Categoria: Região

Professora sofreu queda de bicicleta e fraturou rosto e braços. Ela segue internada em estado estável. Após alta, ela deverá passar por novas cirurgias no buco-maxilo-facial.

Bicicleta em que a professora estava e foto arquivo pessoal dela antes do acidente. Foto: reprodução redes sociais

A assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre, informou que a professora Ana Paula Romualdo passou por cirurgias de reconstrução do rosto e da mandíbula. Devido as lesões sofridas, a equipe médica do hospital também realizou uma traqueostomia na paciente, para facilitar sua respiração.

Nesta quarta-feira (15), a professora sofreu uma queda de bicicleta quando ia até a casa de uma amiga, em Tocos do Moji, Sul de Minas. Ela descia uma rua íngreme quando a bicicleta teria perdido o freio. A professora bateu na parede de uma casa e, seguiu desequilibrada, caindo sobre uma escadaria que fica na mesma rua.

No acidente, a professora teve o rosto desfigurado. Moradores que prestaram os primeiros socorros não conseguiram reconhecê-la por causa da gravidade da fratura. Além do rosto, Ana Paula também fraturou os dois braços, próximos aos punhos. Ela foi levada ao pronto socorro de Borda da Mata e, em seguida, transferida de helicóptero dos bombeiros para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre.

Ainda de acordo com o hospital, o estado de saúde da professora é estável. Ela não corre mais risco de morrer. Após receber alta, ela deverá passar por novas cirurgias no buco-maxilo-facial.

Rua onde a professora caiu. Foto: redes sociais

Categoria: Região

Ana Paula Romualdo sofreu queda em Tocos do Moji, onde mora. Ela é professora em Pouso Alegre. O helicóptero dos Bombeiros socorreu a vítima até o HCSL.

Professora foi levada de helicóptero para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Foto: redes sociais

A professora Ana Paula Romualdo teve ferimentos graves após sofrer uma queda de bicicleta na manhã desta quarta-feira (15), em Tocos do Moji. Ela é professora no CAIC São João, em Pouso Alegre e mora em Tocos do Moji. A vítima foi levada para o pronto socorro de Borda da Mata e, em seguida, transferida no helicóptero dos bombeiros para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a professora teve fraturas graves no rosto e também fraturou os dois braços. A reportagem do Terra do Mandu apurou com fontes de Tocos do Moji que Ana Paula seguia de bicicleta para visitar uma conhecida numa rua da cidade quando a bicicleta teria perdido o freio. Ela não conseguiu parar, bateu numa casa e, na sequência, caiu de uma escadaria que tem na rua.

Rua onde a professora caiu. Foto: redes sociais

Os moradores correram para socorrer a vítima. Mesmo a professora sendo da cidade, as pessoas não a reconheceram porque ela ficou com o rosto desfigurado no momento do acidente. Como Ana Paula usava equipamentos, os moradores suspeitaram que fosse algum peregrino que havia se perdido no Caminho da Fé e descido a rua.

Segundo a assessoria de imprensa do HCSL, a professora chegou em estado estável. Ela está entubada e sedada. Ainda segundo o hospital, Ana Paula deverá passar por cirurgias nas próximas horas.

A bicicleta da professora ficou com a roda da frente torta. Ana Paula bateu o rosto no chão e apoio os punhos, causando as fraturas mais graves. Foto: redes sociais
Motorista de ambulância morre em acidente na BR-459 - Foto: redes sociais

Categoria: Região

A paciente e a acompanhante que estavam na ambulância ficaram feridas e foram encaminhadas para hospital de Itajubá. O acidente foi entre Piranguinho e Santa Rita do Sapucaí.

Motorista de ambulância morre em acidente na BR-459 - Foto: redes sociais
Motorista de ambulância morre em acidente na BR-459. Foto: redes sociais

O motorista de uma ambulância da prefeitura de Itajubá, Sul de Minas, morreu em um acidente na BR-459, na madrugada desta quarta-feira (15). A ambulância bateu de frente com um caminhão no trecho entre Piranguinho e Santa Rita do Sapucaí. Paulo César da Silva, de 45 anos, morreu no local da batida.

