Um acidente na MG-290, na manhã desta quinta-feira (20), envolvendo um veículo da secretária de Saúde de Jacutinga e um caminhão matou uma mulher, de 55 anos, e deixou outras três pessoas feridas. O acidente foi no KM 85 da rodovia, ainda no município de Jacutinga.

A vítima fatal foi identificada como Adelina Rosário dos Santos Alves. A dona de casa estava em tratamento contra um câncer. Segundo um familiar contou ao Terra do Mandu, a dona de casa tinha passado por uma cirurgia e o médico pediu novos exames. Nesta quinta, ela estava indo a Pouso Alegre para mostrar os exames ao médico.

A filha da paciente, de 30 anos, teve ferimentos graves e foi levada pelo SAMU para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Outro passageiro do carro, de 33 anos, e o motorista da prefeitura, tiveram ferimentos leves. O motorista do caminhão não ficou ferido.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o veículo da prefeitura saiu de uma estrada de terra, onde foi buscar a paciente, e entrou na rodovia. O caminhão que seguia na mesma direção, carregado de argila, não conseguiu frear a tempo de evitar a colisão traseira.

O motorista da prefeitura informou que olhou e não percebeu o que o caminhão na rodovia.

O corpo de Adelina Rosário ainda será encaminhado ao IML de Pouso Alegre, antes de retornar para o velório em Jacutinga.

A prefeitura de Jacutinga emitiu uma nota de pesar, lamentando o acidente e se solidarizando com as vítimas. Segundo a nota, a prefeitura presta todo o suporte necessários às vítimas e familiares.

NOTA DE PESAR
A Prefeitura de Jacutinga, em nome do Prefeito Araujo, do Vice-Prefeito, Toninho Roque, e do Secretário de Saúde, Dr. Pedro Aguiar, vem, por meio desta, manifestar o seu mais profundo pesar pelo falecimento da paciente Adelina Rosário dos Santos Alves, vítima do acidente que envolveu um veículo da Secretaria Municipal de Saúde nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, na MG-290.
Na manhã desta quinta-feira a equipe da Prefeitura Municipal foi surpreendida com a triste notícia de que um veículo da Secretaria de Saúde, que estava se deslocando para a cidade de Pouso Alegre com a finalidade de transportar pacientes para tratamento fora do domicílio, foi a colidir com um caminhão que transitava em sentido contrário.
Além da vítima fatal, estavam no carro mais 03 pessoas.
Foi prestado socorro imediato pelas equipe da Secretaria de Saúde do Município de Jacutinga aos acidentados.
O motorista e uma paciente tiveram ferimentos leves. A outra paciente segue internada na Santa Casa de Misericórdia.
Desde que a recebeu a notícia do acidente, a Prefeitura de Jacutinga vem prestando todo o suporte necessário para as vítimas e seus familiares.
Neste momento de dor e tristeza, nos solidarizamos com as vítimas e seus familiares ratificando nosso voto de pesar.

Caminhão estava carregado de argila e não conseguiu evitar a batida. Foto: Gazeta de Jacutinga

Categoria: Região

Na madrugada desta terça houve a colisão traseira entre caminhões. Os dois veículos pegaram fogo. Bombeiros trabalharam mais de 10 horas para debelar totalmente os focos de incêndios em peças automotivas e pneus.

Material transportado por caminhões dificultou o trabalho de controle de incêndio para liberação da pista. Foto: Concessionária Arteris

A rodovia Fernão Dias, no KM 881, em Estiva, Sul de Minas, teve o trânsito liberado às 15h30 desta terça-feira (18). Neste ponto, no sentido Belo Horizonte, houve um acidente na madrugada, deixando a pista norte totalmente interditada. No trecho foi improvisado um desvio. Contudo, a fila de carros foi se formando ao longo do dia. Por volta das 16h30, uma hora após a liberação da pista, essa fila de congestionamento chegava a 20 quilômetros, ligando os municípios de Estiva a Cambuí.

O acidente foi por volta das 04h30 da madrugada, no km 881. Um caminhão bateu na traseira do outro num trecho de subida, já na área urbana de Estiva. Com o impacto, os dois veículos se incendiaram na sequência. Um dos motoristas saiu ileso e outro teve ferimentos leves, se recusando a ir ao hospital.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre foram para o local fazer o combate ao incêndio. O trabalho durou mais de 10 horas. Um dos veículos estava carregado com pneus e o outro transportava peças automotivas.

