Categoria: Notícia

Droga era transportada em ônibus que seguia para o Nordeste. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, na Fernão Dias, um casal que levava três malas com 50 quilos de maconha dentro de um ônibus interestadual.  A prisão ocorreu durante fiscalização ao veículo abordado no posto da PRF, no km 871, em Pouso Alegre, na tarde deste sábado (15).

Os policiais utilizaram os cães farejadores k9 Mister e k9 Eros, que encontraram a droga nas malas no bagageiro do ônibus que seguia de São Paulo para Natal/RN. Conforme indicação dos bilhetes de passagem e da bagagem, o casal foi identificado.

O casal disse aos policiais que pegaram a droga em Florianópolis (SC) de uma mulher desconhecida e levaria o material até a rodoviária de Recife (PE).

O casal foi preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre.

Droga era transportada em ônibus que seguia para o Nordeste. Foto: PRF

Categoria: Notícia

Mulher morre em batida entre carro e caminhão na BR-459, KM 112. Foto: Corpo de Bombeiros

Uma mulher morreu numa batida entre um carro e um caminhão, no fim da manhã deste domingo (16), na BR-459. O acidente foi no KM 112 da rodovia, entre Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí. A vítima fatal era a motorista do carro. Ela viajava sozinha.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher faleceu no local, presa às ferragens. A vítima foi identificada como Ludmila Elisa de Oliveira (idade não informada). Ela é de Cachoeira de Minas e seguia no sentido Pouso Alegre.

A batida ocorreu em um trecho de curva, na pista no sentido Santa Rita do Sapucaí. A motorista ficou presa nas ferragens e precisou ser retirada pelos bombeiros.

A perícia da Polícia Civil esteve no local. O corpo de Ludmila foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre.

Mulher morre em batida entre carro e caminhão na BR-459, KM 112. Foto: Corpo de Bombeiros

Categoria: Notícia

Justiça havia determinado a prisão preventiva do ex-secretário de Finanças em processo que investiga desvios de cerca de R$ 14 milhões em contratos de capina na prefeitura entre os anos de 2014 e 2016. Messias não chegou a ir para o presídio. Ele passou a noite na delegacia e voltou para casa, onde deve ficar até nova decisão da justiça.

Messias Morais deixou a delegacia na manhã deste sábado (15). Foto: Terra do Mandu

O ex-secretário de Finanças da prefeitura de Pouso Alegre, Messias Morais, conseguiu alvará de soltura na justiça e voltou para casa. O ex-secretário passou a noite na delegacia, para onde foi levado ontem à tarde (14/02) ao ser preso numa ação de desdobramento da ‘Operação Capina’, do Ministério Público Estadual, que investiga desvios de cerca de R$ 14 milhões de recursos da prefeitura de Pouso Alegre que teriam ocorrido entre os anos de 2014 e 2016, atrás de contratos fraudulentos de capina.

A primeira fase da operação Capina foi realizada em dezembro do ano passado, quando dois empresários, donos da empresa que teve o contrato firmado com a prefeitura, foram presos.

O ALVARÁ DE SOLTURA

De acordo com o advogado do ex-secretário, Leandro Reis Roberto de Paula Reis, o alvará de soltura foi expedido ainda na madrugada deste sábado (15). A decisão é do juiz de plantão da 3ª Vara Criminal de Pouso Alegre, Selmo Sila de Souza.

Messias Morais nem chegou a ir para o presídio. Ele passou a noite na delegacia e retornou para sua casa na manha de hoje. Ainda segundo o alvará de soltura, o ex-secretário deverá ficar em casa, aguardando a audiência de custódia sobre o pedido de prisão preventiva. Essa audiência deverá ocorrer já na próxima segunda-feira (17) e vai definir se Morais será preso ou permanecerá em liberdade, aguardando as investigações do caso.