A ambulância seguia para Poços de Caldas, levando uma paciente para tratamento de câncer e a neta dela, que seguia como acompanhante. As duas mulheres ficaram feridas no acidente e foram encaminhadas para o Hospital das Clínicas, em Itajubá. Segundo a prefeitura de Itajubá, as duas foram atendidas e estão em observação. O motorista do caminhão baú não ficou ferido.

A prefeitura de Itajubá divulgou nota comunicando a morte do servidor. Segundo a nota, Paulo César trabalhava como motorista na secretaria de Saúde havia 10 anos e “cumpriu honrosamente sua função, transportando com imenso carinho, cuidado e zelo os pacientes da Prefeitura”, diz o comunicado. Paulo César deixa esposa e filhos.

A prefeitura ainda informou que está acompanhando todos tramites de encaminhamento das vítimas e suporte para as famílias.

A perícia da Polícia Civil esteve no local do acidente para averiguar o que provocou a batida entre o caminhão baú e a ambulância da prefeitura de Itajubá.

Confira a nota da prefeitura de Itajubá:

A Prefeitura de Itajubá, através da Atual Administração comunica, com profundo e imenso pesar o falecimento de Paulo César da Silva.

A serviço Prefeitura há 10 anos, Paulo César, de 45 anos, era motorista da Secretaria Municipal de Saúde, onde cumpriu honrosamente sua função, transportando com imenso carinho, cuidado e zelo os pacientes da Prefeitura.

Seu falecimento ocorreu na manhã desta quarta-feira, 15 de janeiro.

O velório será na Funerária Aliança, Avenida Cesário Alvim, n° 549, Itajubá – MG (próximo a Faculdade de Enfermagem).

A Prefeitura manifesta toda solidariedade aos familiares, amigos, especialmente a sua companheira Sueli Ribeiro e seus filhos.

Estamos consternados com a notícia. Desde a informação do acidente, a Prefeitura está acompanhando todos tramites de encaminhamento das vítimas e suporte para as famílias.

Categoria: Região

Foi o primeiro ataque a bancos de 2020 na região. Na área da 17ª RPM, esse foi o primeiro ataque desde maio do ano passado, quando houve o roubo à Caixa em Pouso Alegre.

Criminosos atacam agências do Banco do Brasil e Caixa em São Gonçalo do Sapucaí. Foto: redes sociais

Criminosos explodiram caixas eletrônicos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, na madrugada desta quarta-feira (15), em São Gonçalo do Sapucaí. Esse foi o primeiro ataque a bancos no Sul de Minas em 2020. Até o momento, ninguém foi preso.

A quantidade de caixas estourados ainda não foi informada. Foto: redes sociais

Segundo a Polícia Militar, os criminosos atacaram as duas agências que ficam no centro da cidade. O bando chegou em uma caminhonete e outros veículos davam apoio a ação. Após o roubo, os bandidos fugiram pela rodovia, no sentido ao município de Cordislândia.

Ainda não foi informado quantos caixas eletrônicos foram explodidos e a quantia em dinheiro que a quadrilha levou. As agências estão isoladas para o trabalho da perícia da Polícia Federal, já que se trata de bancos públicos.

A fumaça das explosões dava pra ser vista de vários pontos da cidade. Foto: redes sociais

Oito meses sem ataque

O ataque ocorrido nesta madrugada em São Gonçalo do Sapucaí é o primeiro após oito meses sem esse tipo de ocorrência na área da 17ª Região da Polícia Militar, com sede em Pouso Alegre. O último ataque nessa região, com 72 municípios, tinha sido a Caixa Econômica Federal, no dia 20 de maio de 2019 em Pouso Alegre.