Caminhões estavam carregados com peças automotivas e pneus, respectivamente. Foto: Concessionária Arteris

Categoria: Região

Polícia Civil de São Paulo veio até o Sul de Minas com o namorado que apontou onde deixou o corpo de Marcela, de 21 anos, grávida de quatro meses. A Polícia Civil de Minas fez o serviço de remoção e identificação do corpo da jovem.

A reportagem do Terra do Mandu acompanhou a movimentação das policias civis de São Paulo e Minas Gerais no local onde o corpo de Marcela Aranda, de 21 anos foi encontrado.

Grávida de quatro meses, Marcela estava desaparecida desde o último dia 08. Nesta segunda-feira (17), o namorado da jovem se apresentou na delegacia de Guarulhos. Segundo a polícia, ele confessou o crime e resolveu mostrar onde deixou o corpo da vendedora.

Já no início da noite, o corpo de Marcela foi retirado das margens do rio Sapucaí. O local onde o corpo foi deixado fica a cerca de três quilômetros da rodovia Fernão Dias, no acesso pela ponte da ‘Alpargatas’, no limite entre os municípios de Pouso Alegre e São Sebastião da Bela Vista.

Enquanto nossa equipe esteve no local, o namorado de Marcela, identificado como Carlos, de 26 anos, ficou o tempo todo dentro dessa viatura da Polícia Civil de São Paulo. O advogado dele estava junto. No carro também estavam o delegado do caso e o chefe dos investigadores da delegacia de Guarulhos.

Eles não quiseram gravar entrevista. Mas, o advogado disse à TV Record que Carlos assumiu que matou Marcela durante uma briga do casal.

O delegado do caso informou que depois do crime, Carlos disse que saiu procurando um local para jogar o corpo. Ele andou mais de 180 kms até abandonar o corpo nesse local.

O serviço de perícia, remoção e identificação do corpo foi realizado pela Polícia Civil de Minas. O delegado Regional de Pouso Alegre, Renato Gavião, fala do trabalho da Polícia Civil mineira e sobre a investigação do caso.

FAMILIARES DE MARCELA ESTÃO EM PA

Na tarde desta terça-feira (18) familiares de Marcela Aranda chegaram em Pouso Alegre. Os parentes estão no IML para o reconhecimento do corpo. Em seguida, o corpo deverá ser levado para Guarulhos, onde será o sepultamento.

 

Categoria: Região

Após a colisão, os caminhões pegaram fogo. Já são mais de quatro horas de trabalho das equipes de bombeiros. O trânsito está sendo desviado para uma das faixas da pista contrária, com 5 km de congestionamento. Os motoristas dos caminhões não tiveram ferimentos graves.

Caminhões pegam fogo após colisão na Fernão Dias no Sul de Minas – Foto Corpo de Bombeiros

Na madrugada desta terça-feira (18), dois caminhões se envolveram em um acidente na Fernão Dias e se incendiaram na sequência. O acidente foi no km 881, município de Estiva, no Sul de Minas, nas pista sentido Belo Horizonte. Um dos motoristas saiu ileso e outro teve ferimentos leves, se recusando a ir ao hospital.

De acordo com a concessionária Arteris, o trânsito nesse sentido está totalmente interditado desde o momento do acidente, por volta das 04h30. O fluxo do sentido norte está sendo desviado para uma das faixas da pista do sentido contrário. Às 09h, havia 5 km de congestionamento.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre fazem o combate ao incêndio desde a madrugada. Um dos veículos estava carregado com pneus e o outro transportava peças automotivas.

Caminhões pegam fogo após colisão na Fernão Dias no Sul de Minas – Foto Corpo de Bombeiros

Categoria: Região

Ludmila de Oliveira tinha 27 anos e morreu em uma batida entre o carro que dirigia e um caminhão na BR-459. Ludmila deixou o trabalho no Fórum de Cachoeira de Minas no início do mês para começar a advogar.

Ludmila era advogada e escrevia em um jornal da cidade. Foto: reprodução

A jovem advogada Ludmila Elisa de Oliveira, de 27 anos, iria abrir o próprio escritório de advocacia nos próximos dias. De acordo com um familiar ouvido pela reportagem, Ludmila já tinha tudo preparado para começar a advogar em Cachoeira de Minas, onde morava.

