Categoria: Pouso Alegre

Ação foi organizada numa parceria entre clínica particular e secretaria municipal de saúde.

Neste sábado (09), centenas de homens acima de 50 anos foram ao posto de saúde no bairro Jardim Guadalupe, no complexo do São João, para participar de um mutirão de exame de detecção de câncer de próstata. O aposentado Lucas Alves, de 69 anos, era um desses pacientes. Ele faz o exame PSA, através da coleta de sangue, há 10 anos. Os exames dele têm mantido sem alteração, mas um irmão mais novo teve o câncer na próstata.

“Meu irmão caçula (aos 50 anos) deu câncer de próstata e teve que retirar toda próstata já”, conta o aposentado que levou o irmão mais velho, de 80 anos, que nunca tinha feito o exame. “A vida nossa depende muito disso”, afirma.

Esse é o terceiro ano em que o mutirão é realizado. Dessa vez, mais de 500 homens foram submetidos ao exame ao longo do dia. Todos os pacientes são dos bairros da área do São João. Eles ouviram uma palestra, passaram por um cadastro e foram encaminhados para a coleta de sangue.

O médico e diretor administrativo da clínica que organiza o mutirão, Dr. Dirceu Silva, explica que o objetivo é a prevenção do câncer de próstata, que se diagnosticado no início tem mais de 90% de chance de cura.

“O câncer de próstata é um dos cânceres mais frequentes no homem. O grande problema é que ele não dá sintoma. Então, muitas vezes, quando chega a conclusão do diagnóstico e a doença já estiver muito avançada as chances de cura é quase que impossível. Agora, quando dá o diagnóstico na fase inicial a chance de cura é mais de 90%”, explica o médico que ainda lembra que todos os tipos de tratamento estão disponíveis em Pouso Alegre.

O médico também explica que os exames preventivos devem ser realizados pelos homens a partir dos 45 anos. Mas, em caso de histórico familiar com a doença, essa recomendação é para a partir dos 40 anos.

O senhor Alcides Bento, de 75 anos, teve o câncer de próstata descoberto no mutirão realizado ano passado no bairro Cruz Alta. No caso dele, foi realizado o exame de toque, seguido de exames de sangue e biópsia. Confirmado o tumor, o caminhoneiro aposentado foi submetido ao tratamento através da radioterapia.

“Fiz a radioterapia e levei os exames para o médico urologista dr. Volnei. Agora em janeiro tenho que voltar lá de novo com ele. Eu acho que já está resolvido, graças a Deus”, diz seu Alcides que já teve um câncer nas cordas vocais e teve que operar.

A secretária municipal de Saúde, Silvia Regina Pereira, comentou a importância do mutirão realizado neste sábado. “A gente está imensamente feliz. Essa é a resposta da população ao cuidado. E saúde é isso, é cuidar, é muito mais que curar, é prevenção”.

A secretária explica que, aqueles homens de outras áreas da cidade que quiserem fazer o exame preventivo devem procurar uma unidade de saúde. Os direcionamentos para os exames serão feitos a partir do dia 21 desse mês.

Categoria: Pouso Alegre

Orientação é para redobrar a atenção com os cuidados por conta de ventos e descargas elétricas. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

A Defesa Civil de Pouso Alegre divulgou um alerta no final da tarde desta sexta-feira (08), considerando o aviso meteorológico emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) para a possibilidade de temporais nas próximas 72 horas na área do município.

Chove com certa intensidade em Pouso Alegre e região desde as primeiras horas da manhã de hoje. O aviso do INMET compreende o período das 12h30 para as próximas 72 horas, neste caso, indo até a segunda-feira (11). Porém, o período de maior preocupação em Pouso Alegre fica entre esta sexta e sábado.

A quantidade de chuva diária pode variar entre 30 mm a 100 mm, o que é considerado muita água para um único dia. Há também alerta para ventos fortes, de 60 a 100 km/h, o que poderá provocar quedas de árvores, com cortes no fornecimento de energia. Há ainda preocupações com alagamentos e descargas elétricas.

RECOMENDAÇÕES DA DEFESA CIVIL

💨 Em caso de rajadas de vento: não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

⚡ Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

☎ Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199 E 3449 4317) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Categoria: Pouso Alegre

Obra teve início no mês de julho, com previsão de conclusão em até seis meses. Valor do serviço é de R$ 2,4 milhões.

Foto: Ascom prefeitura

Teve início nesta semana a pavimentação da avenida que vai ligar a rodovia MG-290 ao bairro São João. São cerca de mil metros, com quatro pistas e canteiro central iluminado com lâmpadas de LED. As obras foram iniciadas em julho deste ano e o prazo de conclusão é de 180 dias. O valor orçado é de R$ 2,4 milhões.

