0

Vídeo: Policial é atingido por pedrada na cabeça e desmaia durante tumulto em Pouso Alegre

Segundo o comando do 20º BPM, os policiais tentavam prender um homem com mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas, quando foram impedidos por populares.

Magson Gomes
03/09/2021

O Terra do Mandu teve acesso a dois vídeos que mostram o momento em que policial militar é atingido com uma pedrada na cabeça e desmaia. Foi durante uma ocorrência no bairro São Geraldo, em Pouso Alegre, na noite desta quinta-feira (02). VEJA VÍDEO ACIMA!

Nos vídeos gravados pelos moradores dá para ver que dois policiais estão tentando prender uma pessoa e a população se aglomera, tentando impedir a ação dos militares. Alguns moradores seguram os policiais, enquanto outros pegam objetos para jogar contra os pms.

Um rapaz aparece mais atrás do tumulto e lança uma pedra em direção aos policiais. O cabo que estava na ocorrência é atingido na nuca e desmaia por um instante. Rapidamente as pessoas se afastam, assustadas. O outro policial, que estava tentando segurar o suspeito e era agarrado por moradores, se aproxima para socorrer o colega.

O homem que estava sendo preso consegue fugir e os moradores que impediam a ação dispersam.

A reportagem do Terra do Mandu conversou com o subcomandante do 20º Batalhão da Polícia Militar. Segundo o major Paulo Roberto Barros, os dois militares estavam tentando prender um homem de 25 anos, que tem um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Os militares fazem parte do Grupo Especializado de Policiamento em Áreas de Risco (GEPAR), e agiam conforme os protocolos da PM. Porém, populares impediram que os policiais cumprissem seu papel, afirma major Barros.

Após a ocorrência, os dois policiais passaram por atendimento médico no pronto-atendimento do Bairro São João. Um deles estava com escoriações pelo corpo, devido a luta corporal com o suspeito e moradores. E o outro que levou a pedrada apresentava inchaço na nuca. E já retornaram às atividades.

O subcomandante afirma ainda que todas as pessoas que estavam no tumulto serão identificadas para que as medidas cabíveis sejam tomadas contra elas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.