Categoria: Notícia

A prefeitura de Itajubá informou que irá iniciar, nesta sexta-feira (07), a vacinação das pessoas com comorbidades e deficiências permanentes. Gestantes e mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias também foram incluídas nesse novo grupo prioritário, conforme orientação do Plano Nacional de Imunização (PNI).

Com a chegada de uma nova remessa de vacinas nesta quinta-feira (06), a prefeitura pôde ampliar o grupo prioritário. De acordo com a planilha divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Itajubá recebeu 2.900 da AstraZeneca e 140 unidades da Coronavac.

Os imunizantes da AstraZeneca serão destinados à aplicação da primeira dose em idosos de 60 a 64 anos, Forças de Segurança e Salvamento, gestantes e puérperas e pessoas que tenham comorbidades ou deficiências permanentes. Já as vacinas da Coronavac serão utilizadas como 2ª dose em trabalhadores da saúde e forças de segurança.

Novo grupo prioritário

Nesta sexta-feira (07), em Itajubá, serão vacinadas pessoas de 55 a 59 anos com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC). A imunização será no Ginásio do Tigrão, das 8h às 14h. É necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência e laudo médico que comprove a deficiência.

Além disso, pessoas com doença renal crônica em hemodiálise, com mais de 18 anos, receberão a primeira dose do imunizante no dia de hemodiálise – Hospital de Clínicas e da Santa Casa. Já quem tem Síndrome de Down, acima de 18 anos, será vacinado na APAE.

A prefeitura informou que as gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) com comorbidades acima de 18 anos serão convocadas pelos postinhos de saúde, assim como pessoas de 58 e 59 anos com comorbidades.

Categoria: Notícia

O padre Mário Borghi tem tudo anotado no caderno. Aqui estão as famílias cadastradas para receber as cestas básicas arrecadadas através do Mosteiro Popular Nossa Senhora de Guadalupe. No início da pandemia da Covid-19 eram 150 famílias. Agora são 496 já cadastradas para receber, pelo menos, uma doação por mês.

Os alimentos conseguidos através de doações da comunidade e empresas não são suficientes para atender tanta gente que precisa.

O Mosteiro Popular fica no bairro São Geraldo, onde há a maior concentração de famílias em vulnerabilidade social em Pouso Alegre. Antes da pandemia do coronavírus, aos domingos eram servidas cerca de 500 refeições no restaurante montado na área do mosteiro.

O Mosteiro Popular será uma das instituições beneficiadas com a Live Solidária deste sábado (08) ZERO FOME. Durante as apresentações das três atrações musicais as pessoas poderão contribuir e ajudar mais famílias que passam por dificuldades nesse tempo de pandemia.

A Live será transmitida no canal no YouTube e na página no Facebook do Terra do Mandu, a partir das 17h. As atrações musicais que vão animar a nossa tarde e noite são: Mus&kah, Trio Scuba e Grupo PDM.

Categoria: Notícia

A karateca de Pouso Alegre, Bárbara Rodrigues, irá representar o Brasil nos Jogos Pan-Americano da Juventude, em setembro, em Cali, na Colômbia. Ela foi campeã da Seletiva Nacional em Fortaleza (CE), no último domingo (02), após vencer por duas vezes a catarinense Taiane Teixeira. Com isso, garantiu a classificação.

“É muito gratificantes, porque essa pandemia foi muito difícil para nós, atletas. Então eu vi que meu esforço diário, mesmo com as academias fechadas, sendo difícil continuar treinando no ritmo, deu certo e eu consegui essa vaga!” comemora Bárbara Rodrigues.

A karateca contou à nossa reportagem que treina todos os dias, tanto a parte física, técnica e tática, como também a mental: “Então eu estou me preparando muito bem”, afirma. Se vencer o Pan da Juventude, em setembro, Bárbara poderá representar o Brasil nos Jogos Pan-Americano de Santiago, no Chile, em 2023.

“Se Deus quiser eu vou ganhar essa medalha pro Brasil no Pan da Juventude e me classificar pros Jogos Pan-Americano de 2023, que eu acho que é a nossa olimpíada continental”, ressalta.

VEJA A ENTREVISTA COMPLETA

 

Categoria: Notícia

Prefeito sanciona doação de terreno para PM. Foto: Ascom prefeitura

A Câmara Municipal de Pouso Alegre aprovou, nesta quinta-feira (06), durante sessão extraordinária, o projeto de lei que permite a prefeitura doar um terreno de quase 10 mil m² ao Estado de Minas Gerais para a construção da sede própria do Colégio Militar Tiradentes.

Representantes da Polícia Militar e o prefeito Rafael Simões acompanharam a votação. O coronel Lucas Pinheiro Neto, Comandante 17ª RPM, fez um agradecimento na tribuna da Câmara.