A PRISÃO DUROU POUCO MAIS DE 12 HORAS

O ex-secretário municipal de Finanças de Pouso Alegre, Messias Morais, foi preso na tarde ontem. A prisão preventiva foi decretada pela justiça atendendo a um pedido do Ministério Público. O MP não informou à imprensa que tipo de acusações pesam contra o ex-secretário. Como a denúncia ainda não foi formalizada, os promotores estão proibidos de passar detalhes, respeitando a lei de Abuso de Autoridade.

O ex-secretário foi levado direto para a delegacia de Polícia Civil. Ele chegou na rua da delegacia conduzido em uma viatura da Polícia Militar. Para não ser filmado, ele foi trocado para o carro de um dos advogados e entrou pelos fundos do prédio da delegacia.

 

 

Categoria: Notícia

Pouso Alegre vence Nacional em Juiz de Fora. Foto: Divulgação NAC

O Pouso Alegre FC venceu o Nacional de Muriaé por 1 a 0 na noite desta sexta-feira ( 14), pela segunda rodada do Módulo II do Campeonato Mineiro. A partida foi disputada no Estádio Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora.

O gol da vitória foi marcado pelo atacante Mascote, ainda no primeiro tempo.

Com o triunfo conquistado, o Dragão do Mandu completa uma série de 19 jogos oficiais invicto.

Categoria: Notícia

Ex-secretário chegou em viatura da PM e foi colocado em carro de advogado para entrar no prédio da delegacia. Foto: Terra do Mandu

Prisão preventiva foi um pedido do Ministério Público que investiga desvios de cerca de R$ 14 milhões da prefeitura, através de contratos fraudulentos de capina. O ex-secretário disse, por meio do advogado, que não há motivos para sua prisão.

O ex-secretário entrou pelos fundos da delegacia, neste carro. Foto: Terra do Mandu

O ex-secretário municipal de Finanças de Pouso Alegre, Messias Morais, foi preso na tarde desta sexta-feira (14). A prisão é preventiva e foi decretada pela justiça atendendo a um pedido do Ministério Público Estadual que investiga o desvio de cerca de R$ 14 milhões de recursos do município entre os anos de 2014 e 2016. Segundo o MP, os desvios teriam ocorrido através de contratos fraudulentos de serviços de capina.

O ex-secretário foi levado direto para a delegacia de Polícia Civil. Ele chegou na rua da delegacia conduzido em uma viatura da Polícia Militar. Para não ser filmado, ele foi trocado para o carro de um dos advogados e entrou pelos fundos do prédio da delegacia.

A prisão do ex-secretário é um desdobramento da Operação Capina, realizada pelo Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, com o apoio do Gaeco, em dezembro do ano passado.

A OPERAÇÃO CAPINA

Em dezembro, os empresários José Aparecido Floriano Filho e Igor Pacheco Floriano, pai e filho, tiveram a prisão temporária decretada pela justiça. Eles são os donos da empresa Plenax, que teria feitos os contratos fraudulentos com a prefeitura entre 2014 e 2016.

Pai e filho já deixaram o presídio e passaram a usar tornozeleiras eletrônicas e são monitorados pela justiça.

Segundo as investigações, havia uma organização criminosa que praticou fraude à licitação, peculato (por meio de pagamentos feitos por serviços de locação de mão de obra não prestados) e lavagem de dinheiro.

Empresário se entregou no dia seguinte, depois de ter prisão temporária decretada. Foto Terra do Mandu

De acordo com o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Agnaldo Cotrim, as investigações apontam para fraude à licitação em dois contratos de capina que vigoraram no município durante os anos de 2014, 2015 e 2016, durante a administração do ex-prefeito Agnaldo Perugini (PT).

“Segundo apuramos, até o momento, há elementos que nos leva a crer que houve fraude na licitação e que determinada empresa saiu vencedora, baseado nesses elementos”, afirmou o promotor em coletiva na época da primeira fase da operação.

Promotores de vários núcleos do MP e polícias Civil e Militar que participaram da operação Capina em dezembro. Foto: Terra do Mandu

Ainda segundo o promotor, a empresa vencedora da licitação, recebia valores por mão de obra e serviços não prestados. “Durante a própria execução do contrato, a prestação do serviço, nós apuramos que a empresa não tinha potencial humano suficiente para dar cabo no serviço no qual ela foi contratada. Os documentos nos levam a crer também que ocorreu a comprovação de serviço que teria sido prestado quando, na verdade, não foi prestado”, explicou Agnaldo Cotrim.

