Categoria: Polícia

Demora chegava até dois meses para transferência de veículos seminovos, segundo revendedores e despachantes. Agora, documentação sai em até dois dias. Atendimento do Detran também foi normalizado, com medidas contra a Covid-19.

O atendimento no Detran no SerraSul Shopping voltou a ser feito das 12h às 17h30. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil informa que o Detran de Pouso Alegre regularizou os prazos para emissão de documentos de veículos. Com medidas administrativas adotadas, a documentação sai em até 48 horas.

De acordo com revendedores de veículos, a transferência de veículos seminovos para novos proprietários estava demorando até dois meses, informou um revendedor ao Terra do Mandu. Para carros zero quilômetro esse prazo era mais curto.

Segundo a Polícia Civil, responsável pelos serviços no Detran, desde o ano passado, os documentos sofreram atrasos devido a instabilidades de sistema e falta de mão de obra.

No início desse ano, o delegado Regional, Renato Gavião, propôs uma parceria com revendedores e Acipa para a contratação de estagiários para ajudar no serviço de emissão dos documentos.

Três pessoas foram contratadas e iniciaram os trabalhos após o intervalo de interrupção das atividades no Detran por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Temos compromisso com o cidadão de prestar um serviço essencial e em um prazo razoável. Infelizmente, alguns entraves causam um transtorno tanto para a população quanto para nós que estamos prestando o serviço. Por isso, temos que estar a todo momento buscando transpor os obstáculos e encontrar soluções que permitam que a sociedade receba o que lhe é de direito”, explica o delegado Regional Renato Gavião.

Placa Mercosul

O gestor da regional da Polícia Civil ainda alerta que ainda pode ocorrer um pequeno atraso em emplacamento do novo sistema do Mercosul, já que está centralizado em um ponto em Belo Horizonte, na sede do Detran-MG, e não depende exclusivamente do trabalho realizado em Pouso Alegre.

Atendimento no Detran Pouso Alegre é normalizado

Após o período sem atividades por conta da pandemia Covid-19, o atendimento no Detran de Pouso Alegre já retomou o horário normal.

O serviço é feito das 12h às 17h30. Já as vistorias em veículos ocorrem das 8:30 às 12h e das 14h às 17:30, seguindo os protocolos de prevenção da Covid-19, o uso de máscara á obrigatório para os servidores e para o público, assim como a disponibilidade de álcool em gel.

O Detran atende no Shopping SerraSul em Pouso Alegre, na Rodovia BR 459, Km 107.

Categoria: Polícia

Segundo PM, suspeito do crime foi identificado e é procurado em Minas e São Paulo, para onde pode ter fugido. A motivação para o assassinato teria sido uma confusão há quatro meses.

Um vereador de Munhoz, na divisa de Minas com São Paulo, foi morto com um tiro na cabeça dentro do próprio carro no Centro da cidade. A Polícia Militar foi chamada, mas encontrou Benedito Cândido Brandão Primo, de 62 anos, já sem vida. O crime foi na noite desta segunda-feira (18).

A PM informou, na tarde desta terça-feira, que identificou um homem, de 66 anos, como suspeito do crime. Esse possível autor teria se envolvido numa confusão com o vereador em fevereiro desse ano, quando levou um soco no rosto, dado pelo político. A polícia acredita que o homicídio tenha sido uma vingança.

Ainda de acordo com a PM, câmeras de segurança mostram a possível fuga do suspeito do local do crime. Ele está sendo procurado. Munhoz fica na divisa de Minas com São Paulo e a polícia paulista já foi informada de que o suspeito possa estar no estado vizinho.

Vereador estava no 2º mandato

O vereador Benedito Cândido, mais conhecido como “Sabá”, estava no segundo mandato na Câmara Municipal. O primeiro tinha sido entre 1989 e 1992. A Câmara divulgou uma nota de pesar, lamentando a morte do vereador.

O corpo de Sabá está sendo velado no ginásio municipal. O sepultamento será no Cemitério Municipal, às 18h desta terça. O vereador era separado e deixa duas filhas.

Segundo moradores, Sabá era muito querido na cidade e, dificilmente, se envolvia em confusão.

NOTA DE PESAR CÂMARA MUNICIPAL

É com imensa tristeza que a Câmara Municipal de Munhoz, em nome de todos os Vereadores e funcionários, vem manifestar o seu profundo pesar pelo falecimento do Vereador Benedito Cândido Brandão Primo, ocorrido nesta segunda-feira, 18/05/2020.

Benedito Candido Brandão Primo era conhecido como Sabá e iniciou sua vida pública em 1989, ocupando seu primeiro mandato como vereador de 1.º de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992 e ocupando o seu segundo mandato como vereador de 2017 até o presente momento.

