0

Conheça Ativa Centro de Convivência para idosos em Pouso Alegre

Terra do Mandu
13/11/2020

Na Ativa, as pessoas podem passar o dia ou parte dele. São diversas atividades físicas, artísticas e cognitivas para melhorar a qualidade de vida dos idosos. Veja vídeo abaixo e saiba como ‘Ativar’.

Casa tem vários espaços de convivência para lazer e descanso dos frequentadores. Foto: Divulgação/Terra do Mandu

Pouso Alegre acaba de ganhar um espaço que oferece a oportunidade para as pessoas idosas viverem com mais saúde e felizes. A Ativa é um Centro de Convivência com atividades físicas, cognitivas, artísticas e de socialização.

O Centro de Convivência nasceu do sonho de duas enfermeiras que sempre se interessaram pelo tema: o envelhecimento com qualidade de vida.

“Dentro das propostas de atividades e oportunidade de convivência, esperamos que o idoso que, muitas vezes, convive apenas com um cuidador em casa, venha para um espaço que vai lhe possibilitar a convivência com pessoas na mesma faixa etária ou com as mesmas situações vivenciais e assim possam usufruir de um momento de troca e atividade”, explica a enfermeira e diretora da Ativa, Tatiana Loiola.

“Para nós o mais importante é ver o resultado do trabalho. As pessoas saem daqui satisfeitas, pois se divertiam, se exercitam, se movimentam. Os familiares que estão acompanhando seus idosos manifestam satisfação com o atendimento. E é esse o nosso propósito”, afirma a enfermeira e diretora, Rosa Maria do Nascimento.

As atividades desenvolvidas na Ativa

A Ativa não é uma instituição de longa permanência, e sim um espaço pensado para a preservação de vínculo familiar, que é a sua referência, com foco no movimento, numa perspectiva dinâmica e lúdica.

Entre as atividades na Ativa têm o educador físico e o fisioterapeuta, que trabalham treinamento funcional, musculação, pilates, yoga, dança de salão e caminhada orientada.

Na área de criação, tem a musicoterapia, teatro e expressão corporal, o artesanato, pintura em aquarela, culinária e hortoterapia e jardinagem.

No campo cognitivo tem terapeuta ocupacional com estimulação cognitiva; desenvolvimento com neuropsicopedagogo e terapia em grupo com psicólogo. Há ainda aulas de inclusão digital, com informática e idiomas.

Tem os momentos recreativos com bingo, dança de salão e baile. Momentos mais espontâneos para que o idoso possa se sentir com autonomia e com atividade

“Ele pode chegar às 07h da manhã na Ativa e passar o dia fazendo atividades e tendo momentos de convivência. No final do dia, às 18h, encerra as atividades e ele retorna para casa. Dentro da proposta, ele tem todo um acompanhamento de saúde, refeições balanceadas e atividades no período em que está aqui”.

Uma das atividades é a dança, com alongamentos antes e depois. Foto: Divulgação

Espaços de convivência

Dentro da casa tem diversos espaços. Áreas de convivência; sala de TV e cinema; sala de leitura; espaços de descanso.

Na área externa tem mais áreas de convivência; espaços adaptados para facilitar a mobilidade. Contato como a natureza, dá para ouvir o canto dos pássaros. Tem ainda árvores frutíferas.

“A gente coloca que a Ativa é um centro de atividades que oferece um investimento à saúde. Ele não é um gasto à saúde. Quando a pessoa fecha um plano de atividades, ele está investindo na sua saúde. Ele está dando ênfase para que ele possa evitar o adoecimento. Tudo que a gente prima aqui dentro é a promoção da saúde”, reforça Tatiana.

Ambiente de convivência entre os frequentadores. Foto: Divulgação/Terra do Mandu

Experimente antes de fazer seu plano

Na Ativa, os interessados podem experimentar, de maneira gratuita, dois períodos de atividades. Quando decidir fechar contrato. Os planos variam de R$ 100 a R$ 2.600 dependo do que a pessoa pretende e se dependem de muitos profissionais ao logo do dia.

“Estamos diante de um momento de transição, onde as pessoas estão vivendo mais. Mas tem que viver mais com qualidade, com alegria, tendo a oportunidade de conviver com outras pessoas, de realizar atividades, em um ambiente bem adequado, propício. Isso tudo é muito importante para o envelhecimento saudável” diz Rosa Maria.

Depoimento

A aposentada Ana Maria é uma das frequentadoras da Ativa. Aos 68 anos, ela conta que sempre fez alguma atividade.

“Sempre foi ativa. Vim conhecer para ter mais uma atividade na minha vida. Sempre fiz pilates, sempre tive boa saúde. Movimentar-se é bom para saúde. Isso me dá vida. Aqui é um show. A casa maravilhosa, equipe maravilhosa. Nota mil”, acentua dona Ana Maria, que ainda conta que gosta de bordar, fazer crochê e de viajar. “Eu não parei. Continuo nas minhas atividades, sempre ativa”.

A professora de dança dos alunos da Ativa é a Luíza Furtado, que conta que eles são muito animados. “O espírito deles ainda é jovem. É isso que a gente trabalha; essa alegria, essa energia sempre positiva”.

“O exercício físico é indispensável em qualquer fase da vida. O que a gente quer é que esses idosos tenham uma vida ativa. Com isso, vai diminuir a ocorrência de doenças. Tira do isolamento. Então, é um benefício físico e psicológico. E a dança é algo qualquer pessoa pode fazer”, comenta a educadora física.

“Aqui são muitas possibilidades de realizar atividades com saúde e com cuidado, respeitando o distanciamento social que o momento exige”, finaliza Rosa Maria.

Endereço da Ativa

A Ativa – Centro de Convivência fica na Avenida Alberto Paciuli, número 92. Bairro Santo Antônio, próximo à igreja matriz.

Telefones de contato: 035 3025-8833 WhatsApp: 035 9.9936-8844

Foto: Divulgação/Terra do Mandu

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.