0

Covid-19: Variante de Manaus é confirmada em Itajubá, diz prefeitura

Amostra analisada no Hospital Albert Einstein confirmou a presença da P.1 na cidade. Segundo prefeitura, aumento de casos registrado no último mês tem ligação com variante.

Magson Gomes
25/04/2021

Itajubá. Foto: Geraldo Gomes/reprodução prefeitura

A prefeitura de Itajubá, no Sul de Minas, confirmou a presença da variante P.1 de Manaus (AM) no município. A confirmação aconteceu após amostras de material genético suspeito, recolhido em pacientes de Itajubá, ser analisado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP). O estudo teve a participação de equipes do Hospital de Clínicas da cidade mineira.

O resultado mostrou mutações no material genético, confirmando a presença da cepa variante do novo coronavírus, associada a uma maior taxa de transmissão, sendo cerca de 1,7 a 2,4 vezes mais transmissível que as cepas anteriores.

Diante da confirmação da variante, o município solicitou ao Governo de Minas Gerais o sequenciamento do genoma completo do vírus SARS-CoV-2, mas ainda aguarda resposta.

Aumento de casos na cidade

De acordo com a prefeitura de Itajubá, a confirmação da variante foi fator determinante para o aumento do número de casos de Covid-19 na cidade, principalmente no último mês de março.

O tempo de hospitalização dos pacientes e a alta do número de óbitos em Itajubá, índices semelhantes aos da capital do Amazonas, também chancelam o resultado do teste e reforçam a presença da nova variante.

De 1º de março a 24 abril Itajubá teve um aumento de 88% de novos casos de Covid, passando de 3.758 para 7.061. Já o número de mortes teve um aumento de 177%, passando de 117 para 325 óbitos no período.

Prefeitura alerta a população

A presença da P.1 de Manaus em Itajubá acende o alerta para a população redobrar os cuidados a fim de evitar a infecção pela nova cepa do coronavírus, especialmente por se tratar de uma variante ainda mais contagiosa e potencialmente perigosa.

Atente-se aos cuidados: pratique o distanciamento social, use máscaras, evite tocar olhos e boca e higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.