Neste momento nos faltam palavras que possam expressar a imensurável tristeza presente em nossos corações e a nós resta rogarmos a Deus que conforte os corações de familiares, amigos e de todos, pois sabemos que em nosso município, o nosso lar está em luto por esta grande perda.

Ficamos com as lembranças das boas ações realizadas por nosso querido amigo que neste momento deixa além de familiares, incontáveis amigos com os corações tristes.

Pedimos a Deus que em sua infinita bondade acolha o nosso nobre amigo e a ele dê o merecido descanso eterno.

A toda família e amigos os nossos mais sinceros sentimentos.

Categoria: Polícia

O agrotóxico aldicarbe, conhecido como ‘chumbinho’ está proibido no país desde 2012. Segundo a Anvisa, a raticida responde por quase 60% (4.800) dos 8 mil casos anuais de intoxicação ligados a “chumbinho” no Brasil.

Polícia Civil prende suspeitos por venda ilegal de “chumbinho”, substância proibida no Brasil. Foto: Polícia Civil MG

A Polícia Civil prendeu dois homens, de 57 anos e 58 anos, por venda ilegal do agrotóxico aldicarbe, mais conhecido como ‘chumbinho’, na manhã desta sexta-feira (15), em Itajubá, Sul de Minas. As prisões ocorreram durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, após um mês de investigação.

A substância estava senda vendida em dois estabelecimentos agropecuários de da cidade. Foram encontrados dez frascos de “chumbinho” e 88 frascos sem rótulo, com uma substância ainda não identificada.

Em 2012, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento decidiram retirar do mercado brasileiro o agrotóxico aldicarbe, usado irregularmente para o controle doméstico de ratos.

Segundo o órgão, esse tipo de raticida responde por quase 60% (4.800) dos 8 mil casos anuais de intoxicação ligados a “chumbinho” no país. O chumbinho é um produto clandestino altamente tóxico, em geral um veneno agrícola, que não tem autorização do governo para combater pragas de animais. É vendido sob a forma de grãos de cor cinza-escura ou grafite, que lembra o chumbo – daí o nome.

A operação realizada hoje em Itajubá foi acompanhada por técnicos do IMA (Instituto do Mineiro de Agropecuária), e realizada pela Delegacia Adjunta de Meio Ambiente, sob a coordenação da Delegada Dr. Sarah dos Santos.

Em um dos locais ainda foram apreendidos 19 cartuchos de calibre .45 intactos.

Material apreendido em Itajubá, durante a operação. Foto: PCMG

Categoria: Polícia

1.800 litros de álcool e gasolina foram encontrados armazenados em galões. Foram apreendidos ainda R$ 15 mil em dinheiro, além de armas e outros materiais.

Combustível encontrado em um dos endereços. Foto: PMMG

Dois homens, de 44 anos e 47 anos, foram presos pela Polícia Militar em Ouro Fino por comércio clandestino de combustíveis. Nas residências dos suspeitos os policiais encontraram 1.800 litros de combustíveis (álcool e gasolina) armazenados em galões. Também foram apreendidos cerca de R$ 15 mil em dinheiro, além de duas espingardas calibre 12 e outros materiais.

As prisões ocorreram nesta quinta-feira (14), durante operação de cumprimento de mandados de busca e apreensão, expedidos pela justiça. Os alvos foram presos nos bairros Escolinha e Caneleiras. Os policiais ainda estiveram em um terceiro endereço, onde foram apreendidas porções de maconha e crack.

A operação da PM teve o objetivo de reprimir a suposta prática criminosa de comércio clandestino de combustível, além de posse e comércio de armas de fogo, receptação de materiais de procedência duvidosa e tráfico ilícito de drogas.

Os dois homens presos foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil, assim como o material apreendido.

Materiais e dinheiro apreendidos nos endereços da operação. Foto: PMMG

Categoria: Polícia

Nossa reportagem conversou com o capitão PM Gustavo sobre a ação dos criminosos e prisão. Veja na live abaixo.

A Polícia Militar prendeu dois homens, de 22 anos e 24 anos, e apreendeu um menor, de 17 anos, que roubaram dois carros e assaltaram um posto de combustíveis em Pouso Alegre, na tarde desta terça-feira (12). A sequência de assaltos teve início no Centro da cidade até a rodovia BR-459. Eles foram presos em um matagal, próximo a Fernão Dias.

O primeiro roubo foi na Avenida Vicente Simões, onde levaram uma caminhonete Toro. O comerciante estava na sua loja com o veículo estacionado em frente. Os criminosos invadiram o local e exigiram que empresário entrasse junto no próprio carro como refém.

