0

PM dispara tiros de borracha para conter confusão em Munhoz

Luíza Carvalho
30/10/2020

Uma confusão deixou, ao menos, quatro pessoas feridas, na noite desta quinta-feira (29), após disparos de tiros de borracha feitos pela Polícia Militar, em Munhoz, no Sul de Minas.

De acordo com a PM, a confusão teve início após um lavrador, de 49 anos, ter desacatado os militares ao durante uma abordagem. Segundo a polícia, o homem praticava direção perigosa pelo Centro da cidade e não tinha carteira de habilitação. Ele também apresentava sinais de embriaguez e admitiu que havia ingerido bebida alcoólica. O carro também estava com documentação atrasada.

Quando os policiais contaram quais eram as infrações cometidas e as providências que seriam tomadas, o lavrador ficou nervoso e se negou entregar as chaves do veículo. O homem teria desacatado os policiais, quando recebeu voz de prisão.

Foi aí que a confusão se formou. Várias pessoas se juntaram no local, no intuito de impedir a prisão do motorista, diz a ocorrência policial.

Para conter a população, os policiais solicitaram reforços das cidades vizinhas de Toledo e Bueno Brandão. Os militares efetuaram 13 disparos de tiros de borracha, também usaram spray de pimenta, para tentar dispersar a aglomeração.

O lavrador e dois filhos, de 28 e 19 anos, ficaram feridos na confusão e foram encaminhados para atendimento em Unidades Básicas de Saúde. Eles receberam voz de prisão, mas foram liberados para comparecer, no próximo dia útil, à Delegacia de Polícia Civil em Munhoz para prestar esclarecimentos. Segundo moradores, outro homem, não identificado, também foi encaminhado por populares a um hospital em Bragança Paulista, já no estado de São Paulo.

Foram emitidos quatro Autos de Infração de trânsito, cometidos pelo lavrador e o veículo foi removido e levado ao pátio credenciado da cidade de Jacutinga.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.