0

Garoto do Sul de Minas se destaca no kart e vai participar de prova na França

Magson Gomes
17/08/2019

Luigi Di Lazzaro, de São Gonçalo do Sapucaí, lidera Copa São Paulo e vai correr prova em Le Mans, França, nos dias 21 a 24 de agosto.

Luigi Di Lazzaro venceu três, das últimas quatro etapas. Foto: KGV Com

Luigi Di Lazzaro, de 12 anos, acabou de entrar na adolescência, mas já pensa grande. O menino de São Gonçalo do Sapucaí, Sul de Minas, é um dos destaques do automobilismo brasileiro. Ele lidera o principal campeonato em andamento, que é a Copa São Paulo KGV, na categoria Rotax Mini Max. Luigi venceu três das últimas quatro etapas e chegou em segundo na outra.

Com esse desempenho, Luigi se classificou para disputar um desafio de kart em Le Mans, na França. O garoto e seu pai, o empresário Danilo Di Lazzaro, viajam neste domingo (18). As corridas do ‘Rotax Max Challenge International Trophy’ serão entre os dias 20 e 24 de agosto.

O começo na frente da TV

A paixão de Luigi pelo automobilismo começou na frente da televisão, em casa mesmo. O pai dele conta que a família sempre se reuniu para assistir às corridas de Fórmula 1 e o menino ficava vidrado na televisão.

“O moleque sempre gostou de velocidade. Ele mesmo pesquisou na internet e viu que tinha uma aula de kart em São Paulo e ficou perturbando para eu leva-lo lá. Aí falei: vou levar um dia neh, que aí ele já anda. Vê o que é e não é e já desencana logo, alguma coisa assim”, conta o pai Danilo.

E esse foi o primeiro contato da criança de 9 anos com o kart. Ele entrou no equipamento, ouviu, atentamente, as instruções do professor e foram para a pista. Ele atrás do professor. Em 15 minutos de aula, Luigi já tinha andado 5 segundos na frente dos garotos mais velhos que estavam fazendo aulas há mais tempo.

Danilo lembra que o professor já desceu elogiando o garoto. Outras pessoas que já atuava no mundo profissional do automobilismo e que estavam no kartódromo também fizeram elogios e questionaram se, realmente, era a primeira aula de Luigi.

Em 2017 Luigi Di Lazzaro já entrou para uma equipe de kart e foi inscrito para a Copa São Paulo KGV, que é disputada no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP). No primeiro ano já foram cinco vitórias em 10 etapas. “Ele chegou na última etapa como líder, com 15 pontos na frente. Mas o kart dele deu problema quando liderava. Queimou a vela a cinco voltas do final e os adversários passaram, perdendo o campeonato por um ponto”, lamenta Danilo.

Luigi Di Lazzaro na frente durante corrida, Foto: KGV COM

No ano passado, Luigi trocou de equipe e teve muitos problemas, não terminando seis, das 10 corridas. Em 2019 está em nova equipe. “Esse ano ele está imbatível nas pistas. É o ano dele mesmo. A gente volta da França e ele já terá o campeonato brasileiro, que é uma corrida só e ele é o favorito na categoria dele. O campeão do brasileiro ganha vaga para disputar o mundial em outubro na Itália”.

Incentivo para manter o sonho no automobilismo

Atualmente, o Brasil está sem representante na Fórmula 1, principal categoria do automobilismo mundial. Muitos garotos sonham em chegar lá, e com o menino Luigi não é diferente. O pai do garoto sabe que o caminho é esse que começou há três anos e com mais esse importante passo nessa primeira corrida internacional.

Porém, não basta ter talento. É preciso ter patrocínio para continuar nesse mercado. Hoje, Luigi tem três patrocinadores (Sicoob – Credivass | Anilag | Techspeed). O pai, que é engenheiro mecânico e empresário, uma cooperativa de crédito e uma fabricante de chassi que fornece o equipamento para Luigi correr.

“A gente busca patrocínio para poder levar ele para competir fora. Porque no automobilismo o patrocínio é mais importante do que o talento do piloto”, afirma Danilo.

Danilo entrega um troféu para o filho Luigi Di Lazzaro, em uma de suas vitórias na Copa SP. Fotos: reprodução

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.