Categoria: Polícia

A vítima, de 31 anos, sobreviveu e está internado no hospital e deve passar por cirurgia. O autor dos disparos, e um comparsa, foram presos pela PM. Eles confessaram que receberiam R$ 10 mil da esposa da vitima após o crime consumado.

Casal mora no Jardim América, mas tinha ido à casa da mãe da vítima, no Sta Adélia. Foto: reprodução google maps

Um entregador, de 31 anos, foi alvejado com dois tiros na noite desta terça-feira (18), em Pouso Alegre. A tentativa de homicídio ocorreu por volta das 23h, próxima à casa da mãe da vítima, na Rua Paulo Pinto Alves, bairro Santa Adélia, ao lado do CAIC do São João. Um dos disparos acertou o abdômen e outro as costas do homem. Um terceiro tiro pegou na parede da casa.

Segundo a Polícia Militar, a tentativa de assassinato foi a sangue frio. A vítima tinha ido até a casa da mãe, junto com a esposa, para jantar. Quando um rapaz chamou no portão e a vítima foi atender. A esposa foi junto. O autor dos disparos começou a conversar e fez algumas perguntas para a vítima. A esposa voltou para dentro de casa e foi ao banheiro. Nesse momento, o rapaz sacou a arma e fez os disparos.

A PM foi chamada e chegou em poucos minutos. A vítima foi colocada no carro da polícia para ser levada de encontro a viatura dos bombeiros. O Corpo de Bombeiros concluiu o socorro até o Hospital das Clínicas Samuel Libânio.

Já em rastreamento, a PM conseguiu prender o suspeito dos disparos, um rapaz de 19 anos. Também foi detido um comparsa que deu fuga. Ao ser presos, os dois contaram aos policiais que agiram a mando da esposa do entregador. A advogada, de 27 anos, que estava na casa da sogra no momento da tentativa de assassinato.

A advogada também foi presa e conduzida para a delegacia da Polícia Civil. Os policiais ainda procuram um quarto suspeito que teria participado do crime.

MOTIVO DA TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Segundo informações de parentes da vítima à polícia, a motivação para a tentativa de homicídio seria agressões que a advogada estava sofrendo após o marido ter descoberto uma traição por parte dela. Ele teria prometido matar a esposa. Ainda na casa da sogra, a mulher ajudou no socorro do marido, quando ele foi colocado dentro da viatura da PM.

 

Categoria: Polícia

Marcela Aranda, de 21 anos, foi morta em Guarulhos onde morava. Namorado, único suspeito do crime, se entregou à polícia e mostrou onde jogou o corpo da vítima que estava grávida de quatro meses.

Marcela estava grávida e o pai da criança seria o namorado. Foto: reprodução

No início da noite desta segunda-feira (17) o corpo de Marcela Aranda, de 21 anos, foi retirado das margens do rio Sapucaí, zona Rural de São Sebastião da Bela Vista, cidade que fica ao lado de Pouso Alegre, no Sul de Minas.

Grávida de quatro meses, Marcela estava desaparecida desde o dia 08 de fevereiro. Ela morava em Guarulhos, na grande São Paulo. O único suspeito do crime era o namorado dela, de 26 anos, que tinha tido uma briga naquele dia, segundo parentes e vizinhos do casal.

Nesta segunda-feira, o namorado de Marcela se apresentou na delegacia na companhia de um advogado decidiu indicar para onde havia levado o corpo da companheira.

O destino foi o Sul de Minas. Essa área de várzea que fica a três quilômetros da rodovia Fernão Dias, já no limite entre os municípios de Pouso Alegre e São Sebastião da Bela Vista.

A reportagem do Terra do Mandu acompanhou a movimentação das policias no local.

O namorado de Marcela e o advogado dele estavam nessa viatura da Polícia Civil de São Paulo, delegacia de Guarulhos. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

O delegado do caso e uma equipe investigadores estiveram no local onde o corpo da vendedora foi localizado. O delegado não quis gravar entrevista. Mas confirmou à reportagem do Terra do Mandu que o homem era o único suspeito do crime e que a prisão preventiva dele seria pedida assim que retornassem a Guarulhos.

O delegado não quis passar qualquer outra informação a respeito do crime. Porém, também confirmou que Marcela estava grávida de quatro meses, mesmo tempo que o casal estava junto.

Como já estava em estado avançado de decomposição, o corpo da vítima foi retirado da margem do rio por uma equipe dos bombeiros e entregue à funerária para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre.

O corpo da jovem estava com parte dentro do rio e foi removido com a ajuda dos bombeiros. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

Familiares da jovem devem vir a Pouso Alegre nesta terça-feira (18) para os trâmites legais de identificação e liberação do corpo.