O prefeito Rafael Simões disse que era um compromisso seu em fazer essa doação e que o projeto não atende apenas o Colégio Tiradentes. “Esse terreno foi doado ao Estado de Minas Gerais para que o Colégio Tiradentes, administrado pela Polícia Militar, possa lá construir uma escola. Ele atende a vários interesses: Dar uma casa própria ao Colégio Tirantes que é referência em educação para o nosso país, é um exemplo para ser seguido. A medida que estamos dando uma casa nova, com terreno mais amplo, temos a possibilidade que esse colégio atenda filho de civis. Isso vai ser muito importante, a metodologia lá utilizada é a que nos pais e nossos avós e nossos professores lá atrás utilizavam: do respeito, disciplina e comprometimento, que foram se perdendo no caminhar”, afirmou Simões.

Na terça-feira a Câmara aprovou a primeira etapa do projeto para permitir a doação do terreno, que fica junto ao Parque Municipal, no bairro Jardim Floresta. A área doada ficava entre duas áreas verdes. Houve uma mudança, unindo as duas áreas verdes e deixando a área do município no início do trecho.

O prefeito respondeu às críticas de que o terreno estaria dentro de área de preservação ambiental por estar inserido na área de amortecimento do Horto Florestal. “Ao contrário do que disseram aqui, o meio ambiente está ganhando. Nós teremos lá o colégio militar, esses jovens poderão fazer cursos de biologia, nós estaremos trazendo a sociedade para defende o meio ambiente.

O projeto foi sancionado ainda no plenário da Câmara, se tornando a lei Municipal número 6.391, que autoriza a doação de terreno ao Estado de Minas Gerais para fins de construção da sede próprio do Colégio Tiradentes. O prazo para a construção da sede da escola com ensino fundamental e médio é de dois anos.

Categoria: Notícia

Pouso Alegre confirmou 124 novos casos de Covid-19, de acordo com boletim divulgado na noite de ontem (05) pela prefeitura, com dados atualizados na terça-feira (04). Com os novos registros, o município ultrapassou a marca de 15 mil diagnósticos positivos para o novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, 15.122 pessoas já foram contaminadas pelo vírus. É a cidade do Sul de Minas com mais diagnósticos positivos da doença. Porém, é possível perceber uma tendência de redução de novos casos. A média dos últimos sete boletins foi de aproximadamente 79 registros por dia.

O último boletim divulgado também confirmou mais uma morte por Covid-19. São 304 pessoas que não resistiram a doença no município. No entanto, 94,6% dos contaminados se recuperaram, um total de 14.316 moradores.

Tendência de queda nas internações

Há mais de uma semana a ocupação de leitos clínicos tem oscilado abaixo dos 100% em Pouso Alegre. De acordo com novo boletim divulgado pela prefeitura, a ocupação de enfermarias está em 54%, com 50 pacientes internados. Já as UTI’s seguem lotadas, com 61 pessoas em tratamento intensivo (107%).

O estudo da Universidade Federal de Alfenas (Unifal), que monitora os indicadores da pandemia da Covid-19 no Sul de Minas, aponta uma tendência de queda nas internações no município. De acordo com o levantamento, houve uma redução de 43% na média semanal de hospitalização comparado a 14 dias atrás. Pouso Alegre também registra tendência de queda em óbitos e contaminações.

Categoria: Notícia

A prefeitura de Pouso Alegre retirou, na manhã desta quinta-feira (06), as doses da nova remessa de vacinas contra a Covid-19 que chegaram à Superintendência Regional de Saúde. De acordo com a planilha divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), o município recebeu 4.640 doses da AstraZeneca e 250 unidades da Coronavac.

As vacinas destinadas às regionais do Sul de Minas chegaram na quarta-feira (05) no aeroporto de Alfenas, onde, por questões logísticas, todas as superintendências regionais buscaram os imunizantes. Nesta quinta-feira (06), as 53 prefeituras que fazem parte da Regional de Pouso Alegre retiraram as vacinas.

Os imunizantes da AstraZeneca serão destinados à aplicação da primeira dose em idosos de 60 a 64 anos, Forças de Segurança e Salvamento, gestantes e puérperas e pessoas que tenham comorbidades ou deficiências permanentes severas. Já as vacinas da Coronavac serão utilizadas como 2ª dose em trabalhadores da saúde e forças de segurança.

Sem estoque da Coronavac

Vale destacar que a prefeitura de Pouso Alegre suspendeu a aplicação da segunda dose da Coronavac por falta de vacinas. Embora nessa semana o município tenha recebido duas remessas dos imunizantes, a maioria das doses entregues foram da AstraZeneca. Nesses dois lotes, foram apenas 300 unidades da vacina produzida pelo Butantan.