Da avenida Vicente Simões, os ladrões foram até o posto de combustíveis que fica na BR-459, próximo ao Clube de Campo Fernão Dias. Ali eles anunciaram o assalto e roubaram o dinheiro do caixa.

A fuga dos ladrões foi pela BR-459, sentido Santa Rita do Sapucaí, ainda com o empresário como refém no próprio carro. Depois do bairro Cidade Jardim, os criminosos decidiram roubar um segundo carro. Tentaram um Sandero, mas o motorista não parou. Eles chegaram a atirar contra o veículo.

Os ladrões não desistiram e roubaram um veículo i30 de um empresário que parou no acostamento para atender uma ligação da esposa no celular. Os três criminosos abandonaram a caminhonete usada do assalto ao posto e fugiram no segundo carro roubado, voltando sentido Fernão Dias.

Nesse momento, a Polícia Militar já fazia o cerco e bloqueio na busca pelos ladrões. Ao perceber a movimentação de viaturas policiais, os dois homens e o menor abandonaram o carro e entraram em um matagal às margens da Fernão Dias, próximo ao bairro Paraíso dos Pescadores, em São Sebastião da Bela Vista. Os dois adultos foram presos e o menor apreendido já quase dentro do Rio Sapucaí.

A arma usada nos assaltos foi jogada dentro do rio e ainda não havia sido encontrada.

A reportagem do Terra do Mandu conversou com o capitão PM, Gustavo, sobre a sequência de assalto e a prisão dos ladrões. Veja na live:

PM prende ladrões que roubaram carros para assaltos em posto de combustíveis

Posted by Terra do Mandu on Tuesday, May 12, 2020

 

Categoria: Polícia

Prisão foi feita pela Polícia Rodoviária Federal na Fernão Dias, em Pouso Alegre. Homem não comprovou origem do dinheiro e foi preso por lavagem, além de uso de documento falso e carro roubado.

Homem é preso com R$ 240 mil em espécie e veículo roubado na Fernão Dias, em Pouso Alegre. Foto: PRF

Um homem, de 36 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal, na madrugada desta terça-feira (12), com R$ 240 mil em dinheiro. O homem estava em um HB20 com queixa de furto. A prisão ocorreu no km 848 da Fernão Dias, em Pouso Alegre, Sul de Minas.

De acordo com a PRF, o veículo foi parado durante uma fiscalização de rotina. Ao verificar o certificado do carro, os agentes perceberam que se tratava de documento falso. O veículo estava com placa de outro HB20. A placa original constava com queixa de furto ocorrido em março na cidade de Juatuba (MG).

Ao fazer uma vistoria no interior do carro, os policiais encontraram 24 pacotes com dinheiro em notas de diversos valores. O total foi de R$ 240 mil em espécie. Como o homem não comprovou a origem do valor, ele foi preso com a suspeita de lavagem de dinheiro.

O motorista disse aos policiais que tinha saído de Belo Horizonte e seguia para São Paulo. Ele foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre, juntamente com o dinheiro e o carro apreendidos.

Categoria: Polícia

Eram cinco aposentados na residência, com idades entre 54 anos e 88 anos. Uma amiga que assistia a live religiosa em casa percebeu quando os criminosos encapuzados apareceram na imagem e avisou a polícia.

Três homens foram presos e outros dois identificados de participar da ação. Foto: PMMG

A Polícia Militar surpreendeu e prendeu criminosos que invadiram uma casa, na tentativa de roubar cinco aposentados que estavam no local. As vítimas, com idades entre 54 anos e 88 anos, foram amarradas e obrigadas a se deitarem no chão, onde sofreram diversas ameaças dos autores. A ocorrência foi na noite desta quinta-feira (06), em Santa Rita do Sapucaí, Sul de Minas.

Os policiais chegaram ao local assim que os criminosos entraram no imóvel e anunciaram o roubo. A polícia agiu rápido porque os idosos estavam em momento de oração e transmitindo pela internet através de uma live no facebook. Uma amiga da família que assistia a live em casa percebeu quando os ladrões invadiram a casa dos aposentados e avisou a polícia. A transmissão da oração foi interrompida.

No local, os policiais avistaram que os ladrões estavam encapuzados e fazendo as vítimas de reféns. Um dos oficiais começou a conversar com os ladrões, pedindo para que eles se entregassem. Foi então que os criminosos preferiram fugir pelos fundos da casa.

Os policiais entraram no imóvel e prendeu um dos ladrões, de 20 anos, ainda dentro da casa dos aposentados. Outros dois, de 25 anos e 37 anos, foram presos momentos depois nas imediações e em casa. Segundo a PM, mais dois suspeitos de participar na tentativa de assalto também foram identificados.

A polícia apreendeu um simulado de arma de fogo, duas facas e um facão usados pelos criminosos.