Ludmila morreu em um acidente de trânsito no fim da manhã deste domingo (16). O carro que ela dirigia bateu contra um caminhão na BR-459, entre Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí. O acidente foi no km 112 da rodovia. A advogada ficou presa às ferragens do carro e morreu no local. Ela estava sozinha.

Até este mês, Ludmila trabalhava como assessora no Fórum de Cachoeira de Minas, pelo estágio do curso de pós-graduação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Ela decidiu deixar o cargo para começar a advogar.

Após a decisão, ela escreveu numa rede social: “Fui aprovada no Exame da OAB há 2 anos e optei pelo estágio com o MM Juiz antes de iniciar a advocacia para adquirir uma experiência ímpar e começar a minha carreira com o pé direito, com conhecimentos singulares e preciosos. Todo meu caminho vem sendo escrito por Deus e eu trabalho para Cristo, não para mim”, afirmou a esperança advogada.

Ludmila também escrevia uma coluna sobre assuntos diversos no jornal impresso que circula em Cachoeira de Minas e Conceição dos Ouros.

O corpo da advogada já foi liberado do Instituto Médico Legal (IML). O velório será na funerária Santa Rita, em Cachoeira de Minas. O sepultamento vai ocorrer às 08h desta segunda-feira (17) no cemitério municipal da cidade.

Batida entre carro e caminhão na BR-459, foi no km 112. Foto: Corpo de Bombeiros

Categoria: Região

Mulher morre em batida entre carro e caminhão na BR-459, KM 112. Foto: Corpo de Bombeiros

Uma mulher morreu numa batida entre um carro e um caminhão, no fim da manhã deste domingo (16), na BR-459. O acidente foi no KM 112 da rodovia, entre Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí. A vítima fatal era a motorista do carro. Ela viajava sozinha.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher faleceu no local, presa às ferragens. A vítima foi identificada como Ludmila Elisa de Oliveira (idade não informada). Ela é de Cachoeira de Minas e seguia no sentido Pouso Alegre.

A batida ocorreu em um trecho de curva, na pista no sentido Santa Rita do Sapucaí. A motorista ficou presa nas ferragens e precisou ser retirada pelos bombeiros.

A perícia da Polícia Civil esteve no local. O corpo de Ludmila foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre.

Mulher morre em batida entre carro e caminhão na BR-459, KM 112. Foto: Corpo de Bombeiros

Categoria: Região

Jovem, de 24 anos, se afogou no último domingo, quando canoa virou e ele submergiu no leito do rio.

Volume de água e correnteza dificultam as buscas. Foto: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre estão no 5º dia de buscas pelo jovem que se afogou no rio Sapucaí Mirim, em Conceição dos Ouros. O acidente aconteceu na tarde do último domingo (09), numa área próxima da cidade. Os bombeiros iniciaram as buscas no mesmo dia, mas, até o momento, o corpo de Mauro Ferraz, de 24 anos, não foi localizado.

De acordo com os bombeiros, o jovem estava numa canoa, na companhia de um homem, quando a embarcação virou. O homem conseguiu sair nadando até a margem do rio. Ele contou aos militares que o jovem submergiu e não retornou à superfície.

A procura pelo jovem é dificultada pelo nível que está o rio no trecho e pela forte correnteza naquela área.

Foto: Corpo de Bombeiros
Foto: Corpo de Bombeiros

Categoria: Região

O caminhão estava carregado com tubos de aço. O motorista ficou preso na cabine e morreu no local do acidente.

Caminhão tinha placas de BH e estava carregado com tubos de aço. Foto: redes sociais

O motorista de um caminhão morreu em um acidente na MG-290, no início da tarde desta quarta-feira (12). O acidente foi no KM 31, logo depois de Borda da Mata.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o caminhão com placas de Belo Horizonte seguia no sentido Ouro Fino quando, numa curva, teria perdido o controle e saído da pista e tombou. No acidente, o veículo ficou com as rodas para cima. O motorista ficou presos às ferragens da cabine e morreu no local.

Os bombeiros de Pouso Alegre foram ao local para retirar a vítima que ficou preso na cabine. Os dados da vítima não foram informados. O corpo do motorista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre.

Vítima ficou presa às ferragens e morreu no local. Foto: redes sociais