A nova avenida inicia próximo ao CAIC do São João até a MG-290, ao lado do ‘Posto do Macaco’. A via, que já recebeu o nome de Sebastião de Paula, irá beneficiar uma população de mais de 30 mil pessoas, que mora nos bairros que foram o complexo do São João. Atualmente, a única saída de carro para quem mora nessa região é pela Rua Três Corações.

De acordo com a prefeitura, além de melhorar a mobilidade, a construção da avenida poderá atrair novos investimentos para a região do São João, que possui um distrito industrial com cerca de 30 empresas. “É importante frisar que a obra é dos moradores e foi projetada e estudada tecnicamente para ser utilizada da melhor forma possível”, diz o prefeito Rafael Simões.

Categoria: Pouso Alegre

Veículo passou com as rodas traseiras por cima da mulher. Acidente foi na Rua Tirantes. Apesar do susto, a motociclista sofreu apenas escoriações. VEJA NO VÍDEO. ATUALIZAÇÃO: Depois de passar a noite em casa, a mulher reclamou de dores e chamou o Samu. Ela foi levada de volta ao hospital para passar por exames.

Câmeras de segurança registraram um acidente impressionante em Pouso Alegre, nesta quarta-feira (06). Uma motociclista caiu e foi atropelada por um carro. O acidente foi na Rua Tirandentes, com a Rua Dr Joaquim Coelho Junior.

A pick-up Strada descia a Tiradentes quando virou à esquerda. A motociclista, que seguia logo atrás, freou para não bater no carro e se desequilibrou e caiu. Na queda, a mulher vai parar debaixo da pick-up. Ela foi arrastada e a pick-up passou com o pneu traseiro sobre as pernas da motociclista.

O motorista do carro parou prestar socorro. O Samu foi chamado e levou a motociclista para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Ela foi atendida e liberada no mesmo dia. Apesar do susto, ela sofreu apenas escoriações.

ATUALIZAÇÃO

Nesta quinta-feira (07), depois de passar a noite em casa, a mulher reclamou de dores e chamou o Samu. Ela foi levada de volta ao hospital para passar por exames.

Categoria: Pouso Alegre

Dono do animal não foi identificado e cavalo foi apreendido e levado para abrigo da prefeitura.

O Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre recebeu um chamado nesta segunda-feira (04). Uma pessoa ligou informando que havia um cavalo atolado e que estava agonizando. O local da ocorrência era a Rua Antônio Scodeler, no bairro Faisqueira, próximo à mina de água.

Ao chegar no local, os bombeiros encontraram o animal bastante debilitado. Não sabia ao certo quanto tempo ele já estava ali, preso no brejo. Os militares amarraram cordas no cavalo e tiveram a ajuda de moradores para conseguir guinchar o animal até à beira da estrada, retirando as patas da lama.

Ainda muito fraco, o animal não conseguia ficar de pé. Os bombeiros deram água e refrescaram o animal que foi se recuperando aos poucos.

O dono do cavalo não foi identificado. O animal foi apreendido e levado para o abrigo mantido pela prefeitura de Pouso Alegre.

Para reaver o animal, o proprietário deverá comprovar a posse e recolher a multa adicionada às diárias de permanência.

Lei contra animais soltos

De acordo com a lei municipal para punir as pessoas que deixam animais soltos em vias públicas, após a prefeitura fazer a apreensão do animal, o dono tem 120 horas para requerer seu cavalo, mediante pagamento de multa de R$ 200 reais. Esse valor pode triplicar em caso de reincidência.

Categoria: Pouso Alegre

Acidente foi na manhã desta segunda-feira. Motorista teve apenas ferimentos leves e foi encaminhado ao HCSL.

Acidente foi no km 5 da rodovia. Foto: Gleison Oliveira

Um motorista saiu com ferimentos leves depois de capotar o carro na rodovia MG-290, na manhã desta segunda-feira (04). O acidente foi na altura do quilômetro 5, ainda no município de Pouso Alegre.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o motorista estava sozinho e teria perdido o controle na curva, vindo a capotar o Fiat Uno da empresa. O homem, que não teve o nome informado, teve apenas ferimentos leves. Ele foi encaminhado ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio para uma avaliação.

Categoria: Pouso Alegre

Até 2021 serão 2 mil novos empregos gerados apenas pelas indústrias farmacêuticas.

Biolab investe R$ 450 milhões na construção de seu complexo industrial em Pouso Alegre. Arte reprodução

Se Minas Gerais é o estado onde a indústria farmacêutica mais cresce no Brasil, Pouso Alegre se consolida como cidade polo desse setor. Até 2021, a cidade do Sul de Minas deve receber aportes de R$ 1 bilhão e 440 milhões, com geração de 2 mil empregos diretos. Duas novas fábricas de medicamentos já foram anunciadas e, recentemente, empresas tiveram empreendimentos inaugurados no município.

