0

Construção da Avenida Faisqueira é iniciada após assinatura de ordem de serviço

Magson Gomes
03/08/2020

Empresa Duro na Queda espera concluir obra antes do prazo de dois anos, previsto no contrato.

Teve início nesta segunda-feira, dia 03 de agosto, a construção da avenida Faisqueira. Via que vai ligar a BR-459, a partir do trevo da antiga Maria Fumaça, aos bairros da região Nordeste de Pouso Alegre. A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Rafael Simões (DEM), no canteiro de obras.

“Essa via vai trazer uma mobilidade importantíssima para toda nossa cidade. Que todos sabem que pela manhã ou a tarde é uma dificuldade imensa sair ou entrar no bairro Faisqueira, que é composto por outros seis bairros”, afirma Simões.

A avenida terá quase 2,5 km de comprimento, com 32 metros de largura. Todo trajeto terá ciclovia, acostamento, passeio, canteiro central e contará iluminação pública e plantio de árvores, na chamada faixa verde.

“Essa é uma obra sonhada há muitos anos. Estamos para chegar nesse momento de dar a ordem de serviço desde 2017”, comenta Rafael Simões.

A empresa que venceu a licitação é a Duro na Queda, que fez a oferta de R$ 19,6 milhões para execução da via. “Estava obra estava avaliada em R$ 29 milhões. Tivemos inúmeras empresas participando do certame. A empresa ganhadora levou com R$ 19 milhões. Pouso Alegre está economizando R$ 10 milhões que serão investidos em outras obras na cidade”, diz o prefeito.

As máquinas da empresa já estavam posicionadas para começar a operar no local. O serviço começa com limpeza da área e levantamento topográfico. O prazo para conclusão da obra é de dois anos. O gerente de contrato da Duro na Queda, Gilberto Dantas, acredita que os trabalhos serão concluídos antes desse prazo.

“Vamos fazer de tudo para poder acelerar. Aproveitar o período que não é chuvoso e movimentar o máximo de terra possível. E quem sabe, entregar com um ano e meio”. Afirma. Para tocar a obra, a empresa contratou 70 funcionários diretos e tem ainda a geração de mão-de-obra indireta.

Único acesso pela Rua Antônio Scodeler

Os moradores da região do Faisqueira têm hoje um único acesso. Nos horários de pico é um sufoco andar pela Rua Antônio Scodeler.

O comerciante e morador da região Ismal Cândido espera ansioso por essa segunda opção de trânsito.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

TV Terra do Mandu