Categoria: Notícia

Cel. Dimas recebe 1ª dose da vacina contra a Covid. Foto: Reprodução prefeitura

O vice-prefeito de Pouso Alegre, Cel. Dimas (PSDB), recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (06). Dimas foi vacinado com a AstraZeneca/Oxford no posto de Saúde do Cidade Jardim, e agradeceu todos os profissionais de saúde do município.

Nessa semana, a prefeitura de Pouso Alegre informou que pessoas com 61 anos e 60 anos serão imunizadas contra a Covid-19. Na quarta-feira (05), as mulheres com 61 anos recebera, a primeira dose, hoje é a vez dos homens com mesma idade. Já na sexta, serão vacinadas mulheres de 60 anos e no sábado, homens com 60 anos completos.

A vacinação ocorre nos Postos de Saúde do Cidade Jardim, São João, São Cristóvão, Pão de Açúcar e Colinas de Santa Bárbara, das 8h às 19h. Para se vacinar, é necessário levar documento de identidade com foto, comprovante de endereço e cartão SUS cadastrado em Pouso Alegre.

“Você que já completou a idade para ser vacinado, venha aos postos de saúde da prefeitura municipal. [A vacina] é segura, e faz bem pra você e para todos os familiares”, reforça o vice-prefeito.

Categoria: Notícia

Jogadores do Pouso Alegre levantam a taça de campeão do Troféu Inconfidência. Foto: Chiarini Jr/ROMA MKT

Foi com emoção. O Pouso Alegre é campeão do Troféu Inconfidência, em final contra a URT, em Patos de Minas, na noite desta quarta-feira (05). O título veio em cobranças de pênaltis, após empate em 0 a 0 no tempo normal. Essa é a terceira taça consecutiva que o Pousão levanta, após voltar às atividades profissionais em 2018.

O jogo

No primeiro tempo a partida ficou mais amarrada, com poucas chances para os dois times. A equipe da casa tinha dificuldades em criar jogadas, ficando presa na marcação forte do Pouso Alegre. A URT até fez um gol, mas o jogador que finalizou estava em impedimento. O Dragão do Mandu teve dois contra-ataques importantes na primeira metade da partida. Ambos foram desperdiçados.

Segundo tempo

O segundo tempo foi outro jogo. Só deu Pouso Alegre. A equipe do técnico Emerson Ávila ficou a maior parte do tempo com a posse de bola, controlando a partida. Porém, faltava criatividade para criar chances claras de gol. Foram algumas finalizações de média e longa distância, sem perigo para o gol da URT.

Decisão nos pênaltis

Com o empate no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis, como já tinha acontecido nas duas partidas da semifinal do Troféu Inconfidência, quando o Pousão passou pela Caldense e a URT eliminou o Athletic.

O volante Arilson começou batendo para o Pouso Alegre e fez o primeiro gol. Na sequência das primeiras cobranças, o Pouso Alegre acertou as três primeiras. Os jogadores da URT acertaram duas e na terceira cobrança, o capitão do time de Patos de Minas, João Paulo, chutou forte e a bola subiu muito, passando por cima do gol.

O Pousão ficou na frente e dependia só dele para ser campeão. Lucas Rodrigues, lateral-direito que jogou como ponta, com a camisa 11, foi para a bola e marcou o quarto gol para o Dragão do Mandu. Na quarta cobrança pela URT o volante Romário acertou a trave, deixando o placar em 4 a 2, e os jogadores do Pouso Alegre correram para comemorar mais um título.

“Esses meninos estão de parabéns. Mesmo com um elenco enxuto sempre mostramos força na competição e esse título é mais que merecido. Eles precisam ser exaltados. Tenho certeza que a nação pouso-alegrense hoje está muito feliz”, exalta o técnico Emerson Ávila.

A taça de campeão do Troféu Inconfidência foi entregue pelo presidente da Federação Mineira de Futebol, Adriano Aro, ao presidente do Pouso Alegre Paulo da Pinta e os dois capitães do time, Leandro Salino e Mineiro, que estava no banco de reserva e foi capitão dos dois títulos anteriores, Segundona em 2019 e Módulo II em 2020.

Vaga na Copa do Brasil

O título de campeão do Troféu Inconfidência pode dar ao Pouso Alegre uma vaga na milionária Copa do Brasil de 2022. Para isso, o América-MG ou Atlético-MG devem conseguir vaga para a Libertadores do ano que vem. O Pousão já está garantido na Série D do Brasileiro de 2022, com o sexto lugar conquistado na primeira fase do Mineiro.