De acordo com a Agência de Promoção de Investimentos de Minas Gerais (Indi), os fabricantes de produtos farmacêuticos e farmoquímicos localizados no estado tiveram o maior crescimento no Brasil em 2018, alcançando os 15,44% em relação ao ano anterior.

O economista e diretor do Indi, João Paulo Braga, diz que o crescimento em Minas Gerais, mostrado pela Pesquisa Industrial Anual do IBGE, supera todas as unidades da federação pesquisadas, incluindo São Paulo, maior produtor nacional. “A depender dos investimentos em curso e das ações do Indi, a expansão da indústria farmacêutica no estado deve se intensificar e a projeção é que o faturamento triplique no horizonte dos próximos cinco anos”.

A previsão do Indi é que o faturamento anual passe dos R$ 3,18 bilhões, em 2018 para R$ 9 bilhões nos próximos cinco anos. Maior parte dessa receita sairá de Pouso Alegre já que, apenas a Cimed, que tem sede no município, espera faturar R$ 2 bilhões, em 2020, e está com expectativas ainda mais altas a partir de 2021, quando a nova fábrica entrará em operação.

De todos os investimentos anunciados nesses últimos anos para cinco cidades mineiras, Pouso Alegre concentra mais que o dobro das demais juntas. Os outros quatro municípios de Minas que recebem aportes do setor são Montes Claros, Nova Lima, Poços de Caldas e Varginha.

As farmacêuticas

Pouso Alegre abriga atualmente gigantes como: Cimed, ACG, União Química, Sanobiol (do grupo Cristália), Supera RX Medicamentos. Todas essas empresas estão fazendo e/ou fizeram grandes investimentos recentes na cidade. Ainda tem a Biolab e Cimed construindo novos complexos industriais na cidade.

VEJA MAIS DETALHES NA REVISTA TERRA DO MANDU

O fator Pouso Alegre

O diferencial logístico – considerando a proximidade com os grandes mercados do país, principalmente São Paulo – impulsiona a indústria farmacêutica em Pouso Alegre. Além da infraestrutura, disponibilidade de energia elétrica, escolas, creches, hospitais e a presença de instituições de ensino que formam a mão de obra especializada para atender às necessidades do mercado.

Categoria: Pouso Alegre

Visitas podem ser feitas até às 18h no Cemitério Municipal e até às 17h no cemitério Jardim do Céu.

O cruzeiro do Cemitério Municipal é um dos pontos mais visitados. Foto: Terra do Mandu

Desde as primeiras horas deste sábado (02), Dia de Finados, é grande o movimento nos cemitérios de Pouso Alegre. Apenas pelo Municipal, onde está a maioria dos túmulos, devem passar mais de 40 mil pessoas, segundo a direção do local. No cemitério Jardim do Céu, pelo menos, 10 mil pessoas visitam os túmulos dos parentes sepultados nos local.

Ao longo do dia, três missas são celebradas no Cemitério Municipal. A primeira foi às 08h e a última será às 16h. No Jardim do Céu são duas celebrações, a última também será às 16h.

Além de visitar os jazigos dos parentes, muitas pessoas também levam flores, velas e outras oferendas para pessoas que consideram que tem poder para interceder por curas.

AS VISITAS AOS TÚMULOS DA CIGANA MARIA SALOMÉ E DO DR. COUTINHO

O túmulo do Dr Coutinho é um dos mais visitados a cada ano.José Antônio Garcia Coutinho era chamado de médico dos pobres em Pouso Alegre, devido à sua caridade em atender a todos. Centenas de pessoas dizem receber graças por intercessão.

Outro ponto de visitação é o túmulo da dona Maria Salomé. A mulher, que muitos dizem que era uma cigana, faleceu em 7 de fevereiro de 1953. O jazigo dela recebe velas, flores, bijuterias; tem que também leva cigarros e bebidas. São pessoas que dizem ter conseguido graças como livrar de vícios, conseguido resolver problemas de relacionamento amoroso e até pedidos de emprego.

Categoria: Pouso Alegre

O magistrado autorizou constar no registro os nomes dos pais biológicos e dos adotivos. Juiz ainda pediu a alteração do nome da menina para constar os sobrenomes do pais adotivos.

