0

O 1º Festival do Morango de Pouso Alegre deu muito certo

Filipe Vargas
21/07/2019

Empresário, presidente da Acipa – Colunista Terra do Mandu

Foto: Ascom Acipa

Estou falando da criação e multiplicação dos Núcleos Setoriais da Associação do Comércio e Indústria de Pouso Alegre (Acipa), vinculados ao Programa Empreender, e formados por empresários de atividades semelhantes e com objetivos comuns, a fim de favorecer as micro e pequenas empresas. Entre os 11 núcleos, estão os Núcleo de Produtores de Morango e Confeiteiras, que com muito entusiasmo participaram do 1º Festival do Morango de Pouso Alegre.

É com interesse e esperança que a Acipa, Sebrae e Emater, com colaboração de patrocinadores e parceiros, realizaram este Festival nos dias 11, 12 e 13 de julho de 2019, na Praça Senador José Bento, em Pouso Alegre.

A grande intenção dos organizadores foi dar visibilidade à cultura do morango e contribuir para consolidá-la como uma das principais atividades agrícolas da região, elevando o nome de Pouso Alegre como a Capital do Morango.

Dados do IBGE são motivadores para se levar a termo tal evento, pois a cidade possui mais de 1.100 produtores em uma área de produção de cerca de 200 hectares. Em percentual de produção, Pouso Alegre produz 13% do morango do Sul de Minas e 6% da safra nacional, já o Sul de Minas é destaque com mais de 40% da produção nacional de morango.

Toda a cadeia produtiva do morango, do plantio até a mesa do consumidor, movimenta fortemente a economia do município. São mais de R$120 milhões provenientes do cultivo do morango e R$45 milhões destinados somente aos fornecedores para o plantio do morango.

O Festival do Morango de Pouso Alegre reuniu mais de 10 mil pessoas no evento de valorização do morango em nossa cidade. Além beneficiar diversos segmentos e gerar renda por meio do consumo na região, a festa atraiu produtores e turistas e ofereceu uma ótima opção de lazer, de convívio humano e desenvolvimento de muitos valores.

A população saboreou deliciosos pratos em tendas gastronômicas de entidades filantrópicas e de confeiteiras participantes do Núcleo de Confeitaria da Acipa, degustou o morango in natura e aproveitou as mais diversas opções como: stands de instituições parceiras, cozinhas show, palestras, exposições e feiras agrícolas, feira de artesanato e shows musicais que animaram o evento todos os dias.

Foram três dias de intensa programação, visando valorizar a produção do morango como patrimônio imaterial do município, incentivar a produção em larga escala e aumentar a comercialização da fruta como matéria-prima de vários pratos. Porém, mais do que tudo isso, quer-se valorizar o produtor, tornando-o consciente de que possui em suas mãos um importante patrimônio e que, em cooperação, pode fortalecer a cadeia produtiva e angariar mais benefícios para si e para todos.

Como presidente digo que o Festival do Morango foi o primeiro passo para fortalecer os laços entre todos os que se dedicam ao cultivo do morango, na certeza de que os Núcleos Setoriais da Acipa, com suas promoções e eventos dão credibilidade ao “juntos somos mais fortes”,  tão defendido por nós.

Sobre Filipe Vargas

Filipe Vargas é empresário, Presidente da Acipa e filantropo ex-Presidente do Rotary Club Pouso Alegre Sul.

Filipe é formado em Administração de Sistemas de Informação pela UNA, com pós-graduação em Estratégias Empresariais pelo Insper e especialista em Processo e Direito do Trabalho pela FDSM. Fez carreira internacional em multinacional líder mundial no seguimento de atuação, com treinamentos de Liderança pelo Krauthammer International na Suíça.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.