0

Delfim Moreira registra -10°C em estação meteorológica particular

Equipamento instalado na Serra da Mantiqueira registrou o que seria a menor temperatura do Brasil pelo segundo dia seguido.

Magson Gomes
23/07/2021

O secretário de Turismo da cidade e um amigo mostram o gelo que se formou nas bexigas. Atrás, o branco da geada. Foto: Mateus Ribeiro

A estação meteorológica instalada no bairro do Charco, zona rural de Delfim Moreira, Sul de Minas, registrou -10°C na manhã desta sexta-feira (23). Ontem, o equipamento já havia marcado -9.1°C. A estação é particular, instalada por um estudante de geografia da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), que procurava o que seria o ponto mais frio da Serra da Mantiqueira, numa altitude de 1.712 metros.

Nesta sexta, quando o pessoal da prefeitura e moradores do bairro acordaram bem cedinho para ver o que os esperavam, encontraram muito, mas muito gelo pelo caminho. A paisagem estava branca, coberta pela forte geada. Pequenos lagos e a água de bebedouro dos animais estavam com uma grossa camada de gelo. A água que escapava de um canal também formou gotas congeladas no capim.

Sabendo que viria mais uma madrugada gelada, o secretário de Turismo, Esporte e Lazer da cidade mineira, Mateus Ribeiro, colocou encheu bexigas com água e foi conferir o resultado nesta manhã. Tudo congelado. Mais parecia um ovo de gelo (foto acima).

Estação está numa altitude de 1.712 metros. Foto: Mateus Ribeiro
Gotas que saíam de canal congelam na vegetação. Foto: Mateus Ribeiro
-10°C – Bairro do Charco em Delfim Moreira MG – Foto – reprodução prefeitura
-10°C – Bairro do Charco em Delfim Moreira MG – Foto: Mateus Ribeiro

Menor temperatura do Brasil

Nas medições oficiais da rede do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), que não tem estação em Delfim Moreira, a menor temperatura desta sexta no Brasil foi a registrada no distrito de Monte Verde, em Camanducaia, também no Sul de Minas. Por lá, a mínima foi de -2.4°C. Já em Maria da Fé o registro foi de 1.4°C.

De acordo com a meteorologista do INMET, Anete Fernandes, é realmente possível que a temperatura no bairro do Charco, em Delfim Moreira, tenha sido essa mesmo, considerando a altitude em que está localizada. Mas isso não representa a temperatura na cidade.

As estações da rede do INMET seguem critérios internacionais, já que os dados são compartilhados com outros países. Entre esses critérios está o de sensores terem o mesmo fabricante.

Vem nova massa de ar frio

A atual onda de frio extremo nem foi embora e a notícia é que outra já está vindo aí. Nos próximos dias as temperaturas terão uma ligeira elevação, mas o fim de semana é de mínimas capaz de continuar com as geadas em áreas do Sul de Minas, informa Anete.

Já no meio da próxima semana, a temperatura máxima volta a cair, seguida da diminuição também da mínima. “Ainda não é possível afirmar como será essa nova onda de frio. É preciso esperar a evolução da massa de ar pelo continente. Mas a tendência é que seja um episódio ainda mais forte do que o atual”, alerta a meteorologista.

 

No bairro Reserva em Maria da Fé o frio foi de -4.4°C em estação particular. Foto: William Siqueira
No bairro Reserva em Maria da Fé o frio foi de -4.4°C, em estação particular. Foto: William Siqueira

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.