0

Prefeito de Pouso Alegre mantém decreto após se reunir com comerciantes

Gabriella Starneck
18/01/2021

Segundo Rafael Simões, os estabelecimentos permanecem fechados por causa da situação do hospital regional, que está quase lotado. 

O prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões, se reuniu com representantes do comércio, nesta segunda-feira (18), para tratar de uma possível reabertura dos estabelecimentos comerciais no município. No entanto, diante da situação do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, ficou decidido que os serviços não essenciais, por hora, permanecem fechados.

Os representantes da Associação Comercial de Pouso Alegre (ACIPA) entregaram ao chefe do Executivo Municipal um pedido de revogação do decreto que determina o fechamento e solicitaram a reabertura do comércio local. Durante o encontro, Rafael Simões apresentou todas as dificuldades enfrentadas pelo município nesse momento, como a necessidade de reduzir a circulação de pessoas para inibir contaminação cruzada por covid-19.

“Jamais gostaria de estar fechando o comércio da nossa cidade, até porque eu sei da importância que ele tem, mas é um momento que precisamos entender que o nosso hospital regional está lotado. Nós estamos aí, até em respeito aos funcionários da saúde, tomando uma atitude drástica, que é momentânea”, explica o prefeito.

Rafael Simões ainda afirma que acredita que comércio está seguindo as regras para evitar o contágio pelo coronavírus, mas que o aumento da circulação de pessoas levou o hospital regional a ficar lotado. As sugestões da Associação Comercial para flexibilização foram recebidas e serão avaliadas pela administração municipal e, caso sejam viáveis, poderão ser implementadas.

“Eu acredito que se nós continuarmos trabalhando rapidamente, semana que vem já teremos um alívio na vagas de UTI, que é tão importante. A grande missão do setor público nesse momento é não deixar faltar atendimento à população”, destacou o prefeito.

Comerciantes fazem nova manifestação

Comerciantes voltaram a protestar, nesta segunda-feira (18), pela reabertura do comércio em Pouso Alegre. A concentração começou por volta das 15h15 na avenida Tuany Toledo, no Fátima I.

“O objetivo da manifestação de hoje é o mesmo objetivo da manifestação de sábado, que é a reabertura do comércio. A gente está aqui lutando para que o comércio seja reaberto, porque entendemos que não somos responsáveis pelo aumento no número de contaminados na cidade.”

Dessa vez os manifestantes fizeram uma carreata com o intuito de abranger uma parte maior da cidade. O protesto seguiu até a avenida Perimetral, no Centro, e reuniu em torno de 200 carros.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.