0

Mulher foge do marido para casa do tio, mas é morta a tiros

Terra do Mandu
11/11/2019

Marido se matou. Crime chocou a população de Piranguçu, ao lado de Itajubá. Polícia investiga origem de arma usada no feminicídio.

Adriana fugiu pra casa do tio, ao lado, mas marido foi atrás e a matou. Foto: reprodução

Foram sepultados na tarde desta segunda-feira (11) os corpos de Adriana Aparecida Siqueira da Silva, de 38 anos, e Sidney Márcio dos Santos. Os corpos foram enterrados em túmulos separados do cemitério municipal de Piranguçu, Sul de Minas. No domingo, Sidney matou a mulher a tiros. Em seguida, se matou.

Segundo a Polícia Militar, o casal brigava quando Adriana fugiu correndo para a casa do vizinho, que é um tio dela. O marido foi atrás, armado com um revólver. Ele disparou contra a esposa. Na sequência, o homem se matou. O Samu foi ao local, mas o casal já estava morto.

Sidney e Adriana trabalhavam juntos na mesma empresa em Itajubá. Foto: reprodução facebook.

Ainda de acordo com a PM, o revólver calibre 38 usado no crime teria procedência irregular. A polícia investiga quem vendeu a arma e as munições para o homem.

Os pouco mais de 5 mil moradores de Piranguçu, cidade que fica ao lado de Itajubá (MG), ainda não conseguem acreditar em tamanha tragédia. Vários amigos se manifestaram no facebook de Adriana. Segundos eles, ela era uma pessoa sempre alegre. Os amigos e parentes estão inconformados, sem acreditar no ocorrido.

Amigos de Adriana deixaram dezenas de mensagem, não acreditando no ocorrido. Reprodução

A família informou ao portal G1 que o casal enfrentava problemas há cerca de um mês e o homem já havia ameaçado a mulher de morte. No entanto, a vítima não havia registrado boletim de ocorrência contra o marido por medo de represálias contra os dois filhos do casal.

Os corpos do casal passaram pelo IML de Itajubá. Depois da perícia, foram liberados e sepultados no cemitério de Piranguçu. A reportagem do Terra do Mandu apurou com a funerária que vez os velórios que as famílias pediram para os sepultamentos ocorrerem em horários e túmulos diferentes.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.