VEJA A REPORTAGEM EM VÍDEO:

 

Categoria: Polícia

Vítima já estava desacordada e agressor continuava os golpes. Ainda confuso, Alexandre acredita que tenha sofrido tantas agressões pelo fato de ser homossexual. Indignado, ele também acredita que não fosse a interferência da polícia, poderia ter sido espancada até a morte.

As imagens do Olho Vivo não foram liberadas. Foto: Terra do Mandu

Alexandre Ricardo Cândido, de 32 anos, voltou para casa no fim da tarde desta segunda-feira (17), em Pouso Alegre. Ele voltou descalço e com o rosto totalmente desfigurado.

Alexandre Ricardo ficou com o rosto desfigurado após ser espancado no Centro de Pouso Alegre. Foto: Terra do Mandu

Alexandre, que é homossexual, foi espancado durante alguns minutos por volta da 01h30 da madrugada de hoje, no Centro da cidade. Mesmo desmaiada, a vítima continuava sofrendo as agressões. O agressor era um homem, que não teve a identidade informada.

A câmera do Olho Vivo flagrou a ação. A interferência da PM impediu algo pior para a vítima.

O fato ocorreu na Rua João Basílio, próximo ao número 403, quase na esquina com a Rua Comendador José Garcia, onde está localizada uma das câmeras do sistema Olho Vivo na cidade.

De acordo com a polícia, Alexandre foi agredido com um soco no rosto e já caiu desacordado. Com Alexandre ainda desmaiado, o homem roubou o tênis da vítima, chaves e um celular.

Depois de pegar os objetos, o agressor passou a dar chutes na cabeça da vítima caída na calçada. Os chutes foram desferidos em outras partes do corpo de Alexandre.

A viatura da PM chega local e prende o agressor em flagrante. O homem foi conduzido até a delegacia, mas não ficou preso. Pelo que a reportagem apurou, no momento da ocorrência, sem condições de falar, Alexandre não informou que a agressão possa ter sido motivada pelo fato de ele ser homossexual. E ainda, o delegado que recebeu a ocorrência não considerou que houve roubo.

A vítima foi socorrida pelo SAMU e encaminhada ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio.

Alexandre levou vários pontos no rosto e hematomas na cabeça. Ele teve o maxilar quebrado.

Alexandre conversou com a reportagem do Terra do Mandu. Ele diz estar indignado com as agressões sofridas. Ele acredita que foi agredido pelo fato de ser homossexual e porque o agressor queria roubá-lo.

Alexandre está em Pouso Alegre há uma semana. Ele é de Itajubá e iria começar a trabalhar como caixa numa loja justamente nesta segunda-feira.

No momento que foi espancado, Alexandre diz que voltava de um bar para casa.

O espancamento ocorreu nesse trecho da Rua João Basílio, próximo a Comendador. Foto: Terra do Mandu

Categoria: Polícia

Segundo a PM, são quatro suspeitos do crime. Um menor foi detido e parte do dinheiro e o celular da vítima recuperados.

Polícia encontrou parte do dinheiro e o celular da vítima nessa mata próximo ao bairro Jd Califórnia. Foto: leitor do Terra do Mandu

Uma mulher, de 33 anos, teve a casa invadida por três criminosos na noite deste domingo (16), em Pouso Alegre. A vítima foi agredida com uma coronhada na cabeça, enquanto os ladrões pediam o dinheiro que ela tinha em casa. Foram levados R$ 9 mil da casa da mulher. O roubo foi no bairro Jatobá.

Segundo a Polícia Militar, a mulher contou que três homens pularam o muro e invadiram a residência gritando e pedindo que a vítima entregasse o dinheiro. A mulher gritou por socorro e foi agredida com uma coronhada na cabeça. Os bandidos ainda tentaram prender a mulher no porta-malas do carro dela que estava na garagem, mas não conseguiram.

Os criminosos pularam o muro de volta e fugiram. A PM iniciou o rastreamento e conseguiu identificar que quatro homens participaram da ação, sendo que três deles entraram na casa.

Durante as buscas, a equipe de policiais entrou numa mata atrás dos ladrões, próximo ao bairro Jardim Califórnia. No local, os policiais encontraram o celular da vítima e recuperaram R$ 1 mil do dinheiro roubado na residência.

Na sequência, um menor, de 17 anos, foi detido correndo sem camisa na Avenida Prefeito Olavo Gomes de Oliveira. Ele foi reconhecido como um dos ladrões que entraram na casa da mulher.

A polícia ainda busca pelos outros três suspeitos do roubo.

