0

Acostamento de BR459 começa a ceder perto de Ipuiuna

PRF comunicou DNIT e manutenção paliativa foi feita até que tempo estável seja favorável à obra no local

Nayara Andery
12/01/2022

Lateral do asfalto está cedendo e há problema entre pista e manilha que fica abaixo dela. Imagem Defesa Civil de Senador José Bento.

Asfalto do trecho do km 74 da BR 459 começou a ceder, entre Senador José Bento e Ipuiuna. Condutores se preocupam ao passar pelo local e esperam solução de Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pelas conservação das rodovias federais. Polícia Rodoviária Federal (PRF) enviou ofício recentemente, apontando rompimento parcial da pista, no sentido a Pouso Alegre.

Medo de condutores é de pista ceder e causar vítimas, além de interromper acesso na região. Daniel Vieira, delegado regional da PRF de Poços de Caldas, explica que “o asfalto está cedendo próximo ao acostamento, no sentido crescente. O DNIT já está ciente.”

Após alerta da PRF, DNIT realizou serviço emergencial para “fazer essa contenção, para que o acostamento e consequentemente a pista não ceda”, conta o delegado. DNIT informou via telefone que manutenção paliativa foi realizada entre 10 e 11 de janeiro.

“Colocaram uma lona e alguns materiais para evitar que aumente a erosão. E com uma expectativa de um tempo um pouco melhor (sem chuva) na sexta-feira, o serviço iria começar a ser realizado ali na quinta-feira”. O delegado se refere ao trabalho de manutenção não poder ser realizado durante chuvas.

E no restante do Sul de Minas

Nas regionais de Poços de Caldas, Pouso Alegre e Varginha não há trechos federais com interdição decorrente de deslizamentos, quedas de barreiras e outras situações decorrentes das chuvas até o momento, informa Vieira. Já em outras regiões de MG e estados, há rodovias com trânsito comprometido, como na BR 381.

Recomendação é para evitar viajar nos próximos dias

Devido a essas ocorrências, órgãos de segurança e responsáveis por rodovias pedem que as pessoas evitem viajar no momento, sem necessidade. “Esse ano está chovendo mais que nos últimos anos. São inúmeras as barreiras que estão caindo, asfalto cedendo com trincas”, lembra o delegado.

Antes de viajar é possível se informar sobre as condições das rodovias em sites e redes sociais das instituições vinculadas às rodovias. Informações sobre rodovias federais em MG estão disponíveis no twitter.com/prf_mg e “ali ela (pessoa) vai ter acesso às interdições em tempo real”.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.