Sobre a prisão do ex-secretário Messias Morais, o Ministério Público não informou à imprensa que tipo de acusações pesam contra ele. Como a denúncia ainda não foi formalizada, os promotores estão proibidos de passar detalhes, respeitando a lei de Abuso de Autoridade.

O OUTRO LADO

A defesa do ex-secretário emitiu uma nota à imprensa de que a ordem de prisão foi recebida com indignação por Messias Morais. Ainda de acordo com a nota, não foi informado as razões para a decretação da prisão preventiva. Assina a nota o advogado Leandro Reis.

Nota à imprensa.

O professor Messias Morais recebeu com indignação a ordem de prisão preventiva, uma vez que entende que não incorreu em nenhum dos motivos autorizadores para sua decretação. No mais é o que tem a se manifestar uma vez que ainda não foi cientificado e não tem conhecimento das razões que ensejaram a referida medida.

Leandro Roberto de Paula Reis advogado.

Categoria: Notícia

A festa tem entrada gratuita e começa às 10h, na Praça Senador José Bento. A animação é com Samba Brazucas e DJ Chibante. Terá barracas de comidas e cervejarias artesanais.

O carnaval é só semana que vem. Mas neste sábado (15) já tem esquenta em Pouso Alegre e reúne os blocos que vão sair para as ruas da cidade a partir da sexta-feira (21). Entidades filantrópicas montam barracas de comidas e tem quiosques de cervejarias artesanais. O batuque e samba fica por conta do grupo Samba Brazucas e DJ Chibante.

O Esquenta começa às 10h e vai até às 18h, na Praça Senador José Bento. O evento tem entrada gratuita. Organizado pela Associação do Comércio e Indústria de Pouso Alegre (Acipa), o objetivo é promover o carnaval na cidade.

Para o carnaval desse ano, serão oito blocos, com expectativa de público de seis mil pessoas. Os blocos comercializam abadás, mas tem opções de participar da festa na pipoca.

A intenção do pessoal envolvido na organização, é tornar o carnaval de Pouso Alegre mais atrativo para o turismo nos próximos anos, com mais blocos.

De acordo com o diretor de Turismo da Acipa, Rolando Brandão, o objetivo é seguir o exemplo de Belo Horizonte onde o carnaval de rua foi retomado em 2009 e hoje atrai milhões de foliões, movimentando mais de R$ 600 milhões na capital mineira. A intenção é que a Associação Comercial, prefeitura e blocos atuem juntos.

A programação do carnaval 2020

Dia 15/02 – Lançamento do carnaval na Pç Senador José Bento, evento organizado pela Acipa com barracas de entidades, cervejarias e música ao vivo.

Dia 21/02 – O carnaval começa com o bloco Carnacarlinhos, na sexta-feira (21/02), das 17h às 22h. A concentração é na esquina das ruas Cel Ribeiro e Monsenhor Dutra, no bar do Carlinhos e Tereza.

Dia 22/02 – No sábado de carnaval tem o bloco Leões do Horto, das 13h às 20h, concentração na Av. Tuany Toledo.

Dia 22/02 – Também no sábado tem a novidade desse o bloco Caminhada Boteco, das 15h às 22h, no bar do Afonso, no bairro Santo Antônio.

Dia 22/02 – praticamente no mesmo horário, das 16h às 22h, tem o bloco Pinto da Manhã, concentração na Casa da Cultura, Centro da cidade.

Dia 23/02 – No domingo de carnaval tem o bloco Folia dos Reis, das 13h às 20h, concentração no colégio São José e sai pelas ruas do Centro da cidade.

Dia 23/02 – O Bloco da Vaca sai às 12h do barracão do Mandu e sobe a Dr Lisboa e retorna para a concentração.

Dia 24/02 – Na segunda de carnaval tem a estreia do bloco Barbas do Profeta, das 14h às 22h, na Pç Senador José Bento.

