0

Prefeitura de Pouso Alegre divulga balanço de R$ 3 milhões em compras no período de pandemia

Terra do Mandu
16/06/2020

Administração busca na justiça pagar ‘preço justo’ em itens superfaturados pelo mercado no início da pandemia. Fornecedor que receber R$ 384 mil por máscaras vendidas à prefeitura, que pretende pagar R$ 61 mil pelas unidades adquiridas.

A prefeitura de Pouso Alegre divulgou um balanço sobre as compras efetuadas desde o início da pandemia do novo coronavírus. De acordo com o Portal da Transparência, nesta terça-feira (16), o valor com a aquisição de equipamentos e materiais alcançava o montante de R$ 3.093.660,70.

Entre itens adquiridos estão testes rápidos, álcool em gel, sabonete líquido, monitor hospitalar, prestação de serviço e máscaras descartáveis. De acordo com a administração, o município tem buscado pagar preços justos por materiais adquiridos, já que houve uma subida nos valores de alguns produtos por causa da alta demanda e o número restrito de fornecedores.

Um exemplo citado pela prefeitura de Pouso Alegre é o preço praticado pelo fornecedor de máscaras descartáveis. No início de março, antes da pandemia chegar no Brasil, o valor unitário era de R$ 0,96. Quando a prefeitura solicitou a compra, diante da escassez do item, o fornecedor vendia por R$ 6,00.

De acordo com o secretário municipal de Administração e Finanças, Júlio Tavares, a prefeitura chegou a efetuar a compra de 64.050 máscaras nesse valor mais elevado. Porém, o município não fez o pagamento direto à empresa e busca na justiça pagar pelo preço inferior nas máscaras.

“Visando o bem comum e a compra por valores justos, a administração municipal não efetuou o pagamento e entrou com uma ação extra judicial, fazendo com que a compra de 64.050 máscaras, antes no valor de R$ 384.300,00, chegasse ao valor de R$ 61.488,00, valor este depositado em consignação. O fornecedor não aceitou o pagamento nesses moldes e, diante da negativa, o caso se tornará uma ação judicial para garantir o pagamento do preço justo, mesmo em um momento em que os preços ainda seguem acima do normal no mercado”, informa a prefeitura.

Outro item que também teve o valor elevado significativamente no início da pandemia foi o álcool em gel. O valor pago pela prefeitura no galão de cinco litros foi de R$ 79,50. O assunto chegou a ser comentado na Câmara de Vereadores sobre um possível superfaturamento.

O líder do prefeito no Legislativo deu a explicação da elevação dos preços por parte dos fornecedores no início da pandemia e que o município tinha que equipar suas unidades de saúde e proteger servidores e população.

Portal da Transparência mostra os gastos com a Covid em Pouso Alegre. Imagem: reprodução site da prefeitura

Acesso aos dados

A prefeitura também disponibiliza o acesso às informações sobre as compras efetuadas nesse período. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência, no site da Prefeitura de Pouso Alegre, e podem ser consultadas por todo cidadão.

Para saber mais sobre os números relacionados ao coronavírus no município, basta ligar para o (35) 3449-4913.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.