Durante o ano, a Polícia Militar realizou reuniões com os comandantes dos quatro batalhões da área da 17ª RPM (Pouso Alegre, Extrema, Itajubá e São Lourenço) para montar estratégias para prevenir esse tipo de ataque.

Categoria: Região

O distrito de Camanducaia, no Sul de Minas, está na nona posição e único lugar do Brasil que aparece no ranking elaborado a partir de quesitos de hospitalidade do Traveller Review Awards.

Imagem Divulgação/entrada de Monte verde

O distrito de Monte Verde, em Camanducaia, Sul de Minas, é destino de milhares de brasileiros todos os anos. Mas também já aparece como um dos melhores destinos para turismo em todo o mundo.

Em pesquisa divulgada pelo Booking.com nesta terça-feira (14), o destino demonstra ter tudo para fazer sucesso entre turistas estrangeiros. Monte Verde foi eleito como um dos 10 lugares mais acolhedores do mundo. O distrito de Camanducaia ocupa a nona posição do ranking e é o único lugar do Brasil a aparecer entre os primeiros locais no mundo.

Cravado na Serra da Mantiqueira, suas belas paisagens e opções de hospedagens para relaxar, com trilhas e cachoeiras, fazem sucesso entre os fãs de aventura.

A lista foi baseada no quesito hospitalidade do Traveller Review Awards 2020, prêmio anual do site de reservas, que leva em conta as avaliações dos viajantes sobre estadias e experiências no site.

Decoração de Natal Monte Verde. Foto: Ricardo Cozzo/prefeitura Camanducaia

O principal período de visitação em Monte Verde é no inverno, mas em qualquer época do ano é possível encontrar turistas de diferentes pontos do Brasil. Os hotéis, pousadas e a prefeitura fazem eventos ao longo do ano, principalmente próximo dos grandes feriados para atrair cada vez mais visitantes.

Há espaços para famílias inteiras. Mas o distrito é muito procurado por casais em busca de uma viagem mais romântica.

Imagem: Divulgação/Pousada SPA Mirante da Colyna.

Entre os pontos de passeio, tem a Avenida Monte Verde, onde se concentra o centro comercial com lojas, galerias e restaurantes, trilhas até a Pedra Redonda, Pico Selado, Cachoeira da Onça. Para quem curte aventura, a tirolesa de 450 m de extensão não pode ficar fora da viagem

Veja o ranking completo:

  1. Goreme (Turquia)
  2. Tatranska Lomnica (Eslováquia)
  3. Phong Nha (Vietnã)
  4. Kobarid (Eslovênia)
  5. Cochem (Alemanha)
  6. Doolin (Irlanda)
  7. Taitung City (Taiwan)
  8. Schenna (Itália)
    9. Monte Verde (Brasil)
  9. Lake Tekapo (Nova Zelândia)

Categoria: Região

No mês passado, um morador de Pouso Alegre também morreu ao sofrer um mal súbito durante trilha de moto próximo a MG-290.

Rubens Valverde e a filha Isis Valverde – reprodução

O pai da atriz Isis Valverde morreu na tarde deste domingo (12) ao sofrer infarto enquanto fazia uma trilha de moto em Baependi, no Sul de Minas. A informação foi divulgada pelo G1 Sul de Minas. Rubens Valverde morava em Aiuruoca e tinha o costume de fazer esses passeios com os amigos.

Rubens sofreu mal súbito e foi levado até o hospital de Baependi pelos amigos que o acompanhavam na trilha. Porém, o pai da atriz já chegou no hospital sem vida. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de São Lourenço.

As informações de velório e sepultamento, que deverão ocorrer em Aiuruoca, ainda não foram divulgadas.