VEJA COMO FOI A PARTIDA:

Categoria: Notícia

Nesta terça-feira (04), durante a sessão ordinária na Câmara Municipal, enquanto os vereadores votavam o projeto que tornou essencial a educação básica e superior em Pouso Alegre, o Sipromag, Sinpro, SindUte Pouso Alegre, Coletivo educadores e pais e um grupo de professores da rede municipal fizeram um ato contra a possível retomada das aulas presenciais na rede pública neste momento da pandemia.

Mais de 300 cruzes foram colocadas ao redor da Câmara. Nelas, foram inscritos os números de mortes por Covid-19 e pessoas contaminadas pelo vírus. Durante o ato, houve um minuto de silêncio pelas mais de 300 vítimas da pandemia, entre elas três professores da rede municipal e outros servidores do município que também faleceram em decorrência da doença.

Vale destacar que, nessa semana, o juiz José Hélio da Silva anulou a liminar que suspendia as aulas presenciais nas escolas municipais de Pouso Alegre. Porém, o juiz pontuou que as atividades não poderiam ser retomadas de maneira imediata, e que para o retorno das aulas seria necessária decisão da prefeitura, que deverá elaborar um novo decreto por conta da anulação da liminar

A presidente do Sipromag, Dulcineia Costa, diz que o sindicato é contrário ao retorno das aulas presenciais. “Neste momento em que os nossos hospitais continuam com mais de 100% de ocupação, com o número de óbitos muito maior do que em 2020. O que nos preocupa é que mesmo que a criança vier a ser contaminada pela Covid, pode apresentar sintomas leves e não agravar a situação, nós sabemos que essa criança ou adolescente pode levar o vírus para sua família, ou levar da casa ou da rua, porque vai usar o transporte público, para a escola. E a situação da pandemia pode agravar, imensamente, no município e isso nos preocupa muito mesmo”, disse a presidente do Sipromag.

Categoria: Notícia

A Câmara Municipal de Pouso Alegre aprovou, na noite de ontem (04), o Projeto de Lei que autoriza a desafetação do terreno pertencente ao município, no bairro Jardim Floresta, que poderá ser usado para a construção da sede própria do Colégio Tiradentes. A proposta foi aprovada por 13 votos a 1.

O Colégio Tiradentes, desde sua implementação em 2015, funciona nas mesmas dependências da Escola Estadual Presidente Arthur da Costa e Silva (Colégio Polivalente) somente no período vespertino. A justificativa do projeto é que com a construção de sua sede própria, a instituição poderá funcionar em mais turnos e oferecer mais vagas.

A área de quase 10 mil metros quadrados é vizinha ao Parque Municipal. Membros do Instituto Fernando Bonilo, de defesa do meio ambiente, e da Associação dos Moradores do Jardim Floresta (Amoflora) pediram que o projeto fosse discutido antes de ser votado, já que o colégio será construído na zona de amortecimento do horto, entorno de uma área de preservação em que a atividade humana tem restrições para minimizar os impactos negativos no ambiente.

Porém, durante a sessão, o vereador Dionísio Pereira (DEM) explicou que a desafetação do terreno irá aumentar a área verde próxima a unidade de conservação.

A ideia do projeto, segundo ele, é inverter a área institucional (em amarelo) com a área verde próxima da zona vermelha, região que já está em uso no bairro Jardim Floresta. “Trata-se de um projeto inteligente, no meu modo de ver. Imagina se nós fizéssemos uma escola nessa área institucional como aí ela se encontra. Nós deixaríamos a escola no meio de duas áreas verdes – com trânsito de pessoas, carros e etc”, afirma Dionísio Pereira.

Votação na Câmara

O vereador Hélio Carlos de Oliveira (MDB) foi o único contrário a proposta. Segundo o vereador, era necessário primeiramente ouvir ambientalistas para discutir a aprovação do PL, mas como a proposta foi em única votação, a pedido do líder do governo na Câmara, Dionísio Pereira, não houve esse diálogo.

Em entrevista ao Terra do Mandu antes da votação do projeto, a presidente da Amoflora, Lívia Macêdo, afirmou que a entidade defende a manutenção da zona de proteção ao parque, assim como está definido no plano diretor. Na ocasião, ela também pediu que o tema fosse previamente debatido.

“Que isso não seja votado antes de um debate amplo que considere a legislação e que, principalmente, leve em conta o diálogo com a comunidade, com as entidades que estão se organizando pela proteção do meio ambiente em Pouso Alegre”, destacou a presidente da Amoflora.

Porém, após a explicação do Dionísio Pereira, a maioria dos vereadores entendeu que a doação do terreno à Polícia Militar, para fins de construção do Colégio Tiradentes, não causaria danos ao meio ambiente. O mérito da doação do terreno à Polícia Militar ainda não passou por votação no plenário.