Nomes dos envolvidos não foram divulgados. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

O juiz Túlio Márcio Lemos Mota Naves, titular da 1ª Vara Criminal e da Infância e da Juventude de Pouso Alegre, concedeu decisão favorável para que uma adolescente, de 13 anos, tenha o direito de manter, em sua história e no convívio familiar, os pais biológicos e o casal que tinha a sua guarda desde o nascimento. Sendo assim, o registro da menina passa a ser multiparental. A decisão é do dia 25 de outubro e foi divulgado agora pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

A reportagem procurou o juiz para comentar a decisão, mas fomos informados que ele tirou férias. Em seu despacho, o magistrado levou em conta os interesses da menor, que manifestou a angústia diante da possibilidade de ser obrigada a renunciar a qualquer uma das famílias. Além de já viver com a família adotiva, a menor visita regularmente os pais biológicos.

A garota concordou em ter adoção regularizada, se isso não significasse a perda do laço com a família de origem. O Ministério Público deu, igualmente, parecer favorável à colocação da menina em família substituta.

O juiz ainda determinou a mudança do nome da adolescente, para incluir o sobrenome dos pais adotivos.

O CASO

Os pais adotivos (que também não tiveram os nomes verdadeiros revelados) ajuizaram ação de adoção, alegando que cuidam da menor desde bebê. Os pais biológicos não contestaram o pedido. Contudo, o laudo psicológico informou que eles se opunham a perder o poder familiar, temendo ser afastados da filha. Ambos disseram também desejar que os autores mantivessem a guarda da então criança.

Segundo os autos, a adolescente, ainda bebê, foi entregue ao casal pela mãe, que já tinha quatro filhos e atravessava dificuldades financeiras. Nesse momento, Júlio e Vânia pediram à Justiça que a adoção fosse concretizada, mas os genitores não consentiram, porque, embora reconhecessem o carinho e atenção dos guardiões, não queriam romper o vínculo com a filha.

Como a família biológica, ainda que com limitações, provia o necessário ao bom desenvolvimento dos outros filhos, a ação foi julgada improcedente, em duas instâncias.

A DECISÃO

Porém, diante do novo pedido do casal, o juiz Túlio Naves ponderou que se tratava de caso em que a realidade da vida ultrapassou a questão judicial. Segundo o magistrado, a adolescente declarou que ao longo dos anos sempre pôde contar com duas famílias, e gostaria de conservar essa situação.

O entendimento do juiz foi que os pais substitutos dedicaram a Aline carinho, afeição e amor, dando-lhe assistência também nos aspectos moral, material e educacional, e que a adoção trará à menina vantagens reais.

Para o magistrado, a controvérsia limitava-se à prevalência da paternidade biológica em detrimento da paternidade socioafetiva, e o único empecilho era o medo da família natural de perder o contato com a menor. Portanto, era preciso preservar a paternidade biológica para garantir o melhor interesse da adolescente.

“O caso demanda a possibilidade de reconhecimento da multiparentalidade, conceito que arvora a coexistência de filiação biológica e socioafetiva”, afirmou. Esse instituto, segundo o juiz Túlio Naves, deve ser guardado para situações especiais, de absoluta necessidade, e só pode ser autorizado mediante a existência de provas que fundamentem seu uso.

“Assim, a melhor conclusão para a presente controvérsia é o reconhecimento da situação de multiparentalidade, com a garantia ao assentamento, no registro civil, tanto da paternidade biológica quanto da angariada com a adoção, solução que se coaduna com a preservação dos interesses da menor e não exclui a possibilidade de obtenção do provimento jurisdicional de adoção e destituição do poder familiar”, considerou.

Categoria: Pouso Alegre

O municipal vai ficar aberto das 06h às 18h. Já o cemitério Jardim do Céu abre das 07h às 17h. Confira os horários de missa no texto abaixo.

Três missas serão celebradas no Cemitério Municipal. Foto: Arquivo Terra do Mandu

Neste sábado, 2 de novembro, comemora-se o Dia de Finados. Os cemitérios de Pouso Alegre devem receber milhares de pessoas que vão homenagear seus entes queridos ao longo do dia.

O Cemitério Municipal estará aberto das 06h às 18h. Serão três missas ao longo do dia (às 08h, 10h e 16h). Já o cemitério Parque Jardim do Céu estará aberto das 07h às 17h, com duas missas. As celebrações serão às 10h e às 16h.

Os locais passaram por limpeza nos últimos dias para poder receber os visitantes. No municipal, os serviços incluíram pintura de guias, capina, limpeza, podas de árvores, jardinagem e plantio de flores, além da montagem da tenda para celebração das missas.

CUIDADO COM OS VASOS DE PLANTAS

Para evitar a propagação de doenças, em especial a Dengue, a gerência do Cemitério sugere cuidados redobrados com os vasos de flores, que devem ser preenchidos com areia, em lugar de água.

O tráfego de veículos na Rua Comendador José Garcia será parcialmente interditado nas imediações, no horário de 7h às 17h de sábado.

Mais de 30 mil pessoas devem passar pelo Cemitério Municipais de Pouso Alegre. Foto: Ascom prefeitura