Em dezembro, motorista de Pouso Alegre morreu após sofrer infarto em trilha

Paulo Sérgio Gonçalves morreu durante trilha em Pouso Alegre. Foto: reprodução

No mês passado, um morador de Pouso Alegre também morreu depois de sofrer um infarto durante trilha de moto com amigos. O motorista Paulo Sérgio Gonçalves, de 62 anos, fazia trilha numa serra do bairro dos Farias, atrás da APAC, região da MG-290, quando sofreu um mal súbito. Os amigos acionaram o Samu e o Corpo de Bombeiros, mas Sérgio faleceu antes da chegada do resgate.

O ponto onde a vítima estava era de difícil acesso para os veículos de resgate irem por terra. Foi necessário acionar o helicóptero dos Bombeiros para ser realizado o resgate do corpo de Sérgio, ex-motorista do Samu.

 

 

Categoria: Região

Segundo a PM, motorista do carro estava fugindo de acidente ocorrido em Congonhal quando bateu de frente com caminhão carregado de batatas. O motorista do caminhão não ficou ferido. Rodovia ficou fechada nos dois sentidos. A vítima fatal é Marcos de Oliveira Muniz, de 45 anos.

Carro ficou estilhaçado e pegou fogo. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

Um homem, de 45 anos, morreu em um grave acidente na noite desta sexta-feira (10), na BR-459, próximo a Congonhal. O carro em que a vítima fatal estava bateu de frente com um caminhão carregado de batatas. Após a batida, o carro pegou fogo. O motorista foi ejetado e morreu no local.

O motorista do caminhão de batatas não ficou ferido. Assustado, após o acidente ele foi a pé até a cidade. Depois retornou para o local do acidente com o dono do caminhão e prestou informações à polícia.

A vítima fatal foi identificada como Marcos de Oliveira Muniz. Ele era cabeleireiro em Congonhal.

Corpo de Marcos de Oliveira Muniz será velado em Pouso Alegre e depois seguirá para sepultamento em Congonhal. Foto: reprodução

O acidente foi no KM 88, próximo a área urbana de Congonhal. O trânsito na rodovia ficou fechado nos dois sentidos. O Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre foi até o local para apagar as chamas do carro, um vectra sedan.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista do carro tinha se envolvido em um acidente dentro da cidade de Congonhal instantes antes e saiu na BR-459, sentido Pouso Alegre. As viaturas da PM acompanharam e pediram apoio de viaturas da cidade vizinha para fazer o cerco e a abordagem. Porém, a cerca de dois quilômetros da cidade, o motorista bateu de frente com o caminhão.

A colisão foi tão forte que pedaços do carro ficaram espalhados pela rodovia. Uma das rodas desgrudou do veículo com parte do eixo. O motorista foi ejetado e lançado no acostamento. O carro dele foi consumido pelas chamas.

O caminhão de batatas atravessou a rodovia e parou em um barranco.

A rodovia foi liberada por volta da meia-noite, cerca de três horas depois do acidente, assim que foram concluídos os trabalhos da perícia da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal.

O corpo do cabeleireiro foi levado para o Instituto Médico Legal de Pouso Alegre (IML). O sepultamento vai ocorrer neste sábado no cemitério de Congonhal.

A REPORTAGEM DO TERRA DO MANDU ESTEVE NO LOCAL. VEJA A ENTREVISTA COM A POLÍCIA MILITAR. TAMBÉM CONVERSAMOS COM O MOTORISTA DO CAMINHÃO DE BATATAS:

Categoria: Região

Menor é apreendido com 5 kg de maconha em Ouro Fino. Foto: Polícia Militar

Após denúncia anônima, a Polícia Militar apreendeu um menor, de 17 anos, com nove tabletes de maconha em uma mochila. A apreensão foi nesta quarta-feira (08), no bairro Boa Esperança, em Ouro Fino. Os tabletes de maconha pesaram cerca de 5 kg.

De acordo com a PM, o jovem estava comercializando a droga numa rua do bairro Boa Esperança quando foi abordado pelos policiais.

Depois de ser detido, o rapaz e a droga foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil na cidade.