Dia 25/02 – Na terça de carnaval tem o bloco Brazucas, das 14h às 22h, em frente ao Kid festas.

PROGRAMAÇÃO DO ESQUENTA DESTE SÁBADO:

Categoria: Notícia

Time fez último treino no Manduzão e seguiu para Zona da Mata ontem mesmo. Foto: Gleison Oliveira/PAFC

O Pouso Alegre já está em Juiz de Fora para enfrentar o Nacional de Muriaé nesta sexta-feira (14), às 20h, pela segunda rodada do Módulo II do Campeonato Mineiro.

Depois de empatar em 2 a 2 na estreia contra o Tupi em casa, o Pousão tenta uma vitória fora para ficar entre os quatro primeiros na classificação.

“Jogo de estreia é sempre mais complicado mesmo. Deixamos a vitória escapar, mas agora temos que esquecer o que passou e focar no Nacional, que é um adversário muito difícil que vamos enfrentar”, avaliou o volante Matheus Roldan, autor do primeiro gol no sábado.

O fato de o jogo ser em Juiz de Fora animou os atletas do Pouso Alegre. O Nacional perdeu o mando de campo devido aos incidentes ocorridos na semifinal do Módulo II do ano passado diante do Coimbra, quando torcedores arremessaram copos de água nos jogadores adversários.

“Será um jogo de campo neutro e eles não vão ter a força da torcida. Vamos respeitar o Nacional, mas entraremos em campo para buscar a vitória”, completou Roldan.

Para o jogo contra o time de Muriaé o técnico Rogério Henrique relacionou 20 jogadores. A escalação, porém, só será conhecida momentos antes da partida.

Goleiros: Cairo e Jeferson Hermes

Laterais: Caio, Foguinho e Nando

Zagueiros: Léo Turbo, Lucas Rocha e Márcio

Volantes: Alex, Jé, Mineiro e Roldan

Meias: Edson Pio é Matheus Sousa

Atacantes: André Tavares, Batalla, Carlinhos, Erick, Mascote e Romarinho

Romarinho, esperança de gol no ataque do Pouso Alegre, conversa com o técnico Rogério Henrique. Foto: Gleison Oliveira/PAFC

Categoria: Notícia

Com o homem, a Polícia Civil encontrou maquininhas e cartões das vítimas. Quadrilha seria de São Paulo e age na região. As investigações continuam. No ano passado, um casal de São Paulo tinha sido preso na cidade por aplicar o mesmo tipo de golpe.

Homem foi preso em flagrante com maquininhas e cartões das vítimas. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (13), um homem, de 42 anos, suspeito de fazer parte de uma quadrilha de estelionatários que tem agido em cidades do entorno de Santa Rita do Sapucaí e Itajubá, no Sul de Minas.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi preso em flagrante com maquininhas e cartões de crédito e débito das vítimas. Nos últimos dias ele fez três vítimas em Itajubá e duas em Santa Rita do Sapucaí. Com o suspeito, foram encontrados comprovantes de compras feitas com os cartões das vítimas no valor de R$ 13 mil.

Segundo as investigações, o homem ligava para as vítimas e se passava por funcionário de bancos. Ele explicava que os cartões daquelas pessoas tinham sido clonados e, para resolver o problema, solicitava as vítimas entregassem os cartões ao motoboy que iria até sua casa. Porém, o tal motoboy era o próprio golpista.

Com os cartões e dados nas mãos, os criminosos realizavam compras em máquinas de crédito de empresas próprias que eram criadas especificamente para essa finalidade.

Na casa onde o homem foi preso, foram apreendidas seis máquinas de cartão de crédito, caderno com anotações dos recursos subtraídos, a moto utilizada nos crimes, cartões das vítimas e comprovantes das transações realizadas.

CASAL PRESO NO ANO PASSADO

Em abril do ano passado, a Polícia Civil prendeu um casal, também em Santa Rita do Sapucaí, que praticava esse mesmo crime. Os dois jovens, o rapaz de 23 anos, e a moça de 19 anos, estavam hospedados em um hotel de Santa Rita e eram de São Paulo.

