0

Mulher é morta a facadas e ex-marido é o suspeito do crime em Pouso Alegre

Terra do Mandu
04/06/2020

De acordo com vizinhos que conheciam o casal, os dois já estavam separados, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento. O casal tinha dois filhos. Jane Lira de Oliveira, tinha 36 anos, e trabalhava na padaria de um supermercado do São Cristóvão.

Jane Lira é mais uma vítima de feminicídio. Ela fez aniversário há menos de um mês e deixa dois filhos. Foto: reprodução redes sociais.

Uma mulher, de 36 anos, foi morta a facadas nesta quinta-feira (04), em Pouso Alegre, Sul de Minas. O suspeito do crime é o ex-marido da vítima. O fato ocorreu nesta manhã, no bairro Jardim Brasil, região do São Cristóvão, onde a mulher morava com os dois filhos do casal. Ela foi socorrida em estado grave e levado ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), mas não resistiu e faleceu na sala de emergência.

Após esfaquear a ex-mulher, o homem fugiu e ainda não foi preso. A polícia faz buscas pela região a procura do suspeito do crime. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

A vítima de feminicídio é Jane Lira de Oliveira. Ela era funcionária da padaria de um supermercado no bairro São Cristóvão. Vizinhos que conheciam o casal contou ao Terra do Mandu que Jane havia pedido a separação e que o ex-marido não aceitava o fim do relacionamento.

Ainda de acordo com os vizinhos, que também eram amigos do casal desde a adolescência, Jane e o ex-marido (que não teve o nome informado) estavam juntos há mais de 15 anos. Eles tinham dois filhos, um de 15 anos e outro de menos de 10 anos.

O ex-marido já estaria morando em outro endereço. Nesta quinta ele foi até a casa e esfaqueou a Jane na frente dos dois filhos do casal.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.