Categoria: Região

Márcia das Dores foi encontrada três dias após ex-marido matar a ex-companheira a facadas e jogar corpo no rio. Foto: Corpo de Bombeiros

O corpo da costureira Márcia das Dores Silvério, de 52 anos, foi encontrado na manhã deste domingo (05) no Rio Sapucaí, em Santa Rita do Sapucaí. Márcia foi morta a facadas na última quinta-feira pelo ex-marido, de 51 anos. O homem confessou o crime de feminicídio e está preso no presídio da cidade. Ele não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com os bombeiros, o corpo da vítima foi avistado por populares boiando no rio no local conhecido como ‘Porto Sapucaí’, já no limite entres os municípios de Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí, a cerca de 13 km do local onde o suspeito teria jogado o corpo. Os militares que faziam as buscas se deslocaram até esse ponto e resgataram o corpo da costureira.

Familiares de Márcia das Dores reconheceram o corpo. A perícia da Polícia Civil esteve no local e liberou o corpo para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal de Pouso Alegre.

De acordo com a Polícia Militar, na quinta-feira (02), o ex-marido da costureira teria perseguido a ex-mulher por algumas ruas da cidade. Câmeras de monitoramento da prefeitura registraram o carro do suspeito. Depois de várias tentativas, o homem conseguiu convencer a ex a entrar no carro dele.

Ainda de acordo com a PM, após matar a ex-mulher e jogar o corpo no rio, o homem voltou para casa e confessou o crime para os filhos. O homem ainda tentou lavar o carro e remover as marcas de sangue e lama.

Numa rua próxima à casa do suspeito, a PM encontrou o carro com a faca usada no crime e a bolsa da vítima. A polícia iniciou as buscas pelo suspeito ainda na noite de quinta-feira. Mais de 25 locais na área urbana e zona rural foram checados.

Ronaldo foi preso no loteamento Dr Luiz Renno Mendes, quando tentava fugir para a zona rural. Em depoimento aos policiais, ele confessou o crime e disse que matou a ex porque não aceitava o fim do relacionamento.

Categoria: Região

Homem não aceitava fim do relacionamento. Foto: reprodução

Crime teria ocorrido na quinta-feira, em Santa Rita do Sapucaí. Corpo da vítima, de 52 anos, ainda não foi localizado. Suspeito, de 51 anos, está preso.

A Polícia Militar prendeu, no início da noite dessa sexta-feira (03), um homem suspeito de matar a ex-esposa a facadas e jogar o corpo no rio Sapucaí, em Santa Rita do Sapucaí. O crime teria ocorrido no dia anterior. O corpo da vítima ainda não foi localizado.

De acordo com a PM, na quinta-feira, Ronaldo Inácio dos Santos, de 51 anos, teria perseguido a ex-mulher, Márcia das Dores Silvério, de 52 anos, por algumas ruas da cidade. Câmeras de monitoramento da prefeitura registraram o carro do suspeito passando por algumas ruas. Depois de tantas tentativas, o homem conseguiu convencer a ex a entrar no seu carro.

Segundo o suspeito contou à polícia, o motivo do crime foi que ele não aceitava o fim do relacionamento.

Ainda de acordo com a PM, após matar a ex-mulher e jogar o corpo no rio, o homem voltou para casa e confessou o crime para os filhos. Ronaldo Inácio ainda tentou lavar o carro e remover as marcas de sangue e lama.

Numa rua próxima à casa do suspeito, a PM encontrou o carro com a faca usada no crime e a bolsa da vítima. A polícia iniciou as buscas pelo suspeito ainda na noite de quinta-feira. Mais de 25 locais na área urbana e zona rural foram checados.

Ronaldo foi preso no loteamento Dr Luiz Renno Mendes, quando tentava fugir para a zona rural. Em depoimento aos policiais, Ronaldo Inácio confessou o crime.

Equipes dos bombeiros de Pouso Alegre ainda procuram o corpo da vítima.