Segundo a polícia, as vítimas recebiam uma ligação de um número de São Paulo e o golpista do outro lado da linha dizia que era de uma loja onde tinha sido feita uma compra em grande valor no cartão da pessoa. A vítima informava que não tinha feito nenhuma compra naquele valor. Então, o golpista pedia para a vítima ligar no 0800 que estava atrás do cartão.

Cartões e dinheiro de vítimas apreendidos com o casal. Também tinha uma maquininha de passar cartões. Foto: Polícia Civil

Porém, o estelionatário não desligava o telefone. A vítima discava o 0800, colocava o telefone de novo no ouvido e lá continuava o golpista, mas agora fingindo ser da operadora do cartão.

Nessa hora que o golpe acontecia. O falso atendente pedia todos os dados do cartão, como números e senhas. Não satisfeito, ainda ditava uma carta para a vítima escrever e entregar junto com o cartão para um motoboy que iria até a casa dela.

Com os cartões em mãos, os golpistas faziam saques em caixas eletrônicos e até pegavam mais dinheiro emprestado através da conta das vítimas. Tem gente que perdeu até R$ 17 mil.

Categoria: Notícia

Teve gente que madrugou para ir ao Centro de Apoio ao Cidadão (CAC) onde teve a seleção dos candidatos. A empresa que oferecia mais vaga, 10 ao todo, exigia que fosse homem, deixando muitas mulheres sem opção. VEJA NO VÍDEO:

Nesta quinta-feira (13), quase 600 pessoas fizeram uma fila que deu a volta nos quatro lados do prédio da Câmara Municipal de Pouso Alegre, que ocupa esse quarteirão do bairro Primavera. Esse tanto de gente estava atrás de uma das 15 vagas de emprego anunciadas por três empresas do ramo de alimentos. Se considerasse a concorrência geral, era cerca de 40 pessoas para uma vaga disponível.

A primeira pessoa a chegar na fila foi Luzia de Souza, às 04h45 da manhã. Ela esperou até às 08h, quando o portão foi aberto.

José Roberto é de Carmo de Minas. Ele está desempregado há sete meses. Se mudou para Pouso Alegre para tentar voltar ao mercado de trabalho e está topando qualquer função.

A seleção das vagas foi realizada com a ajuda do Centro de Apoio ao Cidadão, CAC, que serviço da Câmara em parceria com a Acipa.

Senhas foram distribuídas para as centenas de candidatos. O auditório da Câmara ficou lotado. O empresário Túlio Rezende oferecia 10 vagas para a área de produção de sua empresa.

Os pré-requisitos exigidos dos candidatos era ser homem e ter disposição para trabalhar. A escolaridade mínima era de ensino fundamental. Antes de anunciar as vagas no serviço do CAC da Câmara, não estava sendo fácil encontrar esse tipo de profissional. VEJA OS DETALHES NA REPORTAGEM EM VÍDEO ACIMA.

A fila deu voltas em torno do prédio da Câmara. Foto: Terra do Mandu

Categoria: Notícia

Jovem, de 24 anos, se afogou no último domingo, quando canoa virou e ele submergiu no leito do rio.

Volume de água e correnteza dificultam as buscas. Foto: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre estão no 5º dia de buscas pelo jovem que se afogou no rio Sapucaí Mirim, em Conceição dos Ouros. O acidente aconteceu na tarde do último domingo (09), numa área próxima da cidade. Os bombeiros iniciaram as buscas no mesmo dia, mas, até o momento, o corpo de Mauro Ferraz, de 24 anos, não foi localizado.

De acordo com os bombeiros, o jovem estava numa canoa, na companhia de um homem, quando a embarcação virou. O homem conseguiu sair nadando até a margem do rio. Ele contou aos militares que o jovem submergiu e não retornou à superfície.

A procura pelo jovem é dificultada pelo nível que está o rio no trecho e pela forte correnteza naquela área.

Foto: Corpo de Bombeiros
Foto: Corpo de Bombeiros