As vítimas, que tem entre 54 anos e 88 anos, contaram que foram amarradas e obrigadas a se deitarem no chão, onde sofreram diversas ameaças dos autores. Apenas anel de ouro foi levado pelos criminosos.

Material apreendido. Foto: PMMG

Categoria: Polícia

O homem contou que pegou a droga em SP e levaria para Divinópolis, onde receberia R$ 1.500 pelo serviço.

Material apreendido e homem preso foram levados para a delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre. Foto: Polícia Rodoviária Federal

Um motorista de aplicativo, de 27 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal transportando três malas cheias de tabletes de maconha pela Fernão Dias. A prisão foi na noite desta quarta-feira (06), no pedágio da rodovia em São Gonçalo do Sapucaí, Sul de Minas.

De acordo com a PRF, a abordagem foi feita durante uma fiscalização de rotina, quando a equipe suspeitou do motorista. Na vistoria, foram encontrados 159 tabletes de maconha, em três malas do carro. A droga foi pesou 184 quilos.

O motorista confirmou aos policiais que trabalha como motorista de aplicativo, e que pegou as malas com a droga no Bairro Santa Efigênia, em São Paulo, e levaria para Divinópolis, Centro-Oeste de Minas. Ele receberia R$ 1.500 pelo serviço.

O homem foi preso por tráfico de drogas e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil em Pouso Alegre.

Categoria: Polícia

Vítima foi socorrida por moradores e não corre risco de morrer. Autor dos disparos foi preso pela Polícia Militar. A motivação, segundo a PM, teria sido passional.

Arma usada no crime foi apreendida. Foto: PMMG

Um homem, de 21 anos, foi alvejado com três tiros, na noite desta quarta-feira (06), no bairro São João, em Pouso Alegre. A tentativa de homicídio foi confirmada pela Polícia Militar. De acordo com a PM, a vítima foi atingida nas nádegas, coxa e pé. Moradores socorreram o homem e o levaram para o pronto socorro do Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Conforme a polícia, a situação do homem é estável e não corre risco de morrer.

O autor fugiu do local da tentativa de homicídio. A polícia agiu rapidamente e localizou o homem, de 23 anos, que foi preso em flagrante. Segundo a PM, a motivação para a tentativa de homicídio tenha sido passional. A vítima estaria de relacionando com a ex-namorado do autor dos disparos. A arma do crime, uma pistola 380, foi encontrada numa caixa de esgoto e apreendida.

Um segundo rapaz, de 19 anos, também foi detido pela polícia por dar fuga ao autor dos disparos. Os dois foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil.

Categoria: Polícia

Os prédios onde ficam as agências ficaram parcialmente destruídos. Houve princípio de incêndio e o Corpo de Bombeiros teve que agir. Ainda não há informações de presos, nem feridos.

Agência do Banco do Brasil ficou com a parte onde ficam os caixas destruída. Foto: Bombeiros

A madrugada desta quarta-feira (06) foi de terror para moradores de Pedralva, no Sul de Minas. Criminosos explodiram as agências do Banco do Brasil e de uma casa lotérica, onde também funciona um posto de atendimento do banco Bradesco. O bando estava fortemente armado e efetuou disparos para o alto durante a ação para intimidar qualquer aproximação da polícia.

Os caixas eletrônicos dos bancos foram explodidos. A quadrilha fugiu antes da chegada do reforço policial. De acordo com a Polícia Militar, até o momento, ninguém foi preso. O serviço de bloqueio e rastreamento é feito em toda região. Também não há informações de feridos na ação.

As cenas de guerra

Moradores da cidade de cerca de 11 mil habitantes gravaram parte da ação dos bandidos e mostraram o local dos ataques após a fuga dos criminosos.

As explosões destruíram toda a parte inferior dos prédios onde ficam as agências. Estruturas metálicas e de concreto foram lançadas para o meio da rua. Houve princípio de incêndio nos bancos e o Corpo de Bombeiros de Itajubá foi acionado para combater o fogo.

Esse foi o segundo ataque em 2020 na área da 17ª Região da Polícia Militar, com sede em Pouso Alegre. O último ataque tinha sido em janeiro, em São Gonçalo do Sapucaí.

Veja fotos feitas pelos bombeiros e moradores da cidade:

Criminosos explodem agências bancárias e lotérica em Pedralva, Sul de Minas
Criminosos explodem agências bancárias e lotérica em Pedralva, Sul de Minas
Criminosos explodem agências bancárias e lotérica em Pedralva, Sul de Minas
Criminosos explodem agências bancárias e lotérica em Pedralva, Sul de Minas
Criminosos explodem agências bancárias e lotérica em Pedralva, Sul de Minas