Categoria: Polícia

Droga era transportada em ônibus que seguia para o Nordeste. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, na Fernão Dias, um casal que levava três malas com 50 quilos de maconha dentro de um ônibus interestadual.  A prisão ocorreu durante fiscalização ao veículo abordado no posto da PRF, no km 871, em Pouso Alegre, na tarde deste sábado (15).

Os policiais utilizaram os cães farejadores k9 Mister e k9 Eros, que encontraram a droga nas malas no bagageiro do ônibus que seguia de São Paulo para Natal/RN. Conforme indicação dos bilhetes de passagem e da bagagem, o casal foi identificado.

O casal disse aos policiais que pegaram a droga em Florianópolis (SC) de uma mulher desconhecida e levaria o material até a rodoviária de Recife (PE).

O casal foi preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre.

Droga era transportada em ônibus que seguia para o Nordeste. Foto: PRF

Categoria: Polícia

Com o homem, a Polícia Civil encontrou maquininhas e cartões das vítimas. Quadrilha seria de São Paulo e age na região. As investigações continuam. No ano passado, um casal de São Paulo tinha sido preso na cidade por aplicar o mesmo tipo de golpe.

Homem foi preso em flagrante com maquininhas e cartões das vítimas. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (13), um homem, de 42 anos, suspeito de fazer parte de uma quadrilha de estelionatários que tem agido em cidades do entorno de Santa Rita do Sapucaí e Itajubá, no Sul de Minas.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi preso em flagrante com maquininhas e cartões de crédito e débito das vítimas. Nos últimos dias ele fez três vítimas em Itajubá e duas em Santa Rita do Sapucaí. Com o suspeito, foram encontrados comprovantes de compras feitas com os cartões das vítimas no valor de R$ 13 mil.

Segundo as investigações, o homem ligava para as vítimas e se passava por funcionário de bancos. Ele explicava que os cartões daquelas pessoas tinham sido clonados e, para resolver o problema, solicitava as vítimas entregassem os cartões ao motoboy que iria até sua casa. Porém, o tal motoboy era o próprio golpista.

Com os cartões e dados nas mãos, os criminosos realizavam compras em máquinas de crédito de empresas próprias que eram criadas especificamente para essa finalidade.

Na casa onde o homem foi preso, foram apreendidas seis máquinas de cartão de crédito, caderno com anotações dos recursos subtraídos, a moto utilizada nos crimes, cartões das vítimas e comprovantes das transações realizadas.

CASAL PRESO NO ANO PASSADO

Em abril do ano passado, a Polícia Civil prendeu um casal, também em Santa Rita do Sapucaí, que praticava esse mesmo crime. Os dois jovens, o rapaz de 23 anos, e a moça de 19 anos, estavam hospedados em um hotel de Santa Rita e eram de São Paulo.

Segundo a polícia, as vítimas recebiam uma ligação de um número de São Paulo e o golpista do outro lado da linha dizia que era de uma loja onde tinha sido feita uma compra em grande valor no cartão da pessoa. A vítima informava que não tinha feito nenhuma compra naquele valor. Então, o golpista pedia para a vítima ligar no 0800 que estava atrás do cartão.

Cartões e dinheiro de vítimas apreendidos com o casal. Também tinha uma maquininha de passar cartões. Foto: Polícia Civil

Porém, o estelionatário não desligava o telefone. A vítima discava o 0800, colocava o telefone de novo no ouvido e lá continuava o golpista, mas agora fingindo ser da operadora do cartão.

Nessa hora que o golpe acontecia. O falso atendente pedia todos os dados do cartão, como números e senhas. Não satisfeito, ainda ditava uma carta para a vítima escrever e entregar junto com o cartão para um motoboy que iria até a casa dela.

Com os cartões em mãos, os golpistas faziam saques em caixas eletrônicos e até pegavam mais dinheiro emprestado através da conta das vítimas. Tem gente que perdeu até R$ 17 mil.

Categoria: Polícia

Menor, de 15 anos, tinha deixado material escondido em terreno baldio, no bairro São Geraldo. Droga foi encontrada com ajuda de cães farejadores.

Material estava em pontos diferentes de terreno onde menor foi abordado. Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar apreendeu 463 buchas de maconha na tarde desta terça-feira (11) em Pouso Alegre. A droga estava escondida em um terreno baldio no bairro São Geraldo, onde um menor foi apreendido com dinheiro trocado, que seria da venda das buchas de droga.

Segundo a PM, o menor u estava próximo ao terreno demonstrou nervosismo ao perceber a aproximação da viatura. Ele foi abordado e não soube explicar a origem do dinheiro. Diante das suspeitas, os policiais utilizaram os cães farejadores (Eva e Macho).

Durante as buscas na área, foram localizadas as 463 buchas de maconha, que estavam enterradas em pontos distintos do terreno.

O menor foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil, juntamente com a droga apreendida.

PM apreende quase 500 buchas de maconha com menor em Pouso Alegre
Cadela Eva e cão Macho encontraram os embrulhos com as buchas de maconha. Foto: Polícia Militar

Categoria: Polícia

O suspeito estava cumprindo prisão domiciliar com o dispositivo de monitoramento. Na casa dele a PM encontrou drogas e arma de fogo.

Um segundo homem que teria participado do roubo ainda não foi preso, nem a moto recuperada. Foto: PMMG

Um fato no mínimo inusitado. Um ladrão saiu para cometer um crime em Pouso Alegre, mas deve ter se esquecido de que poderia ser monitorado à distância.

De acordo com a Polícia Militar, na noite da última terça-feira (04), um homem de 39 anos chamou a PM para informar que tinha acabado de ser assaltado e ter sua moto XRE 300 levada por um ladrão.

O roubou ocorreu quando a vítima saía de casa na motocicleta, no bairro São Geraldo. O criminoso anunciou o assalto e fugiu com a moto da vítima no sentido bairro Tijuca.

Os policiais conseguiram a informação de que o criminoso chegou no São Geraldo na garupa de outra moto. Com as características do suspeito em mãos, a equipe de policiais conseguiu identificar que se tratava de um homem, de 21 anos, que cumpria pena em prisão domiciliar. E ainda, o suspeito era monitorado por tornozeleira eletrônica. Foi essa última informação que permitiu que os policiais localizassem e prendesse o homem, na casa dele.

Dentro da residência, os policiais ainda encontram drogas, arma e munições. Foram apreendidos um revólver calibre 38; 09 pinos de cocaína; 01 balança de precisão; 06 munições calibre 38; 01 aparelho celular; diversos pinos vazios.

A motocicleta não foi encontrada. Segundo a PM, o co-autor do crime está sendo procurado.

Categoria: Polícia

Objetivo do treinamento é deixar os militares preparados para agir durante os jogos, se necessário e fazer a escola de torcida. Sábado já tem jogo, é a estreia do Pouso Alegre contra o Tupi, ás 15h, no Manduzão.

Equipe do Tático Móvel da PM participa de treinamento. Foto: PMMG

Policiais militares de Pouso Alegre participaram de um treinamento nesta semana para se preparar para atuar durante os jogos do Pouso Alegre FC no Manduzão.

O treinamento foi realizado para os militares que fazem parte da equipe Tático Móvel da PM. O objetivo é garantir o alinhamento e padronização das ações da tropa durante as partidas esportivas que ocorrerão no estádio de futebol Manduzão.

Ainda de acordo com a assessoria do 20º Batalhão da PM, o treinamento e aperfeiçoamento faz parte da rotina de nossos policiais militares.

ESTREIA DO POUSO ALEGRE

No próximo sábado, dia 8, já tem jogo. A estreia do Pouso Alegre no Módulo II do Campeonato Mineiro será contra o Tupi, às 15h, no Manduzão.

O time fará mais 4 jogos em casa na primeira fase do campeonato.

Policiais vão atuar nos jogos do Pouso Alegre no Manduzão. Foto: PMMG

Categoria: Polícia

Carro foi encontrado abandonado numa rua e apreendido pela PM. Motorista fujão foi identificado, mas não localizado.

Um motorista, que andava na contramão, bateu em um outro carro e numa caçamba de entulho, no Centro de Pouso Alegre. Em seguida, fugiu do local com o veículo arrastando o para-choque arrebentado.

O caso foi por volta do meio-dia desta sexta-feira (30), na Rua Monsenhor Dutra. Pessoas que passavam na rua gravaram a fúria do motorista que provocou o acidente.

A imagem mostra o carro dele um Up branco, espremido entre o veículo March que subia a rua, no sentido correto da via, e a caçamba de entulho. O motorista do March contou para a Polícia Militar que viu apenas quando o outro veículo deu marcha ré e entrou na contramão, quando bateu no seu carro.

Enquanto o motorista atingido ligava para a polícia, o homem resolver arrancar com o carro, passando por cima de cones e descendo na contramão, entrando na Rua Bom Jesus.

Segundo a PM, o carro dele foi encontrado abandonado na rua Dom Lafaiete Líbano, e removido para um pátio credenciado.

O motorista, de 58 anos, foi identificado, mas não foi localizado até o registro da ocorrência.