0

Rapaz que esfaqueou ex-namorada em Pouso Alegre é preso preventivamente

Magson Gomes
19/07/2019

Augusto César Falcão Pessa foi preso em casa. Prisão ocorreu quase um mês após a tentativa de feminicídio.

O rapaz passou a noite na delegacia e foi levado para o presídio na manhã desta sexta. Foto: PCMG

A Polícia Civil de Pouso Alegre prendeu na noite desta quinta-feira (18) Augusto César Falcão Pessa, de 26 anos, mais conhecido como Guto. O rapaz está sendo investigado por tentativa de feminicídio. No mês passado, ele teria atraído a ex-namorada para uma emboscada e tentou matá-la com golpes de faca. A jovem Gabriela Tiburzio, de 21 anos, teve ferimentos no pescoço e na mão direita. O rapaz não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com a polícia, o mandado de prisão preventiva foi cumprido por volta das 20h. Augusto César foi preso dentro de casa. Ele passou a noite na delegacia e na manhã desta sexta-feira foi encaminhado para o presídio de Pouso Alegre.

A reportagem do Terra do Mandu conseguiu falar com Gabriela após a prisão do ex. A estudante disse que está aliviada e, pela primeira vez desde o ocorrido, conseguiu dormir a noite inteira. “Estou aliviada sim , porque agora não preciso ter medo
Agora eu sei que ele não vai mais me fazer mal”.

Dois dias depois de cometer o crime, assim que venceu o período do flagrante, Augusto César se apresentou na delegacia acompanhado de um advogado. Ele prestou depoimento durante quatro horas e foi liberado. A delegada que ouviu o rapaz, contou que Guto admitiu que esfaqueou a ex-namorada. Porém, ele disse que não tem consciência de como tudo aconteceu. “Ele diz que perdeu a cabeça; que as vistas escureceram e nem sabe como agiu”, relatou a delegada Cibele Molinari.

A Polícia Civil também ouviu a versão de Gabriela e de outras testemunhas para concluir se o rapaz agiu de maneira premeditada. Com base nos depoimentos e com a investigação em curso, a polícia pediu a prisão preventiva de Augusto César, até que o caso seja levado a julgamento.

O crime.

Augusto César ligou para Gabriela e a convidou para ir até o alto do bairro Colina de Santa Bárbara para encontrar com ele e com a filha do casal, uma menina de 03 anos, para um piquenique. A criança tinha passado o final de semana com ele. Ao chegar no local, a filha não estava. Augusto César estava com uma faca e, em momento em que Gabriela teria ficado de costas, ela foi atingida pelos golpes que acertaram o pescoço e mão. Gabriela caiu no chão e fingiu de morta, quando o rapaz fugiu do local.

Gabriela foi socorrida pelos Bombeiros e levada para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Ela recebeu pontos no pescoço e na mão. A estudante de enfermagem deixou o